Foi feita uma autópsia ao “icebergue de gordura” de Inglaterra (e já há resultados)

South West Water

Nas profundezas dos esgotos de uma cidade costeira inglesa, foi encontrada uma fera terrível: um “fatberg” (ou “icebergue de gordura”) de 64 metros de comprimento feito de óleo de cozinha congelado, lenços humedecidos, fraldas e toalhas sanitárias.

O fatberg foi descoberto pela South West Water, pouco antes do Natal do ano passado, nos esgotos abaixo de Sidmouth, em Devon, sudoeste da Inglaterra. Agora, cientistas da Universidade de Exeter, no Reino Unido, concluíram a exaustiva autópsia do seu conteúdo.

Embora não seja uma tarefa agradável, a autópsia forneceu notícias surpreendentemente positivas: o fatberg continha muito pouca evidência de poluição microplástica, níveis relativamente baixos de patógenos e apenas pequenos traços de produtos farmacêuticos ou pesticidas.

“Estávamos preocupados que o fatberg pudesse concentrar substâncias químicas solúveis em gordura, como as encontradas em contracetivos, que contenham grânulos microplásticos agora banidos de cosméticos e seja rico em micróbios potencialmente patogénicos, mas não encontramos nenhum vestígio desses possíveis perigos”, disse John Love, líder do projeto e especialista em biologia sintética da Universidade de Exeter, em comunicado.

Os investigadores descobriram, no entanto, que, ao “icebergue”, estavam atados a todos os tipos de objetos estranhos, incluindo um par de dentes postiços, pedaços de osso e ramos.

“Ficamos surpreendidos ao descobrir que o fatberg de Sidmouth era simplesmente um pedaço de gordura agregado a lenços humedecidos, toalhas sanitárias e outros produtos domésticos que deveriam ser colocados no lixo e não na sanita. As microfibras que encontramos provavelmente vieram de papel higiénico e roupas e as bactérias eram aquelas que normalmente associaríamos a um esgoto”, disse Love.

A investigação sugere que não havia uma fonte clara responsável pelo fatberg nem um negócio, bairro ou população demográfica específica de pessoas para culpar. No entanto, a história do Sidmouth Fatberg deve servir às pessoas como um lembrete do que não deve ser descartado pela sanita.

“Por favor, apenas deite urina, papel e fezes na sanita e deite a gordura, óleo e graxa no lio, não na pia”, disse Andrew Roantree, diretor de águas residuais da South West Water. O aviso é especialmente verdadeiro para lenços humedecidos – incluindo aqueles que alegam ser laváveis ​​-, uma vez que contribuem para mais de 90% dos bloqueios de esgoto no Reino Unido.

Há uma história semelhante de um icebergue de gordura descoberto nos esgotos de Whitechapel, a leste de Londres, em 2017. Esse farberg recorde media mais de 250 metros de comprimento e pesava 130 toneladas.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Operação Rota do Cabo leva à detenção de 22 pessoas

A Procuradoria-geral Distrital de Lisboa (PGDL) anunciou hoje a detenção de 22 pessoas no âmbito a operação Rota do Cabo, efetuada para desmantelar uma alegada rede criminosa de auxílio à imigração ilegal. Em comunicado, a PGDL …

Garcia de Orta. Governo admite recorrer a pediatras do privado para assegurar urgência

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, disse que a falta de médicos pediatras nas urgências do hospital Garcia de Orta “é uma situação que não é possível resolver de um …

Cientistas descobrem um novo benefício de tomar chá

https://vimeo.com/366605754 Se já se sabia que beber chá era bom para a nossa saúde, uma nova investigação vem confirmar ainda mais essa ideia. Cientistas encontraram no chá um novo benefício para o nosso cérebro. Várias investigações apontam …

Governo da Escócia quer novo referendo sobre independência em 2020

A ministra principal da Escócia e líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Nicola Sturgeon, afirmou esta terça-feira que quer um novo referendo sobre a independência em 2020 e abrir negociações com Londres até ao fim …

As bactérias contradizem Darwin: a mais apta não sobrevive

Uma recente investigação levada a cabo pela Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, revela que, no que diz respeito às bactérias, a "sobrevivência das mais cooperativas" excede a "sobrevivência das mais fortes". As bactérias são capazes de …

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …