Foi feita uma autópsia ao “icebergue de gordura” de Inglaterra (e já há resultados)

South West Water

Nas profundezas dos esgotos de uma cidade costeira inglesa, foi encontrada uma fera terrível: um “fatberg” (ou “icebergue de gordura”) de 64 metros de comprimento feito de óleo de cozinha congelado, lenços humedecidos, fraldas e toalhas sanitárias.

O fatberg foi descoberto pela South West Water, pouco antes do Natal do ano passado, nos esgotos abaixo de Sidmouth, em Devon, sudoeste da Inglaterra. Agora, cientistas da Universidade de Exeter, no Reino Unido, concluíram a exaustiva autópsia do seu conteúdo.

Embora não seja uma tarefa agradável, a autópsia forneceu notícias surpreendentemente positivas: o fatberg continha muito pouca evidência de poluição microplástica, níveis relativamente baixos de patógenos e apenas pequenos traços de produtos farmacêuticos ou pesticidas.

“Estávamos preocupados que o fatberg pudesse concentrar substâncias químicas solúveis em gordura, como as encontradas em contracetivos, que contenham grânulos microplásticos agora banidos de cosméticos e seja rico em micróbios potencialmente patogénicos, mas não encontramos nenhum vestígio desses possíveis perigos”, disse John Love, líder do projeto e especialista em biologia sintética da Universidade de Exeter, em comunicado.

Os investigadores descobriram, no entanto, que, ao “icebergue”, estavam atados a todos os tipos de objetos estranhos, incluindo um par de dentes postiços, pedaços de osso e ramos.

“Ficamos surpreendidos ao descobrir que o fatberg de Sidmouth era simplesmente um pedaço de gordura agregado a lenços humedecidos, toalhas sanitárias e outros produtos domésticos que deveriam ser colocados no lixo e não na sanita. As microfibras que encontramos provavelmente vieram de papel higiénico e roupas e as bactérias eram aquelas que normalmente associaríamos a um esgoto”, disse Love.

A investigação sugere que não havia uma fonte clara responsável pelo fatberg nem um negócio, bairro ou população demográfica específica de pessoas para culpar. No entanto, a história do Sidmouth Fatberg deve servir às pessoas como um lembrete do que não deve ser descartado pela sanita.

“Por favor, apenas deite urina, papel e fezes na sanita e deite a gordura, óleo e graxa no lio, não na pia”, disse Andrew Roantree, diretor de águas residuais da South West Water. O aviso é especialmente verdadeiro para lenços humedecidos – incluindo aqueles que alegam ser laváveis ​​-, uma vez que contribuem para mais de 90% dos bloqueios de esgoto no Reino Unido.

Há uma história semelhante de um icebergue de gordura descoberto nos esgotos de Whitechapel, a leste de Londres, em 2017. Esse farberg recorde media mais de 250 metros de comprimento e pesava 130 toneladas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …

McDonald's e Casa Branca unem-se para sensibilizar população a ser vacinada

Numa parceria com a Casa Branca, a cadeia de fast food norte-americana também está a dar o seu contributo para sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19. A ideia é promover informações relevantes sobre …

Voo "para lado nenhum" esgota em tempo recorde. Bastaram 2,5 minutos

A companhia aérea australiana Qantas vendeu os bilhetes para o próximo "voo para lugar nenhum" em tempo recorde: 2,5 minutos. A Qantas está a promover um novo "voo para lugar nenhum" que dará aos famintos por …

Todos queriam "O Senhor dos Anéis". Mas cinemas chineses foram obrigados a exibir filmes de propaganda

Pequim ordenou que os cinemas chineses divulgassem propaganda em homenagem ao Partido Comunista. Os cinéfilos do país, que clamam pelos filmes de Hollywood, revoltaram-se. A 1 de abril, no dia em que entrou em vigor um …

Presidente da República condecorou Jorge Coelho a título póstumo

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou, a título póstumo, o antigo ministro e dirigente socialista Jorge Coelho com a grã-cruz da Ordem do Infante D. Henrique. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta quinta-feira, …

Comer caladas, autocarro sem parque, pavilhão sujo: assim foi uma final europeia

Episódios quase inacreditáveis rodearam a final feminina da Taça EHF. O diretor da equipa vencedora conta tudo o que aconteceu (e há muito para contar). O Rincón Fertilidad Málaga conquistou a Taça EHF feminina desta época. …