Acordo fechado. Governo paga para voltar a ficar com o controlo da TAP

O Governo de António Costa vai pagar 1,9 milhões de euros para o Estado ficar com 50% da TAP, noticiou o semanário Expresso na sua edição online.

Segundo o jornal, o “Estado vai pagar 1,9 milhões de euros para ficar com 50% das ações e escolhe o presidente do conselho de administração, que passa a ter voto de qualidade”.

O Estado passa a ter 50% das ações da TAP e o conselho de administração passa a ser paritário, com seis elementos nomeados pelo Estado e seis pelo consórcio”, escreve o Expresso, citando o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

Nas declarações ao Expresso, Pedro Marques refere que a comissão executiva “permanecerá” como foi designada pelo consórcio, ou seja, Fernando Pinto vai continuar como presidente da TAP e o filho de Humberto Pedrosa, David Pedrosa, como administrador financeiro.

“A presidência do conselho de administração passa a ser do Estado, que tem voto de qualidade”, acrescentou o ministro.

O semanário refere que o consórcio Gateway, que tinha comprado 61% da empresa em novembro, passa agora a ter 50% do capital da TAP, “menos as ações que vierem a ser adquiridas pelos trabalhadores (até um máximo de 5%)”.

O jornal refere também que o acordo alcançado “pressupõe que a distribuição de direitos económicos só ocorra daqui a pelo menos cinco anos e caso haja uma operação de dispersão de capital em bolsa”.

“Nesse caso, o Estado terá 18,75% dos direitos económicos, caso opte por subscrever parte do empréstimo obrigacionista previsto para os acionistas privados, em situações de mercado idênticas”, acrescenta o jornal.

Na cerimónia de assinatura do memorando de entendimento realizada este sábado, o primeiro-ministro afirmou que vê com “muita satisfação” este acordo.

“Como se diz em bom português, a falar é que a gente se entende e foi isso que aconteceu”, declarou António Costa.

É com muita satisfação que iremos ser sócios não só nos próximos dois anos, vamos ser sócios para sempre”, sublinhou.

O acordo de conclusão da venda direta de 61% do capital da TAP foi assinado no dia 12 de novembro de 2015 entre a Parpública, empresa gestora das participações públicas, e o agrupamento Gateway, na presença da então secretária de Estado do Tesouro, Isabel Castelo Branco, do então secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Miguel Pinto Luz.

O atual primeiro-ministro sempre se manifestou contra a privatização total da TAP, tendo afirmado em diversas ocasiões que tudo faria para a impedir que a transportadora aérea tivesse mais de 50% do capital privatizado.

Bom Dia

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Grande homem!
    Ele Prometeu, ele cumpriu!
    Finalmente alguém zela pelos interesses de Portugal!
    Viva Portugal aqui e além fronteiras!
    Bem haja grande António Costa!

  2. O PS em coligações com a direita, acordos destes jamais seriam possíveis…
    Prá frente é que é caminho António Costa!
    Não sou PS, não sou PC, não sou Bloco de esquerda, não sou laranja nem azul. Mas apoiarei qualquer um que decida o melhor para o meu país.
    Sou portuguesa convicta!

  3. O Estado pode ter de pagar 3xmais do valor que recebeu, pois muito bem.
    Quem é o Estado, são os ZÉS deste Portugal que pagam as contas provocadas pela irresponsabilidade dos políticos.
    Mas como é possível que a rapaziada não entenda que uma Empresa só existe se a sua atividade gerar retorno para fazer face a custos de laboração, manutenção e outros, sem esquecer uma conta de previsão a novos investimentos.
    É fácil não equacionar as realidades, quando as perdas são pagas pelos impostos dos ZÉS.

    • Marrafa deve ter percebido que o estado pagou 1900 milhões… Mas vai pagar um milhão e novecentos mil. Não chega a 2 milhões por 11% da TAP, ficando assim em pé de igualdade na sociedade com a garantia que o nome da TAP e de Portugal, continuará pelos quatro cantos do mundo, assim como as caravelas portuguesas há mais de 500 anos.
      Muito mais do que 1,9 milhões de € andam os ZÉS deste país a pagar por bancos falidos para vende-los depois por coisa nenhuma.

  4. Paga, e o que é que isso tem de mais ZAP? É claro que paga! Pois se fica com mais 11% da TAP, tem mesmo que pagar. Ninguém dá nada a ninguém! Pagando ao mesmo preço que que o anterior governo vendeu, já é bom.

  5. Comigo certamente não fariam acordo nenhum nestas condições, ficariam com a TAP toda inteirinha mas antes todo o meu dinheirinho para cá com a resposta que haverá mais países sérios onde o pudesse investir com segurança, agora resta-nos ver como as coisas vão funcionar e se vamos continuar a alimentar esse monstro preguiçoso e matreiro.

  6. Não percebi… o estado fica com 50% mas só 18,75% dos direitos económicos? E isto se ainda pagar mais 30 milhões para o conseguir? 50% mas não quer gerir, a gestão é para os outros? Será isto apenas uma operação de marketing político? Só um salva face?

  7. Esta é mais uma trapalhada de uma PPP que o Estado paga (todos nós pagamos) e quem ficará a ganhar serão os privados. PPP à moda da corja dita “socialista”. E também para continuarem a fazer greve quando querem. O que vale é que isto são só balelas e o costa e sua pandilha vão cair em breve com grande estrondo!!

RESPONDER

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …