Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é “incompreensível”

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, acompanhado pela ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que “o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda” para aprovar o Orçamento do Estado para 2021.

Esta segunda-feira, durante uma conferência de imprensa na Residência Oficial do primeiro-ministro, Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, atirou-se ao Bloco de Esquerda garantindo que “o Governo não falhou nem falhará a Serviço Nacional de Saúde”, o principal argumento de Catarina Martins usado para chumbar o documento.

Em declarações aos jornalistas, citadas pelo Observador, o governante disse que o Governo considera “incompreensível que quando o país mais precisa não conte com o Bloco de Esquerda”. “É incompreensível que um OE com respostas de esquerda não seja viabilizado pelo BE”, acrescentou.

Apesar de lamentar que os bloquistas não tenham decidido “fazer parte da solução” ao decidirem votar contra, Duarte Cordeiro disse estar disponível para continuar a negociar na especialidade. “O Governo continuará empenhado no diálogo e compromisso com os partidos” para “garantir um bom OE” que resposta à crise provocada pela pandemia.

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo à noite, depois de uma reunião da Mesa Nacional, o voto contra o Orçamento do Estado para 2021.

Depois do anúncio do voto contra por parte do Bloco e a abstenção do PAN, o Governo precisava de garantir pelo menos mais uma abstenção para aprovar, na generalidade, o OE2021. Esta manhã, o anúncio da abstenção da deputada Cristina Rodrigues, feito em comunicado, dá luz verde à proposta.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Só quem não se serve do SNS é que não vê que este está muito aquém do que seria necessário. Pessoalmente só nos meses de verão tive de pagar 400 euros por duas ressonâncias magnéticas, por causa de uma fratura de uma anca, porque não consegui uma consulta no meu centro de saúde e tive de recorrer ao sistema privado de saúde. Como tive de desembolsar 170 euros por análises porque não consegui que o meu centro de saúde passasse a necessária requisição. E no meu centro de saúde não há um único médico de família. Tudo isto nos arredores de Lisboa. O Governo não está a corrigir estas deficiências e o orçamento também não tem verba para o fazer. Por isso concordo com o voto negativo do BE. Mas parece que para o PS o dinheiro é mais importante do que a saúde das pessoas.

  2. Será que estará em vias de desmoronamento o matrimónio entre PS e extrema-esquerda? As promessas não cumpridas e as mentiras não são caminho seguro para casamentos prolongados.

RESPONDER

Mulher com síndrome de Down perde ação judicial contra a lei do aborto no Reino Unido

Na semana passada, uma mulher com síndrome de Down perdeu uma ação judicial contra o governo britânico por causa de uma lei que permite o aborto até ao fim da gestação de fetos que poderão …

Tribunal condena corticeira da Feira por despedir trabalhadora que denunciou assédio

A corticeira Fernando Couto foi condenada pelo Tribunal da Feira a pagar uma coima de cerca de 11 mil euros por ter despedido a operária Cristina Tavares, após esta ter denunciado ser vítima de assédio …

Dupla de cientistas apresenta uma nova abordagem para reciclar plástico

Um novo estudo oferece uma abordagem totalmente nova para reciclar plástico, tendo sido inspirada na forma como a natureza naturalmente "recicla" os componentes dos polímeros orgânicos presentes no ambiente. As proteínas são um dos principais compostos …

Edição de 2021 da Web Summit recebe 40 mil participantes. Moedas como presidente não será problema

Evento, que se realiza entre 1 e 4 de Novembro, volta a decorrer em formato presencial depois de em 2020 a pandemia ter transferido as atividades para o ambiente digital. O presidente executivo da Web Summit, …

Alunos carenciados com desempenho inferior aos dos mais favorecidos

Mesmo tendo acesso a meios digitais, o desempenho dos alunos carenciados foi sempre “inferior” aos dos seus colegas oriundos de meios mais favorecidos.  Segundo noticia o Público, esta é uma das principais conclusões a que chegou …

José Rendeiro condenado a três anos e seis meses de prisão efetiva

Embaixador jubilado Júlio Mascarenhas acusa o BPP de o ter convencido a investir num produto com juros e capital garantido num momento em que o banco já atravessava sérias dificuldades. O antigo presidente do Banco Privado …

Cantor R. Kelly declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual

O cantor norte-americano R. Kelly foi esta segunda-feira declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual, após um julgamento em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), que decorreu durante seis semanas, no qual …

"A FIFA engloba 211 países e 133 nunca estiveram num Mundial"

Arsène Wenger apresenta argumentos para defender a realização de um campeonato do mundo de dois em dois anos. O novo calendário FIFA continua a originar reacções e entrevistas. Arsène Wenger falou sobre as propostas - a …

Responsáveis do Lar do Comércio acusados por 67 crimes de maus tratos

O Ministério Público (MP) imputou 67 crimes de maus tratos, 17 deles agravados por resultarem em morte, a um ex-presidente e a uma diretora de serviços do Lar do Comércio, em Matosinhos. Num processo em que …

Sporting: espanhóis analisam o "maior" Haaland

Avançado do Borussia Dortmund apresenta recordes que, nem Messi, nem Cristiano, tinham. O Sporting entra em campo para a segunda jornada da Liga dos Campeões, diante de um Borussia Dortmund que tem no seu plantel uma …