França não sobe impostos à boleia da pandemia. Pagará a dívida mais tarde

worldbank / Flickr

Bruno Le Maire, ministro das Finanças francês

O ministro das Finanças francês revelou esta segunda-feira que o Governo não aumentará os impostos para responder à acentuada subida das despesas públicas devido à crise e referiu que a dívida gerada será paga mais tarde.

Numa entrevista à rádio “France Info”,  Bruno Le Maire, insistiu no facto de que a dívida gerada será paga, “mas mais tarde” e graças “ao crescimento futuro da atividade” económica. Le Maire disse ainda que aumentar os impostos é recorrer a uma “solução fácil”, repetindo que o Governo francês “não quer fazê-lo”.

Sobre esta matéria, explicou que não restabelecerá o Imposto sobre a Fortuna (ISF), que foi eliminado pelo presidente Emmanuel Macron no início do seu mandato e que é pedido por alguns, sobretudo à esquerda.

O ISF, que abrangia património acima de 1,3 milhões de euros, foi substituído pelo Imposto sobre a Fortuna (IFI), pago apenas por aqueles cujos ativos imobiliários têm um valor superior a 1,3 milhão de euros.

O ministro afirmou ainda que as outras reformas fiscais realizadas por Macron também não vão ser revertidas, em particular a redução dos impostos sobre o capital, pois entende “deram resultados”.

Questionado sobre a possibilidade de anular a dívida gerada para enfrentar o impacto da crise provocada pelo novo coronavírus, o ministro respondeu que isso não será feito, que “a dívida terá que ser paga”, mas numa primeira fase, não de imediato, uma vez que “a prioridade absoluta” é relançar a economia e o emprego.

Mais tarde chegará o momento de reembolsar a dívida” e isso será feito com “o crescimento”, salientou, sem referir prazos.

Economia francesa “tem forças consideráveis”

No entanto, realçou que a agência de ‘rating’ Fitch alterou a perspetiva, mas não baixou a notação da dívida soberana francesa, que permanece “AA”, lembrando que a agência norte-americana considerou que a economia francesa “tem forças consideráveis”.

O ministro francês disse ainda que está a preparar os planos de apoio para os dois setores mais atingidos pela crise, o automóvel e a aviação. O primeiro plano será apresentado dentro de quinze dias e o segundo antes de julho.

Dados divulgados na passada sexta-feira pelo Eurostat mostram que Alemanha, França e Itália já entraram em recessão técnica por causa da pandemia. As três maiores economias europeias registaram dois trimestres consecutivos de contração económica.

Em média, a economia da Zona Euro recuou, no primeiro trimestre do ano, 3,2% em termos homólogos e 3,8% em cadeia, as maiores quebras desde 1995 e 2009, respetivamente, segundo a estimativa divulgada pelo Eurostat.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 313.500 mortos e infetou mais de 4,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,6 milhões de doentes foram considerados curados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …