Governo nomeou 140 altos dirigentes (e só 11 por concurso público)

O governo de António Costa já nomeou 140 altos dirigentes do Estado, mas apenas 11 deles foram submetidos a concurso público. Só na área da Segurança Social, o ministro Vieira da Silva já decretou 70 nomeações.

O jornal Expresso teve acesso aos dados das nomeações feitas pelo governo do PS, desde que assumiu funções, e concluiu ter havido 140 nomeações para altos dirigentes, em direcções-gerais, institutos ou centros distritais, sem que, na larga maioria dos casos, tenha sido lançado qualquer concurso público.

A CRESAP – Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública, recebeu até agora “apenas 11 pedidos de abertura de concurso”, conforme refere o Expresso, lembrando que, por lei, todas as 140 nomeações deveriam ser sujeitas a concurso público.

O jornal nota que só na Segurança Social, ministério presidido por Vieira da Silva, foram efectuadas 70 nomeações, enquanto o Ministério da Saúde nomeou 18 altos dirigentes.

Seguem-se a Presidência do Conselho de Ministros e os Ministérios da Justiça e da Defesa, com 9 nomeações cada.

As pastas da Cultura e das Finanças efectuaram seis nomeações cada, a Economia cinco e a Administração Interna quatro. Finalmente, o Ministério do Ambiente designou três altos dirigentes e a Educação e a Agricultura um cada.

Muitos dos quadros agora designados e ainda sem concurso são conhecidos dirigentes do PS, realça o Expresso.

Entre estes encontram-se os quais os ex-deputados socialistas Manuel Ruivo, nomeado para o Centro Distrital do Instituto da Segurança Social de Aveiro, e João Sequeira, apontado para o lugar de vice-presidente do conselho directivo do Instituto de Informática da Segurança Social.

O presidente da concelhia do PS de Estremoz, Carvalho Ramalho, foi nomeado para director do Centro de Emprego e Formação Profissional de Évora e Sandra Dias, da comissão política do PS Abrantes, foi designada para subdelegada regional do IEFP de Lisboa e Vale do Tejo, conforme sublinha o semanário.

Em reacção a estes dados, o Ministério do Trabalho e Segurança Social salienta ao semanário que o prazo para a abertura de concursos públicos só termina a 11 de Abril, lembrando que “as primeiras nomeações para dirigentes na administração pública foram efectivadas a 1 de Janeiro”.

“O procedimento deve ser feito até 90 dias úteis após a respectiva nomeação”, realça o Ministério, que garante que nos próximos dias será solicitada a abertura dos concursos.

ZAP

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Todas as funções deveriam ser alvo de concurso publico com critérios bem definidos e os candidatos escolhidos por entidade independente. Nomeações com concursos posteriores.. para quê? Quem criou estas leis? Porque não se revêm este tipo de regulamentações? Não interessa aos deputados de nenhum partido!

    • Para quê? Para serem demitidos a seguir? Veja o que também aconteceu no CCB (ao vivo) e no Turismo de Portugal. Melhor ficarmos sentados à espera da abertura dos concursos …

  2. E que acontece/aconteceu aos que foram substituídos? Foram dispensados com chorudas indemnizações?? Não eram competentes no desempenho da sua função?
    não mereciam a confiança do anterior governo? Estavam a desempenhar as suas funções com correcção e de forma exemplar? Então para quê a substituição? Continua a cruel historia dos ‘jobs for the men’

  3. Acho graça aos comentários “e os outros antes também fizeram….”
    Triste povo português (sim, com “p” pequeno), que nem para si é bom!
    Se é eleito alguém para um cargo público, que tantos defeitos pôs na gestão anterior da “coisa pública”, a sua obrigação é fazer melhor, e não fazer igual!
    Esta dança de cadeiras entre boys do PS e PSD só beneficia os próprios beneficiários dos tachos, os partidos que os nomeiam, e os restantes apaniguados e clientela que vem por arrasto.
    Quem sai leva uma indemnização (calculo que enorme), quem entra, move os cordelinhos para marchar tudo ao toque do dono.
    E QUEM SAI PREJUDICADO SOMOS TODOS NÓS!
    Parem de defender as cores dos partidos! Vocês estão a contribuir para impostos mais altos para o resto, cambada de parasitas.

