Governo espera “consequências” do inquérito em Bissau

presidencia.pt

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete

O Governo português reiterou hoje que o “embarque forçado” de passageiros sírios por coerção de autoridades guineenses é “inaceitável”, e aguarda que sejam retiradas as “consequências” e que seja garantido que situações semelhantes não se repetirão.

A posição do Ministério dos Negócios Estrangeiros português foi expressa, em comunicado, após ter sido informado pelas autoridades da Guiné-Bissau das conclusões da comissão de inquérito sobre “o grave incidente de segurança” ocorrido no aeroporto de Bissau, no dia 10 de Dezembro, que apontam para o envolvimento directo ministro do Interior do Governo de transição guineense, António Suca Ntchama.

“O Governo português reitera que o sucedido – o embarque forçado, através de pressão e coerção por parte de autoridades guineenses sobre funcionários da TAP, de 74 passageiros com documentação reconhecidamente falsa numa aeronave portuguesa com destino a Lisboa – é absolutamente inaceitável”, declarou o ministério de Rui Machete.

“Portugal aguarda ainda que as autoridades guineenses retirem todas as necessárias ilações e consequências do ocorrido, incluindo, conforme anunciado, a responsabilização dos intervenientes no processo. Também ainda não foi cabalmente garantido que situações similares não se poderão repetir no futuro, questão essencial no nosso processo de reavaliação sobre a existência de condições de segurança no aeroporto de Bissau para a retoma da rota”, sublinha o comunicado do ministério.

A comissão de inquérito ao incidente com um voo da TAP em Bissau concluiu na segunda-feira que o ministro do Interior do Governo de transição guineense “exigiu” o embarque dos 74 sírios com passaportes falsos para Portugal, tendo o governante sido ouvido pelo Ministério Público guineense na segunda-feira.

No comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros português é manifestada “solidariedade para com o povo guineense, primeira e principal vítima da situação criada pelo Golpe de Estado de 12 de Abril de 2012”.

“Revendo-se na Declaração do Presidente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, de 9 de Dezembro”, o Governo português “reitera a expectativa de que as eleições gerais de 16 de Março se realizem em condições de liberdade, transparência e segurança”.

“Esperamos que o pleno respeito pela livre vontade popular permita o retorno à ordem constitucional e o combate à impunidade prevalecente na Guiné-Bissau”, declarou o Governo português, sublinhando que “continuará a apoiar o povo da Guiné-Bissau, também no contexto das Nações Unidas, da União Europeia e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”.

Na sequência do incidente ocorrido a 10 de Dezembro, que o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Rui Machete, considerou que se assemelhava a um “acto de terrorismo“, a TAP cancelou os voos para Bissau.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma planta que evoluiu para se "esconder" do Homem

Uma planta utilizada na medicina tradicional chinesa evoluiu, mudando a própria pigmentação, para se tornar menos visível ao Homem, sugere uma nova investigação, dando conta que em causa está uma estratégia de sobrevivência. O estudo, …

Luz verde. PAN abstém-se e garante aprovação do OE2021

A votação final global do Orçamento do Estado para 2021 acontece esta quinta-feira no Parlamento. A sua aprovação está garantida devido à abstenção do PCP, PEV e PAN, apesar do voto contra do Bloco de …

Mais de 500 funcionários públicos vão ajudar SNS. Camas de cuidados intensivos podem chegar às 1.000

A ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou, em entrevista ao Público e à Renascença, que mais de 500 funcionários públicos vão integrar as equipas de rastreio do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Na entrevista conjunta ao …

Erro de fabrico levanta questões sobre vacina de Oxford

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford reconheceram esta quarta-feira um erro de fabrico que está a levantar questões sobre os resultados preliminares e a eficácia da sua vacina experimental contra a covid-19. O comunicado, onde …

Partiu o "mais humano dos deuses" quando tentava mudar de vida. 9 ambulâncias socorreram Maradona, mas foi em vão

A Argentina está em choque com a morte de Diego Armando Maradona. O coração de El Pibe não aguentou numa altura em que estava a tentar mudar de vida, com exercícios físicos, dieta e a …

Manter o ar de casa limpo pode reduzir a probabilidade de propagar covid-19

Além das precauções atualmente recomendadas, garantir que o ar em espaços interiores esteja o mais limpo possível também pode ajudar a reduzir a probabilidade de propagar o novo coronavírus. A grande maioria da transmissão do SARS-CoV-2 …

Navio australiano filma meteoro a desintegrar-se no céu da Tasmânia

O navio de pesquisa científica da CSIRO capturou imagens surpreendentes de um meteoro a desintegrar-se no oceano, muito perto da Tasmânia. Na quarta-feira, o navio de pesquisa científica da CSIRO capturou um meteoro a desintegrar-se no …

Afinal, o Espaço não é assim tão escuro. Há brilho de origem desconhecida

Uma equipa de cientistas usou a New Horizons para medir a luminosidade do Espaço profundo e os resultados surpreenderam-na. Há muito tempo que os cientistas tentam perceber qual a luminosidade do Espaço, se lhe retirarmos todas …

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …