Forças egípcias matam 12 turistas por engano

oxfamnovib / Flickr

Militar das forças anti-motim do Egipto

As forças de segurança egípcias mataram “por engano”, pelo menos, doze turistas de nacionalidade mexicana e egípcia e feriram outras dez pessoas, aos confundirem os veículos em que viajavam com os de terroristas, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior.

O incidente ocorreu no domingo, quando as forças de segurança egípcias alvejaram, por engano, os carros nos quais se encontravam os turistas, numa área próxima ao oásis de Bahariya, avança a BBC.

Em comunicado emitido pouco depois da meia-noite, o Ministério do Interior do Egito sustenta que uma patrulha conjunta da polícia e do exército estava a perseguir “elementos terroristas” na região do deserto ocidental, cujo acesso está proibido.

“As forças conjuntas da polícia e do Exército, que perseguiam terroristas no deserto ocidental, abriram fogo por engano contra quatro ‘pickups’ que transportavam turistas mexicanos”, informou o ministério em nota.

O engano resultou na morte de dez turistas e dois guias, entre eles pelo menos dois turistas mexicanos, e dez feridos. O ministério das Relações Exteriores do país ainda não confirmou as identidades de todas as vítimas.

O presidente do México, Enrique Pena Nieto, já reagiu ao incidente e exigiu uma investigação rigorosa. Já o embaixador mexicano no Cairo, Jorge Alvarez Fuentes, visitou os turistas mexicanos feridos que se encontram ainda no hospital.

Segundo a porta-voz do Ministério do Interior, Rasha al Azizi, a empresa de turismo responsável pelos passeios não informou as autoridades que viajaria para aquela região. Para além disso, acrescentou que o grupo se encontrava numa zona de acesso proibido e que a empresa não tinha autorização para operar na região.

“Foi constituído um grupo de trabalho para apurar as causas e as circunstâncias do incidente, assim como a razão para a presença de um grupo de turistas numa região de acesso proibido”, diz o comunicado.

Porém, uma fonte ouvida pela BBC disse que a empresa não apenas tinha obtido permissão das autoridades como ainda contava com uma escolta policial.

O Deserto Ocidental é um destino famoso para turistas que visitam o Egito mas é também um dos principais esconderijos de muitos militantes islâmicos, entre eles a fação do Estado Islâmico que decapitou, em agosto passado, o croata Tomislav Salopek.

Nos últimos meses, o Egito tem sido alvo de uma série de incidentes levados a cabo por extremistas, em especial na região do Sinai.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …