Foi encontrado um “icebergue de gordura” nos esgotos de Londres

(dr) Thames Water / SWNS.com

Um gigantesco bloco de gordura, que pesa cerca de 130 toneladas e tem 250 metros de comprimento, foi encontrado a bloquear um esgoto no leste da capital britânica. Vão ser precisas três semanas para fazer desaparecer este “icebergue”.

De acordo com o Telegraph, este “icebergue de gordura” é resultado das várias coisas deitadas pelas sanitas e lava-louças dos moradores londrinos: toalhetes, fraldas, preservativos e óleo usado foram alguns dos exemplos encontrados.

O grande bloco de gordura pesa cerca de 130 toneladas e tem 250 metros de comprimento o que, na perspetiva do jornal britânico, representa aproximadamente o comprimento de dois estádios de futebol.

A Thames Water, responsável pelo sistema de esgotos da capital britânica, afirma que vão ser precisas três semanas para removê-lo por completo.

“É um completo monstro e vai ser necessária muita mão-de-obra e maquinaria para a remover porque é dura. Basicamente é como tentar partir cimento”, explica Matt Rimmer, responsável pelo departamento de rede de resíduos, ao jornal.

“É frustrante porque estas situações são totalmente evitáveis e provocadas pela gordura, óleo e banha que são deitados nos lavatórios e pelos toalhetes deitados pelas sanitas”, continuou Rimmer.

Segundo o jornal, esta não é a primeira vez que um “icebergue” deste tipo é encontrado nos esgotos londrinos. A última vez aconteceu em 2013, em Kingston-upon-Thames.

O novo bloco de gordura vai ser “atacado” por oito funcionários, que vão usar mangueiras de alta pressão para partir a massa, sendo que esta vai ser depois aspirada. Os resíduos serão depois enviados para um local de reciclagem em Stratford.

Rimmer disse que só foi preciso encerrar parques de estacionamento para conseguir aceder aos esgotos mas, noutras ocasiões, já foi preciso “fechar estradas inteiras” para limpar, o que claramente “perturba a cidade”.

O jornal escreve que a empresa gasta cerca de um milhão de libras por mês a limpar os bloqueios nos esgotos, tudo provocado por este tipo de resíduos.

 

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Tanta tecnologia, e ainda ninguém se lembrou de fazer sanitas, que levassem um filtro, onde só passariam os dejectos, todo o resto ficara barrado…
    Assim se educavam à força as porcas das pessoas…Simples.. e não custa 1 milhão por mês

    • Vamos fazer contas, existem pelo menos 2 milhões de casas ou apartamentos em londres, vamos fazer uma média de três casas de banho por cada. São 6 milhões, sem contar com casas de banho públicas e em locais de trabalho. Se tal aparelho custar 10 euros já com instalaçnao, são 60 milhões. São cinco anos de limpeza.

      Agora temos que tornar o aparelho obrigatório, o mais certo era haver revolta, quer o custo fosse imputado aos donos das casas ou ao público (no fim sai tudo do mesmo bolso, certo?). Os governos seriam acusados de favorecerem os industriais que produzem os filtros, ou de estar à procura de mais uma maneira de “chular” dinheiro, porque obviamente, depois teriam que haver multas para quem não cumprisse.

      E no meio disto tudo, o nobre objetivo de evitar o tipo de situações descritas na notícia, mais o positivo impacto ecológico perdia-se na revolta 🙂

  2. Um icebergue é uma montanha de gelo que bóia no mar. Para que é que usam essa palavra para descrever um bloco de gordura a entupir o esgoto? Já ninguém pensa no que escreve?

RESPONDER

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Portugal empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …

China inicia nova edição do festival de carne de cão em Yulin

Coincidindo com o solstício de verão, iniciou na segunda-feira em Yulin, no sul da China, o festival em que os participantes comem carne de cão. Segundo os moradores daquela zona, as autoridades suspenderam recentemente as viagens …

Variante Delta representa 90% de casos na UE até final de agosto e mais mortes

A variante Delta do SARS-CoV-2 representará 90% das novas infeções na Europa até final de agosto e um aumento nos internamentos e mortes, estimou esta quarta-feira o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças …

Suécia 3 - 2 Polónia | Só Lewandowski não chega

Já apurada, a Suécia venceu esta quarta-feira a Polónia, de Paulo Sousa, por 3-2, com Emil Forsberg (02 e 59 minutos) e Viktor Claesson (90+4) a marcarem para os suecos e Robert Lewandowski (61 e …

O aperto de mão está em vias de extinção?

O aperto de mão desapareceu quando surgiu a pandemia do novo coronavírus, mas devido à vacinação em massa e ao levantamento progressivo das restrições no Estados Unidos e na Europa, o aperto de mão está …

Eslováquia 0 - 5 Espanha | Goleada com vista para a Croácia

A Espanha qualificou-se esta quarta-feira para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao golear a Eslováquia, por 5-0, um resultado que apura a Ucrânia como um dos melhores terceiros classificados. Espanha alcançou a maior …

PRR. Costa diz que é preciso acabar “com o chover no molhado” e agarrar a oportunidade

O primeiro-ministro defendeu esta quarta-feira que o país tem de acabar “com o chover no molhado” e fazer o que ainda não foi feito, “agarrando” o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e não perdendo …