“Turistas energéticos” acumulam contratos de luz e gás para fugir a dívidas

A Associação de Comercializadores de Energia no Mercado Liberalizado (ACEMEL) vai propor à ERSE a criação de uma lista negra de devedores que colecionam contratos de fornecimento de energia, deixando para trás um rasto de dívidas.

Chamam-se “turistas energéticos” e são clientes que trocam constantemente de fornecedor de energia, deixando um rasto de dívidas que, ao fim de seis meses, acabam por prescrever. Para acabar com este fenómeno, a Associação de Comercializadores de Energia no Mercado Liberalizado vai propor à Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos a criação de uma lista negra de devedores, que na maior parte das vezes são domésticos.

Segundo Ricardo Nunes, presidente da ACEMEL, o problema afeta mais as empresas de menor dimensão. A Luzigás, a Logica Energy e a Rolear Viva foram algumas das associadas que chamaram a atenção para este fenómeno. Mas, avisa o líder da ACEMEL ao Diário de Notícias, “estes turistas energéticos rodam todos”.

No entanto, a tarefa de criar uma lista negra não é fácil, uma vez que existem “dificuldades legais para controlar este fenómeno”. A isto acrescenta-se o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) que “torna quase impossível a criação de listas negras de devedores”. Segundo o líder da ACEMEL, a solução apresentada passa pela criação de, pelo menos, um sistema de comunicação entre empresas para troca de informação.

Ricardo Nunes alerta para uma descida artificial nas tarifas em 2018 e 2019 anunciada pela ERSE e pelo Governo, tendo em conta a tendência de aumento dos preços da energia no mercado grossista, que já atingiram recordes históricos no ano passado.

A distorção de preços, só no ano passado, ficou avaliada em 45 milhões de euros – que 1,1 milhões de clientes do mercado regulado pagaram a menos e 5,1 milhões de clientes do mercado livre pagaram a mais.

Ricardo Nunes referiu, ainda, que acredita que o próprio mercado vai fazer aumentar a concorrência entre comercializadores e, por isso, prevê também um movimento de concentração, verticalização e aquisições no mercado de energia.

“São demasiados players para os consumidores decidirem qual a melhor opção em termos de preços e ofertas. Vamos ter menos empresas, que vão estar presentes nas diferentes áreas da cadeia de valor”, acrescentou.

ZAP ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois, eu conheço é empresas como a Iberdrola, que mesmo depois de denunciado o contrato nos 14 dias iniciais, que foi obtido por vendedores burlões, continuam a enviar facturas, e ainda recorrem a empresas de cobrança de crédito, a quem nunca sequer foi sua cliente!
    Ou como a Endesa que demorou mais de 1 ano para devolver um valor inferior a 20 euros, cobrados a mais, após fecho do serviço!

RESPONDER

Cientistas criam massa que muda de formato assim que entra em contacto com a água

Da penne à fusilli: as pessoas adoram massas pelos seus formatos. Agora, uma equipa de cientistas liderada pelo Morphing Matter Lab da Carnegie Mellon University está a desenvolver massas planas que se transformam em formas …

Australiana fez uma cirurgia para remover as amígdalas (e acordou com um sotaque irlandês)

No dia 19 de abril, Angie Mcyen foi submetida a uma cirurgia para remover as amígdalas, um procedimento bastante simples que demorou apenas meia hora. Uns dias depois, acordou e apercebeu-se de que tinha um …

“Foi o crime do século“. Museu Britânico mostra o impacto do assassinato de Thomas Becket na Europa

Thomas Becket foi abatido dentro da Catedral de Cantuária por cavaleiros da comitiva do rei Henrique II. O assassinato, em 1170, causou ondas de choque em toda a Inglaterra. Agora, o religioso será recordado através …

Na Índia, ser-se rico ou pobre pode fazer a diferença no acesso à vacina

A Índia enfrenta uma grave escassez de vacinas contra a covid-19. Até ao momento, só 2,5% da população recebeu ambas as doses, enquanto 10% recebeu uma. Na Índia, as pessoas que vivem em cidades com fácil …

Ilha italiana torna-se "covid-free" e mostra-se pronta para receber turistas de todo o mundo

Numa altura em que vários países da Europa já começam a planear a abertura ao turismo de forma intensiva, há regiões que mostram já estar um passo à frente. É o caso da ilha de …

Política chinesa torna uigures reféns nas suas próprias casas

A China introduziu, em 2016, uma política de parentesco para promover a harmonia nacional e a unidade étnica, levando a que desde então mais de 1,1 milhões de funcionários do Estado ocupassem periodicamente as casas …

O palco de um dos maiores contos britânicos de sempre vai transformar-se num hostel

A Irlanda aprovou uma proposta para converter num hostel um dos pontos de referência de James Joyce mais icónicos de Dublin. O irlandês James Joyce é um dos maiores escritores da literatura britânica, sendo autor de …

Liz Cheney é a cara da oposição ao "trumpismo" no Partido Republicano

Esta quarta-feira, e depois de ter criticado o antigo Presidente dos Estados Unidos, a congressista Liz Cheney foi afastada de um cargo de liderança no Partido Republicano. Na noite desta terça-feira, e pouco antes de …

SC Braga punido com dois jogos à porta fechada por falta de habilitações de Custódio

O Sporting de Braga foi punido com dois jogos de interdição do seu estádio, após queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), devido à falta de habilitações de Custódio, anunciou o Conselho de …

Marinha dos EUA faz apreensão de armas ilícitas no Mar da Arábia

A Marinha dos Estados Unidos apreendeu um carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia, anunciou a Quinta Frota da Marinha americana. A apreensão do arsenal foi feita pelo navio USS Monterey na passada quinta-feira, dia …