Jornalista da CNN foi insultado por Donald Trump e expulso da Casa Branca

Erik S. Lesser / EPA

Um correspondente da CNN na Casa Branca viu, esta quarta-feira, ser-lhe negado o acesso à sede da Presidência norte-americana após ter sido insultado por Donald Trump.

Jim Acosta, correspondente da CNN na Casa Branca, marcou presença esta quarta-feira numa conferência de imprensa e, “olhos nos olhos” com Donald Trump, colocou uma questão sobre a caravana de migrantes que está a atravessar a América Central em direção aos Estados Unidos ao Presidente norte-americano.

A pergunta sobre um tema tenso, e encarado como uma arma de arremesso político durante a campanha para as eleições intercalares desta terça-feira, causou em Donald Trump um sentimento de desconforto que o fez reagir de imediato e com muita pouca simpatia.

“Acho me devias deixar liderar o país. Tu lideras a CNN, e se o fizesses bem, as audiências não estariam tão mal. A CNN devia ter vergonha de ter uma pessoa como tu a trabalhar”, disse o Presidente dos Estados Unidos, enquanto o jornalista tentava prosseguir com a pergunta.

Ao mesmo tempo, segundo o jornal Público, uma funcionária da Casa Branca tentava tirar o microfone ao jornalista, que resistiu durante alguns instantes.

O microfone acabaria por ser retirado a Acosta e entregue a outro jornalista. Com o microfone nas mãos, Peter Alexander, da NBC, defendeu o seu colega da CNN, afirmando que o ataque do Presidente foi “injusto“.

A conferência de imprensa desta quarta-feira foi marcada por vários momentos de tensão entre Donald Trump e os jornalistas. Ao final do dia, a assessora de imprensa do Presidente anunciou a retirada das credenciais de acesso à Casa Branca ao jornalista da CNN, Jim Acosta.

A assessora fez referência a um confronto físico entre Acosta e uma funcionária da Presidência que, contudo, as imagens não confirmam. “Nunca iremos tolerar que um jornalista coloque as suas mãos numa jovem mulher que estava só a tentar fazer o seu trabalho”, escreveu Sarah Sanders no Twitter.

“Este comportamento é absolutamente inaceitável”, acrescentou Sanders, que acusou ainda Acosta de não ter permitido que os seus colegas colocassem questões a Trump.

Também através da mesma rede social, o jornalista da CNN reagiu, afirmando que “isto é uma mentira“. Jim Acosta confirmou ainda que lhe foi vedado o acesso à Casa Branca.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Boa!… atitudes dignas de um ditador e que só envergonha os EUA!
    O Trump a tentar dar lições de moral a quem quer que seja é algo mesmo surreal!…
    Além de tudo o resto, as desculpas para tirarem as credenciais ao jornalista, é que são vergonhosas (e mentirosas)!

  2. Pseudo-jornalista esquerdoso e asqueroso . Tenho uma solução para ele . Por que ele não acolhe a caravana na casa dele e de seus colegas da CNN e demais veículos hospedando e bancando tudo ? Se cada um pegar uma família dará certinho .

RESPONDER

Hotel condenado a pagar 19 milhões por discriminação religiosa a funcionária despedida

Quando foi contratada pelo hotel Conrad, Marie Jean fez um acordo: não trabalharia ao domingo, para cumprir os seus compromissos religiosos na igreja Bethel Baptist. Marie Jean Pierre era uma imigrante a tentar ganhar a vida …

"Alpinista de biquiní' morre de hipotermia após queda em desfiladeiro

Famosa pelos seus passeios em biquíni pelas montanhas, Gigi Wu caiu de um desfiladeiro e morreu de hipotermia no Parque Nacional Yu Shan, em Taiwan. Gigi Wu, de 36 anos, apelidada de "alpinista de biquíni" pelos …

Crimes de Vale e Azevedo no Benfica prescreveram

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou prescritos os crimes de que o ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo estava acusado, relativos ao desvio de dinheiro dos direitos televisivos do clube, disse esta terça-feira …

Suspensão de voos em Gatwick devido aos drones custou quase 17 milhões à easyJet

A transportadora aérea easyJet informou que os custos devido à suspensão da operação em Gatwick, um dos aeroportos que serve Londres, devido à presença de drones, chegou quase aos 17 milhões de euros. Em comunicado enviado …

Passageiro alcoolizado desviou um avião na Rússia

Um avião de passageiros que voava da Sibéria para Moscovo foi desviado por um passageiro que alterou a rota prevista, obrigando-o a aterrar no Afeganistão. O homem estaria alcoolizado e já foi detido. A Associated Press, …

Santana desafia partidos a falar sobre coligações antes das legislativas

O presidente do partido Aliança, Pedro Santana Lopes, desafiou os líderes partidários a dizerem antes das eleições legislativas deste ano se querem alguma coligação pós-eleitoral e com que partidos. Uma coligação pré-eleitoral dos partidos do centro-direita …

Polícia prende cinco suspeitos da morte de Marielle

A operação Os Intocáveis, desencadeada nesta manhã em áreas controladas por milícias do Rio de Janeiro, prendeu cinco suspeitos do envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. São integrantes de uma …

Centeno não estará no próximo Governo "para não ter de gerir as consequências" das políticas adotadas

Daniel Bessa, antigo ministro da Economia de António Guterres, alerta que as contas públicas estão "por arames", considerando que Mário Centeno, que lidera a pasta das Finanças no atual Executivo socialista, não fará parte de …

Cientista que criou bebés geneticamente modificados foi despedido

O cientista chinês He Jiankui, que anunciou a criação da primeira modificação genética de bebés, foi acusado pelo Governo chinês de driblar a fiscalização e de quebrar as diretrizes em busca de fama e fortuna. Esta …

Autarca que engoliu prova começa a ser julgado (com actores chamados a tribunal)

O antigo-vice-presidente da Câmara de Portimão, Luís Carito, começa nesta terça-feira a ser julgado, depois de ter engolido uma alegada prova dos crimes relacionados com o projecto que visava tornar a cidade algarvia na "Meca …