Governo tem alternativa ao lay-off que não implica cortes salariais (mas não está a ser utilizada)

José Sena Goulão / Lusa

O Governo disponibilizou uma alternativa ao regime de lay-off simplificado, mas não está a ser utilizada, apesar de constar dos diplomas publicados.

As empresas portugueses poderiam estar a utilizar, além do regime de lay-off simplificado, o Plano Extraordinário de Formação (PEF).

Segundo o PEF, os empregadores poderiam obter um apoio até 50% do salário bruto de cada trabalhador, com o valor máximo de 635 euros durante um mês. Esta alternativa não implica cortes de salários, mas acabou por ser esquecida.

O plano destina-se às empresas que “não tenham recorrido ao apoio extraordinário” do lay-off simplificado. O objetivo é “aceder a um apoio extraordinário para formação profissional a tempo parcial, mediante um plano de formação, tendo em vista a manutenção dos respetivos postos de trabalho e o reforço das competências dos seus trabalhadores, de forma a atuar preventivamente sobre o desemprego”.

De acordo com o Jornal de Negócios, o PEF consta dos diplomas publicados pelo Governo, mas nem o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, nem a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, o mencionaram nos seus discursos.

Aliás, até terça-feira, não constava nenhuma informação sobre a abertura de candidaturas na página do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Além disso, não havia informação prática sobre outro programa de formação que, nos termos da lei, pode garantir aos trabalhadores e às empresas que se encontram em lay-off uma verba adicional de 131,6 euros por pessoa a dividir entre trabalhador e empresas.

Ao Negócios, o gabinete de Miguel Cabrita, secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, garantiu que os regulamentos “estão a ser ultimados e estarão online no sítio do IEFP” esta quarta-feira. “No entanto, o IEFP tem vindo a fornecer informação sobre estas respostas às empresas que a solicitam e está já a trabalhar na conceção de planos de formação com as empresas, que terão de ser submetidos juntamente com a candidatura”, disse.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ao ritmo a que o IEFP e outras estruturas públicas funcionam, quando estiver tudo disponibilizado para as empresas poderem recorrer, já existirá seguramente vacina contra o coronavírus.
    Vejam a título de exemplo o que se passou com a medida cheque-formação. Uma vergonha. Só burocracias atrás de burocracia, o que levou grande parte das empresas a desistir.

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …