Fox News, apoiante declarada de Trump, apoia rival CNN em processo legal contra o Presidente

Erik S. Lesser / EPA

A apoiante declarada de Trump Fox News vai juntar-se à ação judicial movida pela sua rival CNN contra o Presidente norte-americano, para recuperar a credenciação de um dos seus jornalistas.

A estação televisiva Fox News, apoiante declarada de Donald Trump, vai juntar-se à ação legal movida pela rival CNN contra o Presidente dos EUA, para recuperar a credenciação de um dos seus jornalistas.

Na semana passada, numa conferência de Imprensa na Casa Branca logo após serem conhecidos os resultados das eleições intercalares, o jornalista Jim Acosta da CNN tentou insistir com perguntas que o Presidente dos EUA considerou despropositadas.

A Fox News apoia a CNN na sua ação legal para recuperar a credenciação de um dos jornalistas. As credenciais dos jornalistas do Serviço Secreto para trabalhar na Casa Branca nunca deveriam ser retiradas. Apoiamos uma imprensa livre, acessível e de trocas abertas entre a sociedade americana”, escreve em comunicado a Fox News.

“Você não é boa pessoa e a CNN devia ter vergonha por tê-lo a trabalhar com eles”, disse Donald Trump, depois de ter impedido Jim Acosta de fazer mais perguntas, enquanto este se recusava a entregar o microfone, o que lhe permitia insistir nas questões ao Presidente.

No dia seguinte, a Casa Branca retirou a credenciação a Jim Acosta, acusando-o de “ter posto as mãos em cima” da estagiária da Casa Branca que entregava os microfones aos jornalistas durante a conferência de Imprensa.

Na terça-feira, a CNN moveu uma ação contra o Presidente e alguns dos seus assessores, alegando que os direitos de liberdade de expressão do jornalista e da estação televisiva foram violados.

A Fox News, muito associada a Donald Trump por elogiar o Presidente frequentemente, colocou-se, desta vez, ao lado da CNN e contra o Presidente dos EUA.

As acreditações, como a que foi retirada a Acosta, “não devem ser utilizadas como uma arma”, declarou o presidente da Fox News, Jay Wallace, numa declaração feita esta quarta-feira à France Press, indicando que a sua estação “apoia a CNN na sua busca de justiça”.

Trump diz ter “poder discricionário”

A administração Trump considera que tem “poder discricionário” para escolher os jornalistas que cobrem a Casa Branca, respondendo à ação legal da CNN.

O Governo dos EUA considera que “foi legal” a decisão de punir o jornalista da CNN pelo seu comportamento, depois de este ter insistido em colocar perguntas que Donald Trump considerou despropositadas, durante uma conferência de imprensa.

A CNN interpôs uma ação legal contra Donald Trump e alguns assessores da Casa Branca, considerando que os direitos de liberdade de expressão e de Imprensa do jornalista e da estação televisiva foram violados.

Em resposta a uma ação cautelar da CNN para restaurar o acesso de Jim Acosta, a administração Trump considera que o Presidente tem “poder discricionário para administrar o acesso à Casa Branca”, num documento enviado aos tribunais e assinado por vários responsáveis do Departamento de Justiça, incluindo o adjunto do secretário de Estado, Joseph Hunt.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …