Funcionária condenada por viciar contratos públicos foi promovida

Condenada no âmbito de um esquema de viciação de contratos públicos, uma técnica superior do Estado não só escapou a um processo disciplinar, como acabou promovida, apenas 3 meses depois de lhe ter sido aplicada uma pena suspensa de 2 anos e 3 meses de prisão.

Segundo revela este sábado o jornal Expresso, Luísa Sá Gomes foi nomeada directora de serviços no Ministério da Agricultura, após ter sido condenada, em Abril de 2018, no âmbito de um “esquema de favores” no Ministério da Administração Interna.

A funcionária foi condenada por ter ajudado o então director-geral de Infraestruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, João Alberto Correia, num esquema de viciação de contratos públicos.

Luísa Sá Gomes foi condenada por dois crimes de abuso de poder, um crime de participação económica em negócio e um crime de falsificação de documento, apanhando uma pena suspensa de dois anos e três meses de prisão, realça o Expresso.

Todavia, apesar dessa condenação, o MAI não lhe abriu qualquer processo disciplinar e a funcionária acabou por ser promovida, três meses mais tarde, a directora de serviços no Ministério da Agricultura. A promoção é justificada com a sua “reconhecida experiência” e “competência técnica e aptidão”.

João Alberto Correia foi condenado pelos crimes de participação económica em negócio e falsificação a uma pena de sete anos de prisão.

Entre 2011 e 2014, o ex-director de Infraestruturas e Equipamentos do MAI terá viciado contratos públicos para obras na PSP, na GNR e na Protecção Civil, entre outros organismos públicos, de modo a garantir a sua entrega a empresas de amigos.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Com raio, a lista de criminosos que a governação e os partidos têm parido não pára de crescer e no entanto… ainda são promovidos, isto é, compensados e “branqueados” pelos e nos delitos cometidos. Foi assim com o vara, que já com processos às costas e depois de ter deixado a CGD foi promovido dentro desta ao escalão máximo de vencimento; foi assim com tantos outros e é agora com esta mulherzinha. Mas isto é um país ou uma quadrilha organizada?

  2. Portugal no seu melhor… E quem paga tudo isto? Os desgraçados dos pensionistas e reformados; os desgraçados dos desempregados; os desgraçados dos trabalhadores com salários de miséria e, de um modo geral, os contribuintes que não podem fugir à sanha saqueadora do estado-ladrão…

  3. Além do escândalo que isto representa em termos de atropelo à lei, à justiça e à mera decência… Venham-me depois com conversas de que as mulheres são desfavorecidas e não têm o mesmo acesso a cargos de chefia. É uma sociedade “machista”… Um verdadeiro “patriarcado”. Eu nuca vi uma sociedade e um sistema judicial que favorecesse tanto as gajas.

    • Eu tinha uma colega no trabalho que dizia que elas as mulheres tinham 75% por cento de possibilidades de serem promovidas, enquanto os homens só possuíam 50%, que era por via do mérito e/ou antiguidade, enquanto elas possuíam uma terceira via.

  4. Mais uma das muitas penas suspensas. Então se são condenados não cumprem a pena??????? Juizes de M… ou comprados, tipo Rangel.

  5. A pouca vergonhada dos nossos políticos.
    Como é isto possível num país de direito…
    Sejam punidos os criminosos que promovem e apadrinham estes corruptos.
    Tanta gente séria a precisar de trabalho e premiamos edta chusma…

  6. Coisas a reter desta noticia: se fizermos coisas ilicitas, o processo disciplina, é subir na carreira.. isso é complicado, pois ao mudar responsabilidades, torna-se stressante. E pagamo o crime, com o stress

  7. Caros amigos,
    Acho que não leram bem a notícia.
    “A promoção é justificada com a sua “reconhecida experiência” e “competência técnica e aptidão”.
    Cá está, reconhecida experiência e aptidão em falcatruas, vigarices, etc. Está no meio deles.
    Por acaso não será esposa, irmã, filha, etc. de algum “senhor”?

RESPONDER

Empresa norte-americana quer recuperar o transmissor do Titanic que lançou as chamadas de socorro

A empresa privada norte-americana RMS Titanic Inc quer remover o equipamento de rádio da empresa Marconi que está entre os destroços do Titanic. A empresa pretende levar a cabo a "remoção cirúrgica" dos aparelhos de …

Luigi di Maio deixa liderança do Movimento 5 Estrelas

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S) demitiu-se da liderança, esta quarta-feira, e apelou a uma refundação do partido italiano, que atravessa uma crise interna e uma série de maus resultados em eleições regionais. Luigi Di …

Nova técnica combina injeções geladas e salgadas para combater a gordura

Uma equipa de cientistas, da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, testou um novo tratamento que derrete a gordura da barriga. A nova técnica, desenvolvida por investigadores da Universidade de Harvard e do Hospital …

Jogadores "imploraram pela vida" em Alcochete

O lateral esquerdo Lumor e o guarda-redes Salin foram ouvidos, esta quarta-feira, na 21.ª sessão do julgamento da invasão à academia leonina. Lumor, que está emprestado pelo Sporting ao Maiorca, de Espanha, foi ouvido através do …

Mais de metade dos jovens escolhe os mesmos empregos

Mais de metade dos adolescentes portugueses querem ter os mesmos empregos e, a nível internacional, muitos jovens escolhem carreiras que exigem qualificações académicas, mas para as quais não pretendem estudar. O maior inquérito que avalia o …

Salvador Sobral entra no filme de Will Ferrell sobre a Eurovisão

Salvador Sobral vai aparecer no filme "Eurovision" e já gravou uma cena com Will Ferrell. O vencedor da Eurovisão em 2017 vai cantar uma canção no filme da Netflix e ainda contracenar com o ator …

Para evitar a desertificação, há uma cidade a vender casas a 1 euro

A cidade de Bisaccia, em Itália, está a vender 90 imóveis por apenas um euro. O compromisso é que os compradores renovem as habitações. A cidade italiana de Bisaccia, no sul da Campânia, em Itália, está …

Daniel Podence a caminho do Wolverhampton

Daniel Podence deverá ser anunciado em breve como novo reforço dos Wolves, equipa inglesa orientada por Nuno Espírito Santo e na qual já jogam outros sete portugueses. De acordo com o jornal O Jogo, Daniel Podence …

"Quando o PS é oposição, os sindicalistas são valiosos. Quando é poder, empecilhos"

José Abraão, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, deixou duras críticas ao Governo por não se sentir incluído no processo das decisões políticas. Para José Abraão, o Partido Socialista não valoriza o papel dos sindicatos. …

Governo admite gratuitidade em creches para 40 mil crianças

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social confirmou, esta quarta-feira, a intenção de criar sete mil novos lugares de creches e admitiu a gratuitidade da frequência para 40 mil crianças. Ana Mendes Godinho falava hoje …