Governo quer hospitais a cuidar de doentes em casa em 2018

Em 2018 os hospitais vão ser incentivados a transferir os doentes em fase aguda para o domicílio, onde terão mais conforto, estando longe das infeções hospitalares.

Segundo o Jornal de Notícias, o Ministério da saúde pretende apostar na hospitalização domiciliária já em 2018. O objetivo será dar aos pacientes que receberem este tipo de internamento um maior conforto e evitar as infeções hospitalares. “É melhor para as pessoas e por causa dos riscos das infeções nosocomiais”, ao mesmo tempo que se consegue manter os doentes em casa “sob monitorização”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado.

Além disso, a medida permitirá aos hospitais libertar camas e poupar dinheiro.

Cada hospital receberá, por cada internamento domiciliário, 1714 euros, um valor que corresponde a 75% do preço-base de um internamento programado.

Esta medida faz parte dos termos de referência para a contratualização de cuidados de saúde no Serviço Nacional de Saúde (SNS) para 2018 – documento que define os princípios orientadores dos acordos que vão ser celebrados entre as unidades de saúde e a tutela.

Nem todos os pacientes serão abrangidos pela medida. Patologias como Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), insuficiência cardíaca crónica descompensada, asma aguda, infeções adquiridas na comunidade ou no hospital, pneumonias e patologias tromboembólicas, entre outras, terão prioridade, lê-se no documento publicado pela Administração Central do Sistema de Saúde.

O apoio ao domicílio vai envolver médicos, enfermeiros, terapeutas e psicólogos – “uma equipa médica que vai a casa acompanhar o doente”, afirmou Manuel Delgado, sendo “mais um desafio para os hospitais”. Depois de o doente ter alta clínica de casa, passa a ser seguido nos cuidados de saúde primários.

A medida já foi aplicada ao Hospital Garcia da Horta, em Almada e tem sido bem sucedida. Para 2018, o Ministério de Saúde quer ainda reduzir em 10% a lista de espera para a cirurgia e em 15% para consulta hospitalar.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …

Caso Marega. PGR tinha brigada anti-racismo no jogo de Guimarães

A equipa do Ministério Público estava de serviço, no jogo entre V. Guimarães e FC Porto, quando o jogador maliano decidiu abandonar o campo na sequência de cânticos racistas. De acordo com o semanário Expresso, a …

Cientistas descobriram o que comiam os primeiros australianos

Uma equipa de arqueólogos e anciões aborígines encontraram sobras carbonizadas de há 65 mil anos, que estão a mostrar o que comiam as primeiras pessoas a viver na Austrália. Os investigadores e anciões aborígines locais recuperaram recentemente …