Fisco penhorou alimentos doados para ajudar carenciados do Porto

CentroApoioSemAbrigo / Facebook

-

A presidente da associação de apoio social do Porto O Coração da Cidade garantiu que não irá pagar a dívida às Finanças que levou à penhora dos bens alimentares já distribuídos a centenas de famílias carenciadas da cidade.

Lasalete Piedade Santos, fundadora da instituição com quase 20 anos, contou à Lusa que a notificação da penhora chegou à instituição na passada semana, quando entraram no sistema guias de transporte de alimentos doados “solidariamente” por hipermercados e que são “logo distribuídos pelas famílias”.

“Isto demonstra a deficiência do sistema”, criticou a responsável segundo a qual a instituição “não pode pagar” aquela quantia e irá “continuar a trabalhar” como até agora.

A dívida em causa, de cerca de quatro mil euros, diz respeito a coimas e custas processuais decorrentes da falta de pagamento de portagens nas antigas SCUT, que a responsável diz ser “uma fraude e uma loucura”, assinalando ter feito e cumprido um plano de pagamento de dois mil euros relativos às portagens.

“Não pago. Se me quiserem levar a tribunal, eu vou. Mas antes de mim têm de se juntar os criminosos que puseram o país nesta situação”, disse à Lusa a fundadora da instituição.

Diariamente, O Coração da Cidade distribui 2.500 quilos de alimentos por 457 famílias, ou seja, “entre 2.200 e 2.300 pessoas”, sendo uma IPSS com ajuda “apenas da sociedade civil” e que “não recebe um cêntimo de apoio do estado”.

Fisco levanta penhora de alimentos doados a associação

Depois da divulgação da notícia, o Ministério das Finanças veio esclarecer que o serviço do Porto determinou o levantamento da penhora de bens alimentares feita à associação de apoio social O Coração da Cidade por dívidas relativas a portagens de ex-SCUT.

“De acordo com a informação prestada pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), o Serviço de Finanças do Porto determinou hoje o levantamento da referida penhora realizada nos termos da lei”, informou a tutela à agência Lusa.

O ministério explica que o levantamento da penhora foi feito pelo serviço “após ter confirmado com a respetiva Associação que a mercadoria em causa se destina à realização do fim de utilidade pública que aquela entidade prossegue”

“Esta decisão do Serviço de Finanças do Porto já foi comunicada à Associação”, indica o ministério.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Negar a alimentação a quem mais precisa é crime e um acto de matar.
    Vergonha!!! Este POVO não merece ter o desgoverno que tem. Este governo não tem consciência nenhuma e quem executa as penhoras não tem respeito para com o seu semelhante. Pode ser que um dia lhes aconteça o mesmo. Eu gostava!!!

  2. nao ha muito para dizer desta pouca vergonha a que se chega ja não basta quando estão a porta dos supermercados a pedir e que damos e o miserável asqueroso governo cobra o imposto enfim queima-los vivos seri pouco mas de mal o menos acabou em bem esse escrupuloso funcionário sabendo de quem se tratava dei andamento a coima se metesse mas o focinho num balde de merda ou estava a espera de algo em reembolso! são mesmo uns super miseráveis abençoado sra que faz uma boa obra ja que a miseria do governo e so para encher o cu a bandidos corruptos

  3. Em se aproximando a data das eleições vale tudo; não será que este zeloso funcionário esteja a misturar política com trabalho e é tão zeloso que quanto mais axincalhar o M. das Finanças e o Governo melhor. É mais que evidente que uma penhora destas só tinha um único objectivo; saltar para os noticiários e para os menos atentos é mais uma pedrada no charco da governação. Será que ainda ninguém, com responsabilidade no fisco, se lembrou de ver quantos processos de execução fiscal este Sr. Zeloso terá pendentes na sua secretária e eventualmente quantos já terá deixado prescrever. Era bom que se soubesse tudo isso.

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …

Governo garante que julho foi o mês com mais testes à covid-19

O mês de julho registou o maior número de testes à covid-19, totalizando 431.178 rastreios e uma média diária de 13.909, revelou, esta quarta-feira, a secretária de Estado da Saúde. Na conferência de imprensa para fazer …

Imprensa chinesa acusa EUA de "abuso de poder" para roubar TikTok

Um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC) acusou esta quarta-feira os Estados Unidos (EUA) de "abusarem do seu poder" para "roubarem" o TikTok, ao forçarem a venda da aplicação de vídeos detida pela empresa …

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …

António Mexia investe 25 mil euros no aumento de capital da EDP

O presidente do Conselho de Administração Executivo da EDP, que se encontra com funções suspensas, subscreveu 7738 ações, num investimento de 24.535 euros, no aumento de capital de mais de mil milhões de euros do …

Liga quer adeptos nas bancadas em setembro. Governo não se compromete

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta quarta-feira, que o organismo está a trabalhar para que a época 2020/21 comece com público nas bancadas. Na conferência "Futebol Profissional e Economia Pós COVID-19", …

ONU teme "catástrofe geracional" e pede medidas para reabertura das escolas

A Organização das Nações Unidas (ONU) pediu na terça-feira a todos países para que seja dada prioridade à reabertura das escolas sempre que haja controlo da transmissão local dos contágios de covid-19, alertando que o …