BCE chumba 8 dos novos administradores da Caixa

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

O Banco Central Europeu aprovou os 11 nomes propostos pelo Governo para o Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos, mas rejeitou outros oito por excederem o limite de cargos em órgãos sociais de outras sociedades.

Segundo um comunicado do ministério das Finanças, o Banco Central Europeu (BCE) aprovou a estrutura de governação do banco proposta pelo Governo que integra um Conselho de Administração alargado

Os administradores não executivos terão funções de controlo da Comissão Executiva através de Comissões Especializadas e um Conselho Fiscal, com funções de fiscalização e que terá assento, por inerência, na Comissão de Auditoria e Controlo Interno.

O BCE atestou ainda a “adequação e a idoneidade de sete administradores-executivos propostos, de quatro administradores não-executivos e dos quatro membros do Conselho Fiscal”.

António Domingues, o nome proposto para Presidente do Conselho de Administração e da Comissão Executiva, poderá acumular estas funções, mas apenas por um período de seis meses “que o Governo utilizará para analisar” a questão com o Banco de Portugal e com o BCE.

Oito dos administradores não-executivos foram reprovados por excederem o limite do número de funções desempenhadas em órgãos sociais de outras sociedades previsto no Regime Geral das Instituições de Crédito e das Sociedades Financeiras (RGICSF).

Entre os administradores cujos nomes foram reprovados, encontram-se Leonor Beleza, actual presidente da Fundação Champalimaud, Carlos Tavares, actual presidente do grupo PSA Peugeot Citroën, e Ângelo Paupério, co-presidente executivo da Sonae.

Segundo o Governo, “o processo de conformidade levaria a uma maior morosidade do processo de nomeação”.

“A nomeação dos restantes administradores não-executivos será feita num curto espaço de tempo já que não houve sobre estes qualquer objeção relativamente à adequação ou idoneidade, nem foram identificados quaisquer conflitos de interesses impeditivos”, acrescenta o comunicado das Finanças.

Entretanto, já esta manhã, o governo fez saber que vai alterar a lei bancária para “recuperar alguns” dos nomes rejeitados pelo Banco Central Europeu para a administração da Caixa.

“Vamos alinhar o Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras com a diretiva e isso resolve grande parte do problema”, revela Mourinho Félix, secretário de Estado do Tesouro e Finanças, em declarações ao Negócios.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Se estão chumbados. .. Estão chumbados! Não é necessário paternalismo! O BCE devia apresentar alternativa ou então quem propôs esses nomes estava a dormir e desconhecida as regras? Deveriam passar a ser empregados do próprio BCE isso sim!

  2. O que é mesmo giro e curioso nisto tudo é que o BCE atesta a idoneidade de 11 administradores e rejeita 8. Mais giro ainda é que nos rejeitados é tudo chulagem do PSD ( será que o BCE entende que não são idoneos? ). A direitalha não vale mesmo um kú! E depois ainda falam dos “xuxas”.

  3. Ó Zé,
    Como sabes quem nomeia os Administradores é o Governo.
    Então não percebes que é o repartir o o partir para que ninguém levante ondas?
    Abre os OLHINHOS.
    É por este tipo de comentários que fazem o que querem, e bem, o POVO é ignorante, e assim se deve manter.

  4. Pois, é o governo que nomeia. Numa lógica que já existe há largos anos, as administrações da CGD são nomeadas pelo governo (neste caso PS) e, nessas nomeações têm que estar incluídos administradores do PSD (são sugeridos pelo próprio partido), isso faz parte de um acordo entre as forças políticas dominantes. Pelos vistos não sabias ó utópico. Provavelmente mantiveste-te voluntáriamente na ignorância.
    Se leres a notícia vais perceber que os excluídos pelo BCE, curiosamente, foram os “administradores” sugeridos pelo PSD. E foi apenas isto que eu disse. Facil de entender não?

  5. Ó ZÉ DOS ANZÓIS. Quem parece ter estado na ignorância (e muito tempo) foste tu. Parece que ainda por lá andas. Não percebes patavina de nada e atiras baboseiras umas atrás das outras. Abre os olhos. Não é nada do que dizes. Neste país há uma lei… que o governo parece desconhecer. Informa-te antes de escrever.

    • Andas mesmo à nora ó ZÉ DAS ISCAS. Deves perceber mesmo é de iscas e depois, nos intervalos, vens mandar para aqui uns bitates, que são pra gente se rir.
      Efectivamente, não sei tudo mas, já que o que eu disse foi “baboseira” na tua “sábia” opinião, então esclarece lá a malta…

RESPONDER

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …