Governador de São Paulo põe em causa faculdades mentais de Bolsonaro

World Economic Forum / Flickr

O governador do estado brasileiro de Saulo Paulo, João Doria

O governador do estado brasileiro de São Paulo, João Doria, acusou no sábado o Presidente do país, Jair Bolsonaro, de não estar “em plenas faculdades mentais” para liderar o país, após ter desvalorizado a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à agência Efe, citada pela Lusa, João Doria, que governa aquele que é o estado mais rico e populoso do Brasil, mas também o mais afetado pela covid-19, mostrou ser o exemplo do mal-estar entre as autoridades estaduais e municipais do país face à retórica de Bolsonaro, a quem acusam de subestimar a covid-19 e de incitar a população a regressar à sua vida normal de forma a não prejudicar a economia.

São Paulo, que possui 46 milhões de habitantes, é o estado mais afetado, contabilizando 84 mortos e 1.406 infetados. Contudo, o chefe de Estado disse na sexta-feira que desconfia do número de mortes e infeções apresentadas por aquela unidade federativa. Face a essas desconfianças, Doria diz que Bolsonaro não está em “plenas faculdades mentais”.



“O Presidente da República, numa entrevista a uma estação de rádio de São Paulo, acusou o governo regional de falsificar os atestados de óbito de brasileiros que morrem de coronavírus (…) Temos um Presidente que não está em plenas faculdades mentais para poder liderar o país”, defendeu Doria.

O governador acusou Bolsonaro de estar “desconectado da realidade”, acrescentando que “não é razoável” que um Presidente da República classifique uma pandemia mundial como a do coronavírus (mais de 30 mil mortes) como uma “gripezinha”.

“Também não é razoável que o próprio Governo realize uma campanha pedindo às pessoas que saiam de casa ao mesmo tempo em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as pessoas fiquem em casa. É um ato de profunda irresponsabilidade e falta de respeito ao ser humano”, afirmou.

E reforçou: “São Paulo tem 46 milhões de habitantes, quase a mesma população da Espanha. Aqui, não será aplicada uma medida que coloca em causa a vida de milhões de brasileiros que vivem em São Paulo. A nossa posição é que as pessoas fiquem em casa, seguindo as diretrizes da OMS”.

Após ser questionado sobre o que faria de diferente se estivesse no poder, Doria, que é apontado como candidato às eleições presenciais brasileiras de 2022, advogou que cabe ao Congresso brasileiro avaliar e decidir sobre o que fazer com um chefe de Estado “que não tem capacidade de racionalizar, interpretar e liderar um país”.

“Eu, como governador, não devo dizer nada sobre o que pode ser feito. Noto, sim, a sucessão de medidas equivocadas, que ameaçam a ordem pública e a vida das pessoas. Não é razoável alguém com o mandato de Presidente da República cometa esses erros tantas vezes em tão pouco tempo. Não é de alguém que está psicologicamente bem, é de alguém que sofre de algum tipo de problema psiquiátrico”, frisou João Doria.

O governador de São Paulo foi aliado de Bolsonaro no passado, e é acusado de se ter aproveitado da figura do atual mandatário para se eleger como governador em 2018, ligação que Doria lamenta atualmente.

“Quero registar aqui meu mais profundo pesar por ter apoiado Jair Bolsonaro, mas não havia possibilidade de ter defendido a candidatura de Fernando Haddad (candidado do Partido dos Trabalhadores e rival de Bolsonaro). Bolsonaro representa um grau de ameaça à democracia tão nocivo quanto a extrema-esquerda”, disse.

“Em dois anos, o Brasil passou de uma visão de extrema-esquerda, corrupta, prejudicial e mentirosa, para uma extrema-direita mentirosa, agressiva e com uma enorme vocação totalitária”, salientou.

O Brasil tem 111 mortos e 3.904 infetados pelo novo coronavírus, tendo aumentado para 10 o número de estados brasileiros a registar óbitos associados à covid-19, anunciou este sábado o Ministério da Saúde.

ZAP Lusa //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Se fosse só ele a suspeitar da boa sanidade mental desse iluminado, mas não ! é cada vez mais evidente que não bate bem da bola. Votem novamente nesta criatura, para a próxima !

    • Esse sujeto, que diz suspeitar da sanidade mental do Bolsonaro, não teria sido eleito governador do estado de São Paulo, se não fosse esse “louco” presidente. Votarei novamente no Bolsoaro. O que não votarei mais, com certeza, é em ladrões da antiga política, que você deve está com saudade.

  2. Constatei várias pessoas revoltadas com a orientação do governador do Estado de São Paulo de apontar como morte por Corona Vírus de todos os falecimentos que não puderam passar por autópsia. Pessoas que morreram até de infarte tendo seus atestados de óbito lançados como Corona Vírus. Tudo isso para inflar os números, conseguir mais verbas de ajuda do goverrno federal e ainda desestabilizar Bolsonaro.
    Quem é o psicopata então?

RESPONDER

Relatório alerta que parte da produção de painéis solares depende da exploração de uigures

A região de Xinjiang, na China, evoluiu nas últimas duas décadas e tornou-se num importante centro de produção para muitas das empresas que fornecem ao mundo as peças necessárias para a construção de painéis solares. No …

Morreu a atriz brasileira Eva Wilma. Tinha 87 anos

A atriz de brasileira Eva Wilma morreu este sábado aos 87 anos no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada desde abril devido a um cancro de ovário. A artista tinha sido internada a …

Marcelo quer descentralizar poder para regionalizar bazuca europeia

Marcelo Rebelo de Sousa quer desconcentrar poderes do Estado central para as comissões de coordenação e desenvolvimento regio­nal (CCDR), já a pensar na execução dos milhões que vão chegar de Bruxelas. A perspetiva do Chefe de …

Humanos mudam os ecossistemas com fogo há quase 100 mil anos

Um novo estudo mostra que os humanos têm mudado o ambiente em que vivem recorrendo ao fogo há pelo menos 92 mil anos. Ao chegar a novas terras, os humanos usaram o fogo para as mudar …

Catarina Martins considera “absurda” proposta de reforma das Forças Armadas

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou a proposta de reforma das Forças Armadas feita pelo Governo “absurda” e de “absoluta submissão à NATO”. “A proposta do Governo é absurda, é uma proposta que centraliza decisões, …

Egito abre fronteira com Gaza. EUA deixam aviso a Israel (e UE reúne de emergência)

O Egito abriu este sábado a fronteira terrestre com Gaza e enviou 10 ambulâncias para o enclave palestiniano para transportar para os hospitais egípcios palestinianos que ficaram feridos nos bombardeamentos israelitas, indicaram responsáveis médicos. Segundo o …

Cientistas identificam novo tipo de resposta ao stress desencadeada pela condução

Toda a gente conhece a sensação física de quando estamos num carro a acelerar. Mas poucos sabem o que isso pode estar a fazer ao nosso corpo. De acordo com o site Science Alert, cientistas investigaram …

Portugal regista recorde diário de 125 mil pessoas vacinadas. DGS põe de lado dispensa de máscara

No sábado foram administradas em Portugal 125 mil vacinas contra a covid-19, um novo recorde diário no país, segundo informação divulgada pela task force que coordena o programa de vacinação. "Ao todo foram administradas, durante o …

Estar com cães de terapia pode trazer benefícios que duram semanas

Um novo estudo mostra que os efeitos positivos associados a passar tempo com cães de terapia podem durar até seis semanas. Em muitas universidades norte-americanas, os alunos têm a possibilidade de frequentar programas específicos para reduzir …

A poluição do ar impacta mais umas pessoas do que outras. Depende da cor da pele

Vários estudos mostram que as pessoas de cor estão desproporcionalmente expostas à poluição do ar nos Estados Unidos. No entanto, não é claro se essa exposição desigual se deve principalmente a alguns tipos de fontes …