Síria anuncia fim do Estado Islâmico no país

Zouhir Al Shimale / EPA

As Forças Democráticas Sírias anunciaram este sábado que o “califado” do grupo extremista Daesh, o auto-proclamado Estado Islâmico (EI), foi totalmente eliminado, depois de combates em Bagouz, o último reduto jihadista na Síria.

“As Forças Democráticas da Síria (SDF) declaram a total eliminação do autoproclamado califado e a derrota territorial de 100% do Estado Islâmico”, declarou um porta-voz do SDF, Mustefa Bali, em comunicado.

“Bagouz é livre e a vitória militar contra o Daesh foi alcançada“, acrescentou. O SDF sublinhou ainda que vai continuar a combater o que resta do grupo extremista até que este seja completamente erradicado.

Combatentes curdos e árabes das Forças Democráticas Sírias (FDS), apoiadas pela coligação internacional liderada pelos EUA, estavam há várias semanas a combater os jihadistas no que consideravam ser o seu último reduto: a cidade de Bagouz, no interior da Síria.

Os Estados Unidos dirigem a coligação internacional que integra mais de 70 países, com o apoio do Conselho de Segurança da ONU, para combater o terrorismo na Síria e no Iraque. Embora já não controle territórios, os Estados Unidos calculam que o grupo extremista ainda tem até 20 mil militantes na Síria e no Iraque.

“Cremos que existem entre 15 mil e 20 mil seguidores do EI, seguidores armados ativos, embora muitos integrem células adormecidas na Síria e no Iraque”, indicou, na semana passada, o enviado especial dos Estados Unidos para a Síria, James Jeffrey.

As FDS – uma aliança militar liderada por milícias curdas e apoiadas por uma coligação internacional liderada pelos EUA – já terão realocado todas as mulheres e crianças que se encontravam em três campos nas províncias vizinhas da zona do ataque agora iniciado contra o movimento jihadista.

Desde o início de dezembro, mais de 50 mil pessoas deixaram a zona adjacente ao reduto do Estado Islâmico, segundo o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Depois de, em 2014, ter conquistado todo o território da Síria e do Iraque, e de se ter autoproclamado um “califado”, o Estado Islâmico impôs-se na região, até ter começado a ser dizimado, nos últimos dois anos, pela coligação internacional e pelas milícias curdas. A guerra na Síria iniciou-se em 2015, tendo já feito mais de 360 mil mortos e levando vários milhões de pessoas a sair da Síria.

Em dezembro, o Presidente dos Estados Unidos anunciou que iria retirar os cerca de dois mil soldados americanos da Síria, a combater na aliança das FDS, alegando que o combate contra os jihadistas estava praticamente terminado e o Estado Islâmico dizimado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Agora vão ser recebidos nesta Europa solidária e mais tarde vão-nos tratar da saúde, enquanto nós formos passivos e deixarmos os nossos políticos fazerem de nós o que bem entenderem será assim o nosso destino!.

RESPONDER

Os humanos podem descender de marcianos antigos, diz Bill Nye

Bill Nye defendeu recentemente que é importante continuar a financiar a agência espacial norte-americana, especialmente se as missões levadas a cabo pela NASA no futuro ajudarem a responder a uma questão há anos tira o …

Londres dá o nome de Freddie Mercury a uma rua

Londres rebatizou uma das suas ruas em honra do vocalista dos Queen, Freddie Mercury. A rua em causa fica perto da primeira morada do artista na capital inglesa. Uma rua nos subúrbios de Londres, onde o …

Gil Vicente 0-1 Benfica | Vlachodimos segura liderança

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS e recuperou a liderança na tabela classificativa. Na visita ao Gil Vicente, os “encarnados” ganharam por 1-0, num jogo que foi tudo menos fácil para os campeões nacionais. O …

Exército norte-americano está a desenvolver tecidos que neutralizam agentes nervosos

A roupa das tropas norte-americanas poderá, no futuro, combater alguns dos agentes nervosos mais perigosos do mundo. Uma equipa de químicos da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, está a desenvolver um tecido capaz de neutralizar …

Mona Lisa de cubos mágicos vendida em leilão por 480 mil euros

"Rubik Mona Lisa", uma Mona Lisa feita com quase 300 cubos mágicos, foi vendida em leilão, este domingo, por 480.200 euros. A obra é da autoria do artista francês Invader. A obra de arte, que se …

Cientistas utilizam IA para criar antibiótico que mata até as bactérias mais resistentes

Investigadores norte-americanos utilizaram mecanismos de inteligência artificial para criar um poderoso, capaz de matar algumas das bactérias resistentes mais perigosas do mundo. Segundo informou o Guardian, este fármaco atua de maneira diferente dos antibacterianos existentes, tendo …

Mulheres que assinaram acordos de sigilo vão poder falar sobre comportamento de Bloomberg, garantiu o empresário

Após uma extensa repercussão sobre os acordos de confidencialidade da sua empresa, que impedem as funcionárias de falar sobre as alegações de assédio no local de trabalho, Michael Bloomberg tentou inverter o curso da polémica. "A …

Nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado

O nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado na próxima sexta-feira. PSD e BE mostram-se contra a sua nomeação. Os deputados do PSD “não estão confortáveis” com a proposta do PS …

Amazon está a remover produtos que promovem a cura contra o coronavírus

A Amazon está a retirar os produtos que alegam "matar" o coronavírus e a avisar os utilizadores da desinformação em torno deste tema. Há empresas e vendedores a aproveitarem-se do mediatismo do coronavírus e a promover …

Autoridades revelam que atropelamento em desfile de Carnaval foi intencional

O atropelamento de pelo menos 15 pessoas num desfile de carnaval hoje em Volkmarsen, no centro da Alemanha, foi intencional, segundo a polícia, que não confirmou a hipótese de atentado. Henning Hinn, da diretoria de polícia …