Governo quer manter carreiras congeladas para obedecer às medidas adicionais exigidas por Bruxelas

Valdis Dombrovskis

Valdis Dombrovskis, vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo Euro

Valdis Dombrovskis, vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo Euro

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, avisou esta terça-feira que o Orçamento do Estado de 2016 precisa de “um esforço adicional”, que permitam manter o saldo estrutural dentro das regras comunitárias.

O esboço do OE 2016 enviado para Bruxelas a 22 de janeiro foi discutido esta terça-feira, na reunião semanal do colégio de comissários e, apesar de ainda não haver uma decisão final, Bruxelas deu sinais claros de que, tal como está, o documento será aprovado pela Comissão.

“Tem havido troca muito intensiva de informações, mas não houve ainda progresso suficiente“, afirmou Valdis Dombrovskis, frisando que Portugal precisa fazer “um esforço adicional” para não entrar em incumprimento no Pacto de Estabilidade e Crescimento.

O prazo para as conversações ficarem concluídas é “esta sexta-feira“.

A comissão continua a exigir esclarecimentos acerca da descida do IVA e das medidas que o atual governo defende serem temporárias, nomeadamente a regressão da sobretaxa e a reposição dos rendimentos dos funcionários públicos.

O esboço de OE para 2016 previa no final deste ano um défice estrutural de 1,1% do PIB – ou seja, menos 0,2% do previsto para final de 2015 (1,3%, portanto). Em conferência de imprensa, o comissário voltou a insistir que a Portugal tem de cumprir a descida do défice estrutural em 0,6 pontos – a exigência que já constava na carta enviada a Mário Centeno na semana passada.

Contudo, a Comissão Europeia, que tem técnicos em Lisboa a trabalhar com técnicos do Ministério das Finanças, pede ainda que medidas como a reposição de salários na Função Pública e reposição de pensões, consideradas como temporárias pelo ministério das Finanças, sejam inseridas na contabilização do chamado “défice estrutural”, o saldo entre despesas e receitas do Estado sem o efeito do ciclo económico – por exemplo, o crescimento da despesa social por causa do desemprego.

Governo vai manter congeladas carreiras na Função Pública

Entre os socialistas, já é certo que o esboço não ficará tal como foi apresentado a Bruxelas. Para que a redução se aproxime da meta de Bruxelas, estarão em causa medidas com um impacto orçamental de 1100 milhões de euros.

Na receita, o governo não pode mexer em impostos que sejam sobre rendimento ou bens essenciais, por causa dos acordos à esquerda.

No entanto, nas negociações com Bruxelas, o Governo já se terá comprometido a manter congeladas indefinidamente as carreiras na Função Pública.

De acordo com o Diário de Notícias, segundo fontes governamentais, este compromisso faz despertar algum receio sobre a reação dos comunistas. Esta terça-feira à tarde decorrerão conversações no Parlamento entre o Governo e delegações do PCP, BE e PEV.

A proposta global de Orçamento do Estado (OE) para 2016 será aprovada no Conselho de Ministros na próxima quinta-feira e entregue no Parlamento no dia seguinte.

Entre as medidas analisadas pelo Governo, de acordo com o DN, estão o aumento dos impostos sobre o tabaco e sobre o álcool, assim como da taxa do carbono nos impostos sobre veículos, o que aumentará os preços de venda ao público.

Se não conseguir a aprovação necessária, António Costa poderá apostar em passar por cima da Comissão Europeia e do Eurogrupo (reunião dos ministros das Finanças) e tentar angariar apoio no Conselho de Ministros da UE.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …

380 baleias morreram encalhadas na Austrália. Este é o maior incidente registado no país

Morreram pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia. Apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las não foi possível evitar este cenário, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro. "Temos um número mais …

Ansu vale 400 milhões e é "sucessor" de Lopetegui

A figura mais recente do Barcelona e do futebol espanhol entrou oficialmente na equipa principal e, por isso, a cláusula de rescisão "disparou". Em Barcelona continua-se a falar muito sobre Luis Suárez. Depois de Lionel Messi, …

Deputados chumbam divulgação imediata e integral da auditoria ao Novo Banco

Os deputados da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) rejeitaram, esta quarta-feira, o requerimento do Bloco de Esquerda (BE) para divulgação pública imediata e integral do relatório de auditoria especial ao Novo Banco enviado pelo …

Bélgica recoloca Lisboa e região Centro no "vermelho"

As autoridades belgas aliviaram ligeiramente as medidas restritivas no quadro da pandemia da covid-19, apesar do aumento do número de casos, esta quarta-feira, e recolocaram a área metropolitana de Lisboa e a região centro de …

"É bastante provável que já se esteja a formar a covid-21"

Tudo "o que não sabemos" sobre o coronavírus - e é muita coisa! - é o que mais preocupa o especialista de Saúde Global do Conselho de Relações Externas dos EUA, Yanzhong Huang, que alerta …