Funcionários públicos recebem este mês 75% das progressões

José Sena Goulão / Lusa

A reposição de rendimentos iniciada pelo Governo de António Costa, iniciada em 2018, continua a avançar.

Segundo o Jornal de Negócios esta quinta-feira, o pagamento das progressões aos funcionários públicos vai subir este mês de 50% para 75%.

Recorde-se que durante sete anos as progressões estiveram congeladas. Os funcionários públicos cujo avanço na carreira depende de acumulação de pontos continuaram, no entanto, a ser avaliados.

No caso das carreiras especiais, onde este salto no vencimento depende essencialmente do tempo, os anos de serviço entre 2011 e 2017 começaram por ser ignorados – o caso dos professores. Entretanto, o Governo já reconheceu parcialmente este tempo. Há saltos remuneratórios – mais lentos – que decorrem do tempo de serviço passado de 1 de janeiro de 2018 para cá.

Apesar de ter descongelado as progressões na Função Pública no ano passado, o Governo evitou pagá-las integralmente de imediato, lembra o jornal. Na lei do orçamento do Estado de 2018 – e também no deste ano – ficou definido o seguinte calendário: 25% a partir de janeiro de 2018, 50% a partir de setembro de 2018, 75% a partir de maio de 2019 e 100% a partir de dezembro deste ano.

Questionado pelo Jornal de Negócios, o Ministério das Finanças não divulgou dados atualizados sobre o número de funcionários abrangidos por progressões.

ara progredir na carreira, os trabalhadores precisam de ter reunidos dez pontos na avaliação de desempenho nos últimos sete anos. Quem não foi avaliado terá direito a um ponto por cada ano.

Nos casos em que tenham existido progressões ou promoções durante os últimos sete anos, “inicia-se nova contagem de pontos, sendo apenas relevantes os pontos obtidos no âmbito do processo da avaliação do desempenho já no novo posicionamento remuneratório, categoria ou carreira”.

Quando o trabalhador tenha acumulado mais de dez pontos entre 1 de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2017, os pontos em excesso relevam para efeitos de futura alteração do seu posicionamento remuneratório.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Ena, será que se eu me queixar, trabalhando no privado, também me vão pagar 75% das minhas progressões de carreira? Isto é mesmo o faroeste.

  2. Quem não é avaliado tem direito a um ponto por cada ano, diz a notícia. Quem decide a quem se faz avaliação? Não têm todos o direito a ser avaliados? Se não for avaliado nesse ano e fizer asneira ganha um ponto?Este sistema levanta muitas suspeitas de favorecimentos e outras.

RESPONDER

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …

Rio diz ser preocupante "notória desvalorização" que PS faz do ministro das Finanças

O líder do PSD disse, esta sexta-feira, ser preocupante a "notória desvalorização" que o Governo tem feito do ministro da Finanças, apontando como exemplo as novas regras de contratação nas PPP. "Temos assistido nos últimos dias …

Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli. A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no …

André Ventura avança com castração química para quem abusa de menores

André Ventura, líder e deputado único do partido Chega, entregou esta sexta-feira na Assembleia da República um projeto de lei que cria a pena acessória de castração química, agravando a moldura penal para os abusadores …

Centeno com apoios de peso para recandidatura ao Eurogrupo

Ao que tudo indica, o ministro das Finanças não deverá ter grande oposição em Bruxelas caso queira um segundo mandato como presidente do Eurogrupo. De Bruxelas chegam notícias de que Mário Centeno já terá apoios para …

Bruno Lage: "Respeito as opiniões, mas sou eu o treinador"

O Benfica venceu com uma goleada, esta sexta-feira, no terreno do Boavista (4-1) e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto na liderança do campeonato. No final do jogo, o treinador do …