Governo garante que não vai cortar verbas das escolas

Rodrigo Antunes / Lusa

O Ministério da Educação garantiu, esta quinta-feira à noite, que “não haverá cortes nas verbas atribuídas às escolas” para 2020.

O Ministério da Educação garantiu que “não haverá cortes nas verbas atribuídas às escolas” e que a informação da circular do Instituto de Gestão Financeira da Educação (IGFE) que previa a cativação “está a ser retirada”.

Joana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda, denunciou esta quinta-feira, no Parlamento, a informação divulgada numa circular do IGFE que previa a cativação do dinheiro que as escolas tinham poupado com a redução de gastos em água, eletricidade e combustível, devido ao facto de estarem encerradas por causa da pandemia de covid-19.

No entanto, segundo o gabinete de imprensa do Ministério da Educação, “a referida informação foi enviada indevidamente, pelo que está a ser retirada”. A tutela acrescenta ainda que “não haverá cortes nas verbas atribuídas às escolas”.

Todos os estabelecimentos de ensino foram encerrados a 16 de março para tentar conter a disseminação do novo coronavírus, tendo as contas de água e eletricidade, assim como os gastos com combustível, baixado. Algumas escolas reabriram a 18 de maio para receber os alunos dos 11.º e 12. anos de escolaridade, mas muitas vão continuar fechadas até ao final do ano letivo, continuando os estudantes a ter aulas à distância.

Segundo uma circular do IGFE a que a Lusa teve acesso, a ideia era que esta redução de despesa ficasse num fundo que seria gerido consoante as necessidades dos estabelecimentos de ensino.

Durante o debate desta quinta-feira, sobre a resposta do Estado social à pandemia, numa interpelação ao Governo feita pelo Partido Socialista, Joana Mortágua criticou a decisão, defendendo que as escolas necessitam destas verbas neste momento para poderem dar resposta aos alunos que mais precisam.

As críticas da bloquista ficaram sem resposta por parte do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, que se encontrava no debate, mas o tempo disponível para o Governo já tinha sido esgotado quando Mortágua fez a denúncia.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …

O Budismo é a religião da paz. E não foi por acaso que conseguiu esta reputação

No ocidente, muitas pessoas associam o budismo à paz. No entanto, os budistas têm vindo a envolver-se em conflitos violentos desde o surgimento da religião. Num artigo assinado no The Conversation, Nick Swann, professor de Estudos …

Nikolai Glushkov. Exilado crítico de Putin morto em 2018 em Londres foi estrangulado

O exilado russo e crítico de Putin, Nikolai Glushkov, que foi encontrado morto e, 2018 na sua própria casa em Londres, no Reino Unido, foi estrangulado. O empresário Nikolai Glushkov, que criticava o presidente russo Vladimir …

Ivo Rosa levanta arresto a casa da rua Braamcamp e apartamento de Paris (e já há uma petição para o afastar)

O apartamento da rua Braamcamp, em Lisboa, onde residia o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o Monte das Margaridas e a casa em Paris de Carlos Santos Silva deixaram de estar arrestadas na Operação Marquês por decisão …

O novo castelo da Disney em Hong Kong é uma celebração da diversidade

O novo castelo da Disney, no parque temático de Hong Kong, quer celebrar a diversidade, homenageando não apenas uma das suas princesas, mas várias. Walt Disney morreu há 55 anos e, desde então, muita coisa mudou. …

Vacinas (ainda) não são o princípio do fim. Sociólogo prevê que demorará anos a limpar “destroços” da covid-19

O médico e sociólogo norte-americano Nicholas Christakis defende, em entrevista à agência Lusa, que as vacinas não são ainda o princípio do fim da pandemia, considerando que demorará anos a limpar “os destroços” da covid-19. “Somos …

Jornalista grego especializado em crime assassinado a tiro. Primeiro-ministro pede rapidez na investigação

Um jornalista grego especializado em assuntos criminais foi esta sexta-feira morto por desconhecidos em frente da sua casa em Alimos, nos subúrbios de Atenas, anunciou fonte policial. Giorgos Karaïvaz, jornalista da televisão privada grega Star, foi …