Governo quer acabar com penhoras de casas para pagar dívidas ao Fisco

Tiago Petinga / Lusa

A medida deve ser discutida ainda até ao final de 2018

O executivo de António Costa quer acabar com a penhora de casas de primeira habitação como forma de pagamento de dívidas ao Fisco e à Segurança Social. A medida do governo conta com o apoio do Bloco, PCP e Verdes.

O Partido Socialista vai avançar com esta medida no âmbito do projeto de Lei de Bases da Habitação, que está a ser preparado pela deputada Helena Roseta. A discussão da nova legislação deverá ir ao Parlamento ainda até ao final de 2018, revela o Correio da Manhã nesta segunda-feira.

No artigo 11.º do projeto de Lei de Bases da Habitação, que diz respeito à proteção e acompanhamento no despejo, os socialistas propõem, como garantia de proteção, “a impenhorabilidade da casa de família para satisfação de créditos fiscais ou contributivos”.

BE, PCP e Verdes concordam com a extinção da penhora da casa de família para pagar dívidas fiscais e contributivas.

De acordo com Helena Roseta, “quando a Constituição diz que a habitação tem de ser protegida tem de se ver como isso é transposto para a lei”. A socialista frisou ainda que a mesma recomendação vem do Conselho da Europa.

Entre janeiro e outubro de 2017, quase 19 mil famílias foram impedidas de ser despejadas das suas casas pela nova lei que impede o Fisco de vender imóveis de habitação própria e permanente. A lei, em vigor desde maio de 2016, permite a penhora do imóvel mas impede a sua venda, recorda o CM.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Com Governantes destes vai o resto, o que resta é a responsabilidade de o cidadão viver dentro dos seus rendimentos incluindo as responsabilidades assumidas.
    Esta proposta, vai possibilitar que o cidadão em vez de honrar os seus compromissos vá passar umas boas férias “o que é justo”, pois sabe que a casa não vai à penhora.
    Pode ir o carro (a), mas no dia seguinte vai à garagem e trás o carro (b)
    Lá mesmo no fundo, no fundo, se temos n políticos que não pagaram os empréstimos que contraíram, e nada lhes aconteceu, nem vai acontecer, na verdade em democracia devemos ter direitos iguais.

  2. Já ouvi um alerta por parte de entidade dos senhorios caso o inclino não pague não poderá vir a ser posto na rua, corroboro a opinião do Boaventura Marrafa e acrescento ainda que perante uma situação destas o melhor e mais socializante que o senhorio terá a fazer é chegar junto do inclino e dizer-lhe, a partir de agora e uma vez que não tem dinheiro para pagar a renda a casa é sua.

  3. Finalmente a revogação de uma lei injusta e desumana, “fabricada” e implementada pelo governo de triste memória do Coelho e do Irrevogável. Tenho é pena que alguns obtusos não compreendam o que está em causa, não vejam além da sua redutora miopia, coitados.

  4. Eu que sou fiador, e já tive problemas por falta de pagamento dos respectivos mortuários, fico um pouco mais
    aliviado, só que desconheço se
    na falta de pagamento vêm novamente chamar-me à
    responsabilidade!!!!

RESPONDER

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …

Coronavírus já matou 106 pessoas na China. E já chegou à Alemanha

A China elevou para 106 o número de mortos causados pelo coronavírus e o número de infetados já chegou aos quatro mil. Esta segunda-feira, confirmou-se um caso na Alemanha, sendo agora o segundo país da …

Iniciativa Liberal quer privatizar CGD, TAP e RTP

O Iniciativa Liberal quer privatizar a Caixa Geral de Depósitos, a TAP e a RTP. Esta segunda-feira, no Parlamento, o deputado único João Cotrim Figueiredo defendeu ainda a redução do IVA na eletricidade para uma …

PSD convidou BE e PCP para negociar. Teme-se uma "perigosa" coligação negativa no IVA da luz

O PSD está disponível para "conversar" com a esquerda parlamentar para negociar uma solução que permita baixar o IVA da eletricidade. A garantia foi dada por um dos coordenadores do processo orçamental do PSD, Duarte Pacheco, …

Cientistas fazem múmia de 3.000 anos "falar" (e já a podemos ouvir)

Uma equipa de cientistas recriou o som da voz de um antigo padre egípcio com a ajuda de uma múmia com três mil anos e usando uma combinação de tomografias computadorizadas, impressão 3D e uma laringe …