Governo vai partilhar os lucros do lítio com as Câmaras

(dr) Dakota Minerals

Prospecção de lítio em Montalegre

O Governo está apostado em incentivar a exploração mineira de lítio em Portugal e como incentivo às regiões onde a actividade vai ser realizada, promete partilhar os lucros do “negócio” com as Câmaras Municipais.

A ideia é confirmada ao Público pelo Secretário de Estado de Energia, João Galamba, que salienta que “a partilha de royalties com os municípios é uma forma de os compensar do facto de serem eles a sofrer os impactos directos da actividade mineira”.

A medida está inscrita num despacho assinado no final de Abril e que reforça as orientações em termos de protecção ambiental que devem ser seguidas pelas empresas de exploração de lítio, quer nas candidaturas enviadas para concurso, quer nos pedidos de prospecção e pesquisa que serão analisados pela Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

As empresas que se dedicam à actividade têm que entregar uma percentagem dos seus lucros ao Estado. Galamba destaca que o objectivo é dividir a parte dos lucros públicos com as autarquias.

A medida visará também responder a eventuais protestos locais contra a exploração de lítio, o que já aconteceu nos concelhos de Monção, Melgaço e Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo, onde as populações se organizaram contra a prospecção na zona de Fojo, que deveria ser levada a cabo pela empresa australiana Fortescue.

Australianos desistem do lítio no Alto Minho

A Fortescue anunciou, entretanto, que desistiu do pedido de prospecção. No documento, datado de 30 de Abril, enviado à divisão de minas da DGEG, a advogada Joana Silva Aroso “solicita a retirada imediata de toda a informação geo-espacial relativa àquele pedido”, como cita a Lusa.

Em causa está um requerimento para atribuição de direitos de prospecção e pesquisa de depósitos minerais na área denominada Fojo.

As autarquias dos três municípios abrangidos por aquele pedido apresentaram uma “contestação conjunta” junto da DGEG, exigindo o indeferimento do mesmo. Foi também criado um movimento cívico designado “Em Defesa das Serras da Peneda e do Soajo” que tem prevista uma caminhada de protesto para o próximo dia 12 de Maio.

Criado nas redes sociais, o movimento cívico disponibilizou um modelo de reclamação junto da DGEG e lançou ainda uma petição pública, assinada por mais de 9.300 pessoas, que refere que a zona abrangida pelo pedido de prospecção “integra a Zona de Protecção do Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG), Rede Natura 2000, Reserva Ecológica Nacional (REN) e Reserva Agrícola Nacional (RAN)”.

“Trata-se da maior ameaça de sempre à integridade das Serras da Peneda e Soajo”, afiança ainda o movimento, considerando que “as consequências serão devastadoras” e que “será um verdadeiro atentado ecológico”.

No final de Abril, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, anunciou que o Governo vai lançar, até final do ano, oito novos concursos para exploração de lítio em Portugal, garantindo que tais operações não põem em causa a saúde das populações daquelas zonas, nem o meio ambiente.

A procura mundial pelo lítio, usado na produção de baterias para automóveis e placas utilizadas no fabrico de electrodomésticos, está a aumentar e Portugal é reconhecido como uma das potenciais mundiais neste sector.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. esperemos que os contratos sejam transparentes e com percentagens razoaveis para ( portugal ) ja tivemos o exemplo da exploraçao de ouro ,petroleo ,que foi tudo muito suspeito

RESPONDER

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …