FMI quer alívio da dívida da Grécia – de uma maneira ou outra

International Monetary Fund / Flickr

Christine Lagarde, diretora-geral do FMI

Christine Lagarde, diretora-geral do FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, confessou esta quarta-feira que tem “esperança” de que os países da zona euro aliviem a dívida da Grécia, “de uma maneira ou de outra”, como a sua instituição reclama.

“Tenho alguma esperança porque nas últimas horas tem havido um movimento favorável a uma reestruturação da dívida”, declarou Christine Lagarde, segundo um extrato de uma entrevista que deu à televisão CNN International.

Num documento publicado na terça-feira, o FMI considerou a dívida grega “totalmente inviável” e assegurou que só poderia continuar a participar na assistência financeira à Grécia se os europeus tomassem vastas e profundas medidas de alívio.

O pré-acordo concluído na segunda-feira entre a Grécia e os seus credores sobre um possível plano de assistência de 86 mil milhões de euros limitou-se a indicar que poderiam ser tomadas “medidas adicionais” sobre a dívida.

“O que lhes temos dito aos europeus é que seja qual for a forma é preciso encontrar uma forma de aliviar o fardo e permitir ao país demonstrar que a sua dívida pode regressar a uma trajetória viável”, desenvolveu Lagarde.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, reforçou hoje esta abordagem, ao declarar que a dívida grega deveria ser “aliviada”, por exemplo através do reescalonamento dos reembolsos ou da criação de períodos de carência nestes.

Um dos cenários admitidos pelo FMI no seu relatório contempla o perdão puro e simples de parte da dívida grega, hipótese categoricamente recusada designadamente pela Alemanha.

No documento divulgado pelo FMI na terça-feira considera-se que a dívida pública grega se tornou “altamente insustentável“, que pode chegar a um pico de 200% do produto interno bruto “nos próximos dois anos”, e que só poderá ser paga “através de medidas de alívio da dívida que vão muito além do que a Europa esteve disposta a fazer até agora”.

Entre as medidas propostas pelo FMI está a extensão das maturidades, com um período de graça de pelo menos 30 anos, um haircut um corte direto na dívida – ou transferências anuais explícitas para o orçamento grego.

O mesmo documento admitia ainda que a Grécia tinha novas necessidades de financiamento, que podiam significar 50 mil milhões de euros entre outubro de 2015 até ao final de 2018, requerendo “novo dinheiro europeu” de pelo menos 36 mil milhões de euros durante três anos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …