Fisco suspeita da Ryanair e obriga a corrigir contas em Portugal

O Fisco esteve a inspecionar a sucursal a companhia aérea Ryanair em Portugal e encontrou diversos problemas na contabilidade da empresa.

Em causa estão, por exemplo, deduções de IVA indevidas, dúvidas sobre gastos relacionados com voos domésticos, falta de documentos de suporte das vendas de bilhetes e de produtos a bordo dos voos, irregularidade da comunicação do e-fatura e incoerências nos valores indicados nas declarações fiscais, de acordo com o jornal Público. O Fisco quer agora obrigar a companhia aérea irlandesa a corrigir as contas desses anos.

A administração tributária analisou todas as contas entre 2014 e 2016 e notou que a sucursal portuguesa da Ryanair não tinha documentos de suporte válidos para justificar os gastos imputados pela casa-mãe irlandesa à sucursal sediada em Lisboa.

Entre os números que causaram mais divergências estão os 2,8 milhões de euros que a Ryanair havia declarado de prejuízo em 2014, mas o Fisco corrigiu para 2,9 milhões de euros.

Em 2015, a companhia aérea tinha declarado prejuízos na ordem dos 8,5 milhões, mas a AT corrigiu para os 9,1 milhões de euros. Em 2016, a Ryanair havia declarado prejuízos de 6,2 milhões de euros, mas a correção do Fisco fixou a verba nos 7,1 milhões de euros.

No total, foram feitas correções de 19 milhões de euros, face aos 17,6 milhões de euros de prejuízo que a companhia aérea havia declarado nos anos em análise. A Ryanair justificou este valor com base em argumentos que as Finanças consideraram genéricos.

Num tribunal arbitral está a contestação da Ryanair contra a obrigação imposta pela Autoridade Tributária e Aduaneira para o pagamento do IVA das raspadinhas vendidas a bordo. A companhia aérea argumenta que a venda dos jogos de lotaria instantânea é uma prestação de serviço assegurada pela sede na Irlanda, e não pela sucursal em Portugal. O processo de litígio está agora no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD).

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A ryanair já devia ter sido encerrada no país e apertada até pagar o que deve. Enquanto o fisco esmaga a maioria dos mortais no país, empresas que lucram por dia milhões não pagam impostos ou quando pagam é um valor rídiculo para a envergadura da empresa. Hoje o estado trabalha não para a sua população mas sim para as multinacionais, certo?

RESPONDER

Micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas

Os micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas, algo semelhante ao que tentamos fazer através do projeto SETI desde 1959. Estaremos sozinhos no Universo? O famoso programa SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) tem tentado …

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …

McDonald's e Casa Branca unem-se para sensibilizar população a ser vacinada

Numa parceria com a Casa Branca, a cadeia de fast food norte-americana também está a dar o seu contributo para sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19. A ideia é promover informações relevantes sobre …

Voo "para lado nenhum" esgota em tempo recorde. Bastaram 2,5 minutos

A companhia aérea australiana Qantas vendeu os bilhetes para o próximo "voo para lugar nenhum" em tempo recorde: 2,5 minutos. A Qantas está a promover um novo "voo para lugar nenhum" que dará aos famintos por …

Todos queriam "O Senhor dos Anéis". Mas cinemas chineses foram obrigados a exibir filmes de propaganda

Pequim ordenou que os cinemas chineses divulgassem propaganda em homenagem ao Partido Comunista. Os cinéfilos do país, que clamam pelos filmes de Hollywood, revoltaram-se. A 1 de abril, no dia em que entrou em vigor um …

Presidente da República condecorou Jorge Coelho a título póstumo

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou, a título póstumo, o antigo ministro e dirigente socialista Jorge Coelho com a grã-cruz da Ordem do Infante D. Henrique. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta quinta-feira, …