Governo não tem apoio da esquerda para mudar lei bancária

Paulete Matos, Bloco de Esquerda / Flickr

Mariana Mortágua na X Convenção do Bloco de Esquerda

Mariana Mortágua na X Convenção do Bloco de Esquerda

Os partidos de esquerda não concordam com a solução encontrada pelo Governo socialista para recuperar os oito nomes chumbados pelo BCE para a administração da Caixa Geral de Depósitos.

O Banco Central Europeu chumbou esta quarta-feira oito dos 19 administradores para a Caixa Geral de Depósitos por excesso de acumulação de cargos em órgãos sociais de outras sociedades.

A solução encontrada pelo Governo para recuperar alguns nomes passa por alterar a lei bancária, algo que não terá agradado aos partidos de esquerda que dão apoio parlamentar ao PS.

Tanto para o Bloco de Esquerda como para o Partido Comunista, a mudança da lei é “demasiado permissiva”, cita o Diário de Notícias, e caso haja mudança querem sim apertar mais as regras.

Em declarações ao DN, a bloquista Mariana Mortágua afirma que “o Governo quer fazer o contrário daquilo que defendemos que deve ser feito”.

Já à agência Lusa, a deputada tinha considerado que devia haver sim uma “lei que restrinja, discipline e limite o número de cargos que possam ser acumulados de forma transversal”.

No ponto de vista do BE, a solução passa por partir antes para outros nomes, explica Mortágua ao diário.

“Não está em causa o valor destas pessoas, mas se há uma incompatibilidade, se estas não dão, o que é preciso é procurar outras“, declara.

O PCP tem exatamente a mesma posição e, nas palavras do deputado Jorge Pires, a opinião é clara: “Não estaremos de acordo”.

“Qualquer alteração que vá no sentido de consolidar esta ideia de podermos ter no banco público um gestor que depois possa acumular, com muitas outras responsabilidades, em áreas nomeadamente do setor privado”, afirmou ontem o comunista.

Os partidos de direita também fizeram questão de mostrar o seu desagrado com a solução encontrada pelo Governo para recuperar os oito chumbados pelos BCE.

Do lado do PSD, Luís Montenegro diz que a escolha do Executivo mostra claramente “tudo o que não deve ser feito” e é “um hino à incompetência, ligeireza e displicência do Governo”, cita o DN.

Pedro Mota Soares, do CDS, acrescenta que “é penoso que tenha de ser o BCE a impor o bom senso que o governo de Portugal manifestamente não teve”.

Leonor Beleza está fora

Entre os nomes chumbados pelo BCE, estão Leonor Beleza, presidente da Fundação Champalimaud, Carlos Tavares, líder do grupo Peugeot Citroen, e Ângelo Paupério, co-presidente executivo da Sonae.

A presidente da fundação afirmou ontem já não estar disponível para um novo convite, uma vez que sempre deixou claro que não queria abdicar das funções que tem na instituição.

“Desde o início, tornei também claríssimo que não estava nem estou disponível para pôr em causa, ou diminuir de intensidade, o meu envolvimento como presidente da Fundação Champalimaud, missão que me foi confiada em testamento por António Champalimaud”, afirmou a presidente, citada pelo Jornal de Negócios.

Além disso, fez questão de avisar “desde o princípio deste processo que não aceitaria receber por isso qualquer remuneração”.

O Governo tem de nomear três mulheres para o conselho de administração da Caixa, o mínimo exigido pelo BCE por questões de paridade.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ponham lá camaradas do BE e PCP e verão se ficarão ou não de acordo e até pode ser que dê direito a um aumentozinho ao já escandaloso número de administradores, isto até parece um concurso de quantos mais melhor!

  2. Até que enfim vemos o BE e o PCP a Assumir responsabilidades no SEU (deles) Governo.
    Tenho que admitir que me enganei. Até cheguei a pensar que podiam pensar passar despercebidos.

  3. a raças e a mesma que castigo temos .venha uma ditadura de verdade vamos ver se isto fica namesma com estes atrevidos e que esta mal

RESPONDER

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …

Para eliminar "veneração do Ocidente", China quer retirar livros de Bill Gates e Steve Jobs das listas de leitura

Este mês, as autoridades chinesas ordenaram que os livros "que veneram as ideias ocidentais" e "abraçam todas as coisas estrangeiras" fossem removidos das listas de leitura e das bibliotecas nas escolas primárias e secundárias.  De acordo …