/

Jesus custa 26,2 milhões ao Benfica. Porto ganha “42 milhões de adeptos” à boleia

3

Os adeptos do Flamengo não estão contentes com a saída de Jorge Jesus para o SL Benfica. Nas redes sociais, os ‘rubro-negros’ manifestaram o seu apoio ao FC Porto.

É oficial. Depois de muita especulação em torno do assunto, finalmente Jorge Jesus é confirmado como novo treinador do SL Benfica. O Flamengo já anunciou, em comunicado, a saída do técnico português, que completa o seu regresso ao Estádio da Luz, cinco anos depois.

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17), o técnico Jorge Jesus comunicou que, exercendo o seu direito contratual, está se desligando do Clube para voltar para Portugal. Apesar de lamentar a perda do seu vitorioso técnico, o Flamengo respeita esta decisão pessoal”, escreve o emblema do Rio de Janeiro.

Também a Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM) já emitiu um comunicado da transferência. “A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD (“Benfica SAD”) informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que entrou em contacto com o CR Flamengo, dando conta da sua intenção de contratar o treinador Jorge Jesus, tendo encetado negociações para o efeito. Mais se informa que a Benfica SAD apresentou uma proposta de contrato de trabalho desportivo ao treinador Jorge Jesus, tendo a oferta sido aceite pelo mesmo”, lê-se na nota divulgada esta sexta-feira.

Por sua vez, o SL Benfica já confirmou a chegada de Jorge Jesus: “Bem-vindo, JJ!”

O Correio da Manhã escreve que o Benfica vai gastar 26,2 milhões de euros para garantir os serviços de Jorge Jesus e da sua equipa técnica para as próximas três temporadas. Desse montante, 18 milhões são para pagar os ordenados do veterano treinador, enquanto 7,2 milhões são relativos aos salários dos adjuntos. O restante um milhão de euros foi para pagar a cláusula de rescisão ao Flamengo.

Jesus vai custar 6 milhões de euros por ano, cerca de 3 milhões líquidos. Este salário é 500 mil euros inferior ao que o treinador recebia no Brasil. Inicialmente, Luís Filipe Vieira contava pagar ao treinador 2 milhões de euros líquidos por ano.

Luisão, antigo jogador das ‘águias’ e atual diretor para as relações externas do clube, deverá ser o treinador adjunto de Jorge Jesus. Segundo o Record, Jesus acredita que Luisão pode ter um papel importante junto do plantel, pois sempre foi visto pelo próprio Jesus como um líder dentro de campo e do balneário.

Flamengo invade redes sociais do FC Porto

Alguns adeptos do Flamengo não viram com bons olhos a saída de Jorge Jesus do clube onde era tão acarinhado. Assim que soou a notícia na imprensa internacional, rapidamente os adeptos ‘rubro-negros’ invadiram as redes sociais do emblema rival benfiquista, o FC Porto. Nasceu, assim, o movimento #FlaPorto.

“Flamenguistas sigam as redes sociais do FC Porto. União FlaPorto”, escreveu um dos adeptos flamenguistas. “Aconteceu, vocês ganharam 42 milhões de adeptos”, lê-se noutra publicação no Twitter, citada pelo MaisFutebol.

O FC Porto aproveitou o apoio da ‘torcida’ do Flamengo e até fez uma publicação onde relembra o seu antigo jogador Diego Ribas, atualmente no Flamengo, congratulando-o pela conquista do Campeonato Carioca.

“Parabéns @ribasdiego10 pela conquista do Campeonato Carioca. Serás sempre um de nós”, lê-se no tweet que rapidamente recebeu apoio dos novos fãs brasileiros.

https://twitter.com/FCPorto/status/1284205363970146304

  ZAP //

3 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.