Em França, pode sair de casa durante o confinamento para adotar um animal

O Governo francês anunciou, este sábado, que a população será autorizada a sair de casa durante o confinamento para adotar um animal.

A partir desta quinta-feira, os franceses podem sair de casa para adotarem um animal de estimação. Esta alteração nas medidas de confinamento visa responder aos pedidos dos vários grupos de defesa animal que alertavam para o risco de saturação dos abrigos de animais neste período.

Segundo a RFI, Christophe Castaner, ministro do Interior, disse que esta tolerância tem como objetivo evitar que os animais de estimação sejam “vítimas colaterais” do novo coronavírus.

Em França, é preciso ter uma autorização com identificação, morada, horário de saída e motivo da deslocação para sair de casa. A saída é apenas autorizada para a compra de bens essenciais, deslocações por motivos de saúde ou de trabalho, para ajudar pessoas em situação de necessidade ou exercício físico individual, breve e num raio de um quilómetro da residência.

À exceção destes casos, as saídas são punidos pelas forças de segurança com uma multa de 135 euros, que pode chegar até 3.000 euros em caso de reincidência.

A partir da próxima quinta-feira, quem quiser adotar um animal de estimação deverá escolher o seu companheiro no site de um centro de cuidados de animais e marcar um encontro com data, local e horário definidos. No dia, deverá levar consigo o documento do abrigo e uma autorização de saída.

Esta segunda-feira, o Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou que o confinamento no país vai durar até 11 de maio, apesar de “haver esperança” quanto ao fim da pandemia no país.

“Temos de continuar os nossos esforços e aplicar as regras. Quanto mais elas forem respeitadas, mais vidas vamos salvar. É por isso que o confinamento vai continuar até 11 de maio”, disse Macron numa comunicação ao país.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …

Promulgado diploma sobre acesso às praias (com alerta para novo regime de multas)

O "regime contraordenacional, que está previsto para o não cumprimento de um conjunto de regras que temos na área covid, também é aplicado" às regras relativas às praias. O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o …

PCP vai votar contra reforma das Forças Armadas

Os comunistas consideram tratar-se de uma "alteração significativa" da estrutura de comando, sem dar resposta "a problemas que persistem há largos anos" na instituição militar". O PCP vai votar contra as propostas do Governo para a …

Biden diz que ataque a oleoduto veio da Rússia. Mas exclui envolvimento do Kremlin

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, afirmou na quinta-feira que o ciberataque que paralisou durante vários dias a maior rede de oleodutos do país foi proveniente da Rússia, mas exclui envolvimento do Governo …

Máscaras vieram para ficar. Mas pode haver exceções

A máscara de proteção individual vai continuar a fazer parte do nosso dia-a-dia. No entanto, pode haver exceções para os já vacinados contra a covid-19. O Governo convidou os especialistas a criarem um novo plano e …

Chega quer que agentes da PSP e GNR usem câmaras de vídeo nas lapelas e nas viaturas

O deputado único do Chega entregou esta quinta-feira um projeto de resolução no Parlamento que recomenda a colocação de câmaras de vídeo nas lapelas das fardas e nas viaturas das forças de segurança, a fim …

Em dia sem registo de mortes, Portugal contabiliza 450 novos casos

Esta sexta-feira, Portugal não regista qualquer óbito. Nas últimas 24 horas, houve 450 novos casos positivos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Não morreu ninguém infetado com o novo …

Câmara de Torres Vedras deteta migrantes a viverem em armazéns e antigas pecuárias

Além de espaços sem condições de habitabilidade, como armazéns e pecuárias desativadas, a autarquia tem conhecimento de "casas alugadas a pessoas migrantes onde existe sobrelotação". A Câmara de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, levantou coimas …

Parlamento aprova "direito ao esquecimento" para quem superou doenças graves

O Parlamento aprovou esta sexta-feira, na generalidade, o projeto-lei do PS que pretende consagrar o “direito ao esquecimento” para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro. O Parlamento aprovou, na generalidade, o projeto-lei do …