Fotojornalista refém da Al-Qaida morto em tentativa de resgate

Freedom for Kidnapped Journalist Luke Somers / Facebook

O foto-jornalista Luke Somers, refém da Al-Qaida no Iémen

O foto-jornalista norte-americano Luke Somers, mantido refém pela rede terrorista Al-Qaida no Iémen, foi morto este sábado, durante uma operação militar que visava a sua libertação, confirmou à agência France Presse um responsável iemenita.

Os Estados Unidos e o Iémen lançaram este sábado uma operação conjunta para tentar libertar o foto-jornalista Luke Somers, sequestrado há mais de um ano, em Sanaa, a capital iemenita.

Segundo o responsável iemenita, o foto-jornalista terá sido morto pela Al-Qaida durante a operação de resgate.

Dez militantes da Al-Qaida terão também sido mortos na operação, realizada na província de Shabwa, no Sudeste do Iémen.

O responsável iemenita, que pediu o anonimato, não adiantou mais pormenores, mas já antes a imprensa americana citava Jordan Somers, irmã do foto-jornalista, segundo a qual o irmão tinha morrido.

O secretário de Estado norte-americano, Chuck Hagel, confirmou entretanto a notícia, adiantando que Luke Somers e o professor sul-africano Pierre Korkie foram executados durante a missão de resgate.

Recentemente, os Estados Unidos tinham já tentado a libertação de vários reféns, incluindo Luke Somers, retidos no Iémen pela Al-Qaida.

“Vários reféns foram libertados mas outros, incluindo Somers, não estavam no edifício alvo da operação”, explicou o porta-voz do Departamento de Defesa norte-americano, John Kirby, em comunicado.

Num vídeo, divulgado na quinta-feira, o foto-jornalista surgia a dizer o nome e idade, afirmando que tinha sido raptado em setembro de 2013 na capital iemenita e que corria perigo de vida.

Segundo o The New York Times, as forças especiais norte-americanas terão conseguido na altura libertar oito reféns.

Resgatado suíço raptado há quase três anos nas Filipinas

Um cidadão suíço raptado por militantes islâmicos no sul das Filipinas há quase três anos foi resgatado este sábado durante confrontos entre soldados e os seus raptores, informou o exército.

Lorenzo Vinciguerra fugiu dos homens do grupo armado Abu Sayyaf durante os confrontos na remota ilha de Jolo, e foi resgatado pelos soldados, disse um porta-voz do comando regional do exército à AFP.

O suíço tinha sido raptado  no final de Janeiro de 2012 por homens armados no sul do arquipélago das Filipinas, juntamente com um cidadão holandêds, Ewold Horn.

Tawi-Tawi Provincial Police

O holandês Ewold Horn, à esquerda, como suíço  Lorenzo Vinciguerra, mantidos reféns em local desconhecido nas Filipinas

O holandês Ewold Horn, à esquerda, com o suíço Lorenzo Vinciguerra, à direita, mantidos reféns em local desconhecido nas Filipinas

Ivan Sarenas, um guia filipino dos dois europeus, descritos como observadores de pássaros, também foi raptado mas conseguiu pôr-se a salvo, ao saltar de um barco dos raptores e nadar até uma ilha remota.

Criado em 1991, o Abu Sayyaf é composto por cerca de 400 rebeldes, a maioria antigos combatentes da guerra do Afeganistão contra a antiga União Soviética e tem no seu historial alguns dos mais sangrentos atentados nas Filipinas.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …

Já chegou o voo de repatriamento com 300 passageiros vindos do Brasil

O voo de repatriamento vindo do Brasil chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com cerca de 300 passageiros. De acordo com a RTP, o voo de repatriamento vindo de São Paulo, …

Costa imune ao descontrolo da pandemia. Popularidade de Marcelo dispara

A sondagem TSF/JN/DN regista uma avaliação positiva do primeiro-ministro e do Presidente da República, com este a atingir um novo pico de popularidade. Os líderes do PSD e do Chega surgem empatados como principais figuras da …

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …

Siza Vieira anuncia que Programa Apoiar vai ser reforçado e alargado

O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia da covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro da Economia, indicando que as medidas vão ser anunciadas na próxima semana. "Queremos reforçar …

Embaixadora deixa Venezuela na terça-feira. UE chama embaixador em Cuba

A embaixadora da União Europeia na Venezuela vai sair do país na terça-feira, informou à agência Lusa fonte diplomática europeia, sem adiantar mais detalhes. Na última quarta-feira, a Venezuela decidiu expulsar Isabel Brilhante Pedrosa, em retaliação …