Síria anuncia fim do Estado Islâmico no país

Zouhir Al Shimale / EPA

As Forças Democráticas Sírias anunciaram este sábado que o “califado” do grupo extremista Daesh, o auto-proclamado Estado Islâmico (EI), foi totalmente eliminado, depois de combates em Bagouz, o último reduto jihadista na Síria.

“As Forças Democráticas da Síria (SDF) declaram a total eliminação do autoproclamado califado e a derrota territorial de 100% do Estado Islâmico”, declarou um porta-voz do SDF, Mustefa Bali, em comunicado.

“Bagouz é livre e a vitória militar contra o Daesh foi alcançada“, acrescentou. O SDF sublinhou ainda que vai continuar a combater o que resta do grupo extremista até que este seja completamente erradicado.

Combatentes curdos e árabes das Forças Democráticas Sírias (FDS), apoiadas pela coligação internacional liderada pelos EUA, estavam há várias semanas a combater os jihadistas no que consideravam ser o seu último reduto: a cidade de Bagouz, no interior da Síria.

Os Estados Unidos dirigem a coligação internacional que integra mais de 70 países, com o apoio do Conselho de Segurança da ONU, para combater o terrorismo na Síria e no Iraque. Embora já não controle territórios, os Estados Unidos calculam que o grupo extremista ainda tem até 20 mil militantes na Síria e no Iraque.

“Cremos que existem entre 15 mil e 20 mil seguidores do EI, seguidores armados ativos, embora muitos integrem células adormecidas na Síria e no Iraque”, indicou, na semana passada, o enviado especial dos Estados Unidos para a Síria, James Jeffrey.

As FDS – uma aliança militar liderada por milícias curdas e apoiadas por uma coligação internacional liderada pelos EUA – já terão realocado todas as mulheres e crianças que se encontravam em três campos nas províncias vizinhas da zona do ataque agora iniciado contra o movimento jihadista.

Desde o início de dezembro, mais de 50 mil pessoas deixaram a zona adjacente ao reduto do Estado Islâmico, segundo o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Depois de, em 2014, ter conquistado todo o território da Síria e do Iraque, e de se ter autoproclamado um “califado”, o Estado Islâmico impôs-se na região, até ter começado a ser dizimado, nos últimos dois anos, pela coligação internacional e pelas milícias curdas. A guerra na Síria iniciou-se em 2015, tendo já feito mais de 360 mil mortos e levando vários milhões de pessoas a sair da Síria.

Em dezembro, o Presidente dos Estados Unidos anunciou que iria retirar os cerca de dois mil soldados americanos da Síria, a combater na aliança das FDS, alegando que o combate contra os jihadistas estava praticamente terminado e o Estado Islâmico dizimado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Agora vão ser recebidos nesta Europa solidária e mais tarde vão-nos tratar da saúde, enquanto nós formos passivos e deixarmos os nossos políticos fazerem de nós o que bem entenderem será assim o nosso destino!.

RESPONDER

A Terra em 4K. Empresa vai transmitir vídeos do Espaço em tempo real

A empresa Momentus assinou um novo contrato que fornecerá transporte e implementação no Espaço para a Sen, uma empresa britânica que está atualmente a construir um serviço de streaming de vídeo 4k e em tempo …

Hertz abre falência nos Estados Unidos, mas sobrevive em Portugal

O presidente executivo da Hertz Portugal afirmou esta quarta-feira que, apesar do inevitável “dano reputacional”, a falência da empresa nos EUA não afeta a sua atividade no país, onde opera de forma “independente” em regime …

Sintomas da doença de Lyme podem ser perigosamente confundidos com covid-19

Alguns dos sintomas característicos da doença de Lyme podem ser confundidos com covid-19. Isto pode trazer sérias consequências devido ao diagnóstico tardio da doença. Quando doenças semelhantes a uma gripe se desenvolvem em pessoas que passam …

Revelada a lotação máxima de várias praias portuguesas

Em contexto de pandemia de covid-19, o número de banhistas que pode entrar numa determinada praia será controlado. Foi revelada a lotação máxima das praias para as regiões do Algarve (Barlavento e Sotavento) e de …

Café na Coreia do Sul contrata um robô-barista para evitar a propagação da covid-19

O café Daejon, na Coreia do Sul, "contratou" um barista-robô para servir bebidas aos seus clientes, tentando evitar assim a propagação da pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo …

Incêndios: PSD aponta falta de meios aéreos e avisa que covid-19 não justifica atrasos

O PSD apontou hoje falta de meios aéreos de combate a incêndios no terreno e acusou o Governo de ter ficado "aquém" nas reformas e mudanças na floresta, avisando que a pandemia de covid-19 não …

Lançamento da SpaceX adiado devido ao mau tempo

O lançamento da SpaceX, que estava previsto para hoje, foi adiado devido às condições meteorológicas. Haverá uma nova tentativa no sábado, às 20h22 de Lisboa. O esperado era que a SpaceX lançasse esta quarta-feira dois astronautas …

"Não consigo respirar". Protestos nos EUA pela morte de homem negro às mãos da polícia

Milhares de pessoas protestaram, esta terça-feira à noite, em Minneapolis, cidade no estado norte-americano do Minnesota, contra a morte de George Floyd, um homem negro que acabou por falecer depois de um episódio com a …

Um em cada três americanos não acredita que o azeite vem das azeitonas

Um terço dos norte-americanos entrevistados numa sondagem disse não acreditar ou não ter certeza de que o azeite vem das azeitonas. O produto alimentar é usado por menos de metade das famílias do país. Uma sondagem …

A pandemia separou casais de namorados. Dinamarca abre fronteiras a quem prove estar numa relação

Esta segunda-feira, a Dinamarca diminuiu o controlo na fronteira com outros países nórdicos e com a Alemanha para que casais transfronteiriços, separados pela pandemia, se reencontrem. A partir desta segunda-feira, os casais separados pela pandemia podem …