  4. Todos os que dizem “e os do anterior governo?”, deviam parar um pouco e verificar se têm as suas faculdades em dia. É que isso não digno de quem tem dois dedos de testa. Pessoas que pensam dessa forma, defende o infinito corropio de cadeiras, cada vez que muda um governo. São os mesmo que defendem os direitos “adquiridos”… “se os outros fazem, eu tenho o direito de o fazer”…
    Eu aplaudia era se esses seres pensantes, se apoiassem (forçassem) o governo para que agir da forma mais correta e que ainda fizesse melhor, investigasse as irregularidades das anteriores nomeações…
    Povo, tens aquilo que mereces, porque está bem representado…

  5. não ã problema…….
    não importa o que o goveno gasta nem o ke faz…
    o que importa mesmo é que o ZÉ POVINHO PAGE ALTOS IMPOSTOS E VIVA NA MISÉRIA PA DAR UMA VIDA DE REI A UNS ABUTRES !!!

  6. Há que retribuir os amigos que o ajudaram a chegar a primeiro ministro. Uns ficam satisfeitos com a venda de faqueiros, outros preferem empregos para os filhos, e outros querem mesmo empregos para eles próprios onde não tenham que trabalhar nada, de preferência, ganhem bem, demasiado para aquilo que trabalham, e com reforma garantida. Como também não tem qualquer utilidade podem esperar até aos 67 anos, e a muitos nem deve faltar assim tanto….

  7. DITADURA e OPORTUNISMO de monhés-sem-costas, dos apatridas russofilos e dos badamerdas-de-esterco (b.e.) que vão converter o lesbogayal (o ex-Portugal) em situação muito PIOR que a fase ditatorial e chula da 1ª rês-publica xuxalista e laica. Actualmente, os monhés são cegamente seguidista de maçonaria com toda sua indecencia e hipocrisia, num reino sulista que só se desenvolve IMPONDO DECISOES DITATORIAIS AO POVO PORTUGUES. Grandessissimas porcas vos pariram, que deviam ter-vos abortado à nascença.

  8. Entao ia-se la agora deixar de dar tacho aos boys, a corrupção continua a todo o vapor. Só mudam as mosca, porque a m***a é sempre a mesma, chame-se Socrates, Passos ou Costa, é tudo igual.

RESPONDER

Esta é a cidade com mais Alzheimer do mundo (e a culpa é de uma estranha mutação genética)

Na Colômbia, os habitantes da cidade de Yarumal parecem estar condenados a uma maldição que os faz esquecerem-se da sua vida, morrendo pouco tempo depois do início dos sintomas. Milhares de pessoas, pertencentes a apenas 25 …

Idosa de 93 anos recuperou de Covid-19 (e há 6 crianças em estado grave no Dona Estefânia)

Uma mulher de 93 anos que esteve internada em Lisboa, com Covid-19, recuperou da infecção ao cabo de 11 dias. Enquanto isso, há seis crianças com idades entre 4 meses e 17 anos que estão …

"Grande erro" da Europa é não usar máscaras, considera especialista chinês

George Gao, diretor dos Centros de Controlo e Proteção de Doenças da China (CDC), considera que o "grande erro" da Europa no combate à pandemia de covid-19 é o facto de as pessoas não usarem …

Obama critica Trump. "Cada um de nós deve exigir mais dos nossos líderes"

O ex-Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou esta terça-feira que o seu sucessor, Donald Trump, ignorou os avisos sobre os riscos de uma pandemia do novo coronavírus, e recordou o mesmo comportamento quanto às alterações climáticas, …

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …