Gonçalves Pereira diz que não é recandidato por “opção exclusiva da direção”

João Gonçalves Pereira / Facebook

João Gonçalves Pereira

O vereador do CDS-PP na Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que não é recandidato nas próximas autárquicas por opção exclusiva da atual direção do partido, que foi contra os órgãos distritais e concelhios.

“Este ano, nas próximas eleições autárquicas, por opção exclusiva da atual direção do CDS, não serei recandidato”, escreveu João Gonçalves Pereira numa publicação na sua página de Facebook.

“Mas a minha primeira palavra não vai para essa direção. Vai para o candidato a vereador Diogo Moura, que serve esta cidade e a conhece como ninguém. E vai para o candidato a presidente da Câmara, Carlos Moedas, a quem já tive oportunidade de desejar telefonicamente boa sorte desde a primeira hora”, acrescentou.

Sobre a decisão da direção centrista, que o excluiu da lista à Câmara de Lisboa, o ainda vereador diz que foi “contra os órgãos distritais e concelhios democraticamente eleitos pelos militantes” do partido, defendendo que “a sua ação fala por si”.

“Da minha parte, a consciência tranquila da disponibilidade e da entrega ao partido que sempre existiu, desde 1995. No entanto, sobre as consequências das suas ações, falarei publicamente somente após as eleições locais. E, preferencialmente, em congresso“, apontou.

A escolha de Filipe Anacoreta Correia, em vez de Gonçalves Pereira, para número dois da lista à Câmara de Lisboa está a gerar uma guerra interna no CDS. O eurodeputado Nuno Melo, o antigo vice-presidente do partido Adolfo Mesquita Nunes, o deputado João Almeida e o antigo dirigente Pedro Mota Soares foram alguns dos críticos.

Também Nuno Magalhães, antigo líder parlamentar do CDS, em declarações ao jornal online Observador, lamentou o facto de a direção estar mais interessada em “insultar ex-dirigentes que não se podem defender”, em vez de se concentrar na luta pelas autárquicas.

“Perante o beneplácito da direção do partido, um dirigente da CPN (Comissão Política Nacional) teve o despautério de insinuar que um ex-dirigente do CDS como eu, que deu o seu melhor durante 20 anos, não estava empenhado nas autárquicas. Um partido que usa órgãos internos para insultar ex-dirigentes dificilmente terá futuro. Por muito jovem e moderninho que possa crer parecer ou ser”, criticou o democrata-cristão.

Questionado sobre Nuno Melo, que se afigura como o mais provável adversário do líder Francisco Rodrigues dos Santos nas próximas eleições internas, Magalhães não escondeu que poderá ser um bom presidente do partido.

Nuno Melo dará um bom presidente do partido, caso queira, caso os militantes assim o desejem, e caso assim aconteça depois das eleições autárquicas”, declarou.

O Executivo da Câmara de Lisboa, presidido por Fernando Medina, é atualmente composto por oito eleitos pelo PS (nos quais se incluem os Cidadãos por Lisboa), um do BE (que tem um acordo de governação do concelho com os socialistas), quatro do CDS, dois do PSD e dois da CDU.

Na corrida à presidência da autarquia foram até agora anunciadas as candidaturas de Fernando Medina (coligação PS/Livre), Carlos Moedas (coligação PSD/CDS-PP/PPM/MPT/Aliança), João Ferreira (CDU), Bruno Horta Soares (IL), Nuno Graciano (Chega), Beatriz Gomes Dias (BE), Manuela Gonzaga (PAN), Tiago Matos Gomes (Volt) e João Patrocínio (Ergue-te).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …