Familygate. Da “mulher do próximo” no tempo de Cavaco às filhas de coronéis na GNR

José Sena Goulão / Lusa

O ex-Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, com o primeiro-ministro António Costa.

A polémica das relações familiares no Governo socialista domina a actualidade política nacional. Mas está longe de ser uma realidade exclusiva do Executivo de António Costa. No tempo de Cavaco Silva, havia 13 mulheres e 3 irmãs de elementos do seu segundo Governo nomeadas. E até na GNR há casos de ligações familiares.

Após estalar a polémica com as nomeações de familiares no Governo de António Costa, a jornalista Ana Leal da TVI descobriu que há uma teia semelhante na Guarda Nacional Republicana (GNR).

A investigação levada a cabo pela estação apurou que há “situações de favorecimento às famílias das mais altas patentes da GNR, com o conhecimento do ministro da Administração Interna”, Eduardo Cabrita.

Eduardo Cabrita é um dos nomes do Governo do PS que surge na teia das relações familiares, já que é casado com a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

Na GNR, “há casos de mulheres e filhas de coronéis que entraram directamente para os quadros da GNR, passando à frente de militares de carreira, altamente qualificados”, avança a TVI.

As “mulheres do próximo” do Governo de Cavaco

A temática dos laços familiares no Governo do PS levou Cavaco Silva a fazer uma das suas raras intervenções públicas, desde que deixou a Presidência da República, para criticar a “prática de ‘jobs for the boys'” e falar em situações “indecorosas”. Mas o antigo primeiro-ministro esqueceu-se da nomeação de 13 mulheres e de 3 irmãs de elementos do seu segundo Governo.

Este dado foi relembrado pela secretária-adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, numa intervenção num debate na SIC Notícias, onde lembrou uma investigação do extinto jornal “O Independente”, na edição de 7 de Fevereiro de 1992, quando Paulo Portas era o director.

Intitulado “A Mulher do Próximo”, o artigo realçava que havia 15 familiares de governantes no Executivo de Cavaco que governava com maioria absoluta. O site Polígrafo fala de uma “nomeação em série” de mulheres de ministros e de secretários de Estado.

Sofia Marques Mendes, mulher de Marques Mendes, uma das grandes figuras do PSD de Cavaco que era, na altura, Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, era adjunta do secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Amaro. Tinha sido professora, com uma licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas.

Maria dos Anjos Nogueira, mulher do ministro da Presidência e da Defesa Nacional, Fernando Nogueira, era adjunta do secretário de Estado da Saúde, José Martins Nunes.

Fátima Dias Loureiro, mulher do ministro da Administração Interna, Dias Loureiro, era adjunta de Pedro Santana Lopes, o Secretário de Estado da Cultura.

Margarida Cunha, mulher do ministro da Agricultura, Arlindo Cunha, era secretária do ministro dos Assuntos Parlamentares, Couto dos Santos.

Maria Filomena de Sousa Encarnação, mulher do secretário de Estado Adjunto da Administração Interna, Carlos Encarnação, era adjunta do sub-secretário de Estado da Cultura, António Sousa Lara.

Maria Cândida Menezes, mulher de Luís Filipe Menezes que era então secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, era secretária de Fernando Nogueira.

Celeste Amaro, mulher do secretário de Estado da Agricultura, foi nomeada para vogal da direcção dos serviços sociais da Presidência do Conselho de Ministros.

A ex-ministra de Passos, Paula Teixeira da Cruz, era, no segundo Governo de Cavaco, assessora de Marques Mendes. Já o seu marido, Paulo Teixeira Pinto, foi nomeado sub-secretário de Estado da pasta tutelada pelo mesmo Marques Mendes.

Regina Estácio Marques, mulher de Pedro Estácio Marques que era assessor de Cavaco Silva, era secretária do secretário de Estado Adjunto da Administração Interna.

O casal Fátima Loureiro e Carlos Loureiro integrava o ministério da Administração Interna.

Eduarda Honorato Ferreira, responsável pela agenda do Ministro das Finanças, era irmã do chefe de gabinete de Cavaco Silva, José Honorato Ferreira.

Isabel Elias da Costa, mulher do secretário de Estado das Finanças, Elias da Costa, era adjunta de Couto dos Santos. E a secretária do ministro dos Assuntos Parlamentares, Teresa Corte Real Silva Pinto, era irmã da secretária de Estado da Modernização Administrativa, Isabel Corte Real.

Isabel Ataíde Cordeiro, adjunta da secretária de Estado do Desenvolvimento e Planeamento Regional, Isabel Mota, era mulher do chefe de gabinete do secretário de Estado da Cultura, Manuel Falcão. Mas ela chegou primeiro ao cargo do que o marido chegou ao Governo.

Margarida Durão Barroso, mulher do então secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Durão Barroso, foi nomeada para a Comissão dos Descobrimentos.

Costa ordena análise às relações familiares

Com a polémica a ser muito negativa para a imagem do PS, tanto mais em ano de eleições, os socialistas consideram que está em causa “uma campanha negra” com vista a prejudicar o partido nas urnas, como repara o Público.

A teia de casos já levou à primeira baixa com a demissão do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, que nomeou o primo como seu adjunto.

Entretanto, o primeiro-ministro ordenou que seja feita uma análise interna às ligações familiares no seio do Executivo para perceber se haverá mais casos, como reporta o Observador.

SV, ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Ambos “farinha podre do mesmo saco”! 2 tipos execráveis, verdadeiros excrementos da política!
    Que os seres pensantