Acordo fechado. Governo paga para voltar a ficar com o controlo da TAP

O Governo de António Costa vai pagar 1,9 milhões de euros para o Estado ficar com 50% da TAP, noticiou o semanário Expresso na sua edição online.

Segundo o jornal, o “Estado vai pagar 1,9 milhões de euros para ficar com 50% das ações e escolhe o presidente do conselho de administração, que passa a ter voto de qualidade”.

O Estado passa a ter 50% das ações da TAP e o conselho de administração passa a ser paritário, com seis elementos nomeados pelo Estado e seis pelo consórcio”, escreve o Expresso, citando o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

Nas declarações ao Expresso, Pedro Marques refere que a comissão executiva “permanecerá” como foi designada pelo consórcio, ou seja, Fernando Pinto vai continuar como presidente da TAP e o filho de Humberto Pedrosa, David Pedrosa, como administrador financeiro.

“A presidência do conselho de administração passa a ser do Estado, que tem voto de qualidade”, acrescentou o ministro.

O semanário refere que o consórcio Gateway, que tinha comprado 61% da empresa em novembro, passa agora a ter 50% do capital da TAP, “menos as ações que vierem a ser adquiridas pelos trabalhadores (até um máximo de 5%)”.

O jornal refere também que o acordo alcançado “pressupõe que a distribuição de direitos económicos só ocorra daqui a pelo menos cinco anos e caso haja uma operação de dispersão de capital em bolsa”.

“Nesse caso, o Estado terá 18,75% dos direitos económicos, caso opte por subscrever parte do empréstimo obrigacionista previsto para os acionistas privados, em situações de mercado idênticas”, acrescenta o jornal.

Na cerimónia de assinatura do memorando de entendimento realizada este sábado, o primeiro-ministro afirmou que vê com “muita satisfação” este acordo.

“Como se diz em bom português, a falar é que a gente se entende e foi isso que aconteceu”, declarou António Costa.

É com muita satisfação que iremos ser sócios não só nos próximos dois anos, vamos ser sócios para sempre”, sublinhou.

O acordo de conclusão da venda direta de 61% do capital da TAP foi assinado no dia 12 de novembro de 2015 entre a Parpública, empresa gestora das participações públicas, e o agrupamento Gateway, na presença da então secretária de Estado do Tesouro, Isabel Castelo Branco, do então secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Miguel Pinto Luz.

O atual primeiro-ministro sempre se manifestou contra a privatização total da TAP, tendo afirmado em diversas ocasiões que tudo faria para a impedir que a transportadora aérea tivesse mais de 50% do capital privatizado.

Bom Dia

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Grande homem!
    Ele Prometeu, ele cumpriu!
    Finalmente alguém zela pelos interesses de Portugal!
    Viva Portugal aqui e além fronteiras!
    Bem haja grande António Costa!

  2. O PS em coligações com a direita, acordos destes jamais seriam possíveis…
    Prá frente é que é caminho António Costa!
    Não sou PS, não sou PC, não sou Bloco de esquerda, não sou laranja nem azul. Mas apoiarei qualquer um que decida o melhor para o meu país.
    Sou portuguesa convicta!

  3. O Estado pode ter de pagar 3xmais do valor que recebeu, pois muito bem.
    Quem é o Estado, são os ZÉS deste Portugal que pagam as contas provocadas pela irresponsabilidade dos políticos.
    Mas como é possível que a rapaziada não entenda que uma Empresa só existe se a sua atividade gerar retorno para fazer face a custos de laboração, manutenção e outros, sem esquecer uma conta de previsão a novos investimentos.
    É fácil não equacionar as realidades, quando as perdas são pagas pelos impostos dos ZÉS.

    • Marrafa deve ter percebido que o estado pagou 1900 milhões… Mas vai pagar um milhão e novecentos mil. Não chega a 2 milhões por 11% da TAP, ficando assim em pé de igualdade na sociedade com a garantia que o nome da TAP e de Portugal, continuará pelos quatro cantos do mundo, assim como as caravelas portuguesas há mais de 500 anos.
      Muito mais do que 1,9 milhões de € andam os ZÉS deste país a pagar por bancos falidos para vende-los depois por coisa nenhuma.

  4. Paga, e o que é que isso tem de mais ZAP? É claro que paga! Pois se fica com mais 11% da TAP, tem mesmo que pagar. Ninguém dá nada a ninguém! Pagando ao mesmo preço que que o anterior governo vendeu, já é bom.

  5. Comigo certamente não fariam acordo nenhum nestas condições, ficariam com a TAP toda inteirinha mas antes todo o meu dinheirinho para cá com a resposta que haverá mais países sérios onde o pudesse investir com segurança, agora resta-nos ver como as coisas vão funcionar e se vamos continuar a alimentar esse monstro preguiçoso e matreiro.

  6. Não percebi… o estado fica com 50% mas só 18,75% dos direitos económicos? E isto se ainda pagar mais 30 milhões para o conseguir? 50% mas não quer gerir, a gestão é para os outros? Será isto apenas uma operação de marketing político? Só um salva face?

  7. Esta é mais uma trapalhada de uma PPP que o Estado paga (todos nós pagamos) e quem ficará a ganhar serão os privados. PPP à moda da corja dita “socialista”. E também para continuarem a fazer greve quando querem. O que vale é que isto são só balelas e o costa e sua pandilha vão cair em breve com grande estrondo!!

RESPONDER

Cientista sugere construir abrigos em Marte com polímeros de insetos e solo marciano

Um cientista da Universidade de Tecnologia e Design de Singapura desenvolveu uma tecnologia à base de quitina que poderia ser utilizada para produzir ferramentas e abrigos marcianos. Javier Fernandez e os seus colegas utilizaram substâncias químicas …

Mergulhadores terão encontrado o USS Grenadier, um submarino norte-americano perdido na 2.ª Guerra

O submarino norte-americano USS Grenadier, perdido durante a II Guerra Mundial, terá sido encontrado por mergulhadores no estreito de Malaca, perto da Tailândia. Os mergulhadores acreditam ter encontrado no estreito de Malaca, a 150 quilómetros a …

Justiça angolana manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

A justiça angolana ordenou o encerramento e apreensão de todos os templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, estando o processo de selagem a ser feito “de forma gradual”, disse à …

"Reality show" afirma que vai enviar concorrente à Estação Espacial Internacional

Space Hero, uma unidade de produção com sede nos Estados Unidos que afirma ser a "primeira empresa de media espacial", alega que garantiu um lugar numa missão da SpaceX para a Estação Espacial Internacional de …

Oceanbird: O navio movido a energia eólica que vai revolucionar a indústria da navegação

A transportadora Oceanbird deverá transportar 7 mil carros e será movido a energia eólica, e por isso deverá tornar o processo de deslocação de veículos mais sustentável. De acordo com um relatório do The Driven, um …

"Esqueceu-se disto". Parque Nacional na Tailândia envia lixo deixado pelos visitantes por correio

Se deitar lixo ao chão no Parque Nacional Khao Yai, na Tailândia, esse mesmo lixo será enviado de volta para sua casa. Os infratores também serão registados na polícia local. O Parque Nacional Khao Yai, no …

Banco britânico HSBC permitiu branqueamento de esquema de Ponzi de milhões de dólares

O banco britânico HSBC permitiu que fossem transferidos milhões de dólares para todo o mundo de forma fraudulenta, mesmo depois de ter tomado conhecimento da fraude, de acordo com documentos secretos revelados, divulgou hoje a …

Este é o primeiro aeroporto 5 estrelas do mundo devido aos seus protocolos contra covid-19

A Skytrax, órgão que examina e classifica aeroportos em todo o mundo, costuma chamar a atenção do setor pelo menos uma vez por ano, durante a sua cerimónia de prémios. Este ano, o World Airline Awards, …

Há alguma ligação entre stress, insónias e sistema imunitário? Estudo americano sugere que sim

Um estudo realizado por neuro-cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugere que poderá existir uma relação entre o stress, as insónias e um fraco sistema imunitário. Investigadores do laboratório Cold Spring Harbor e da …

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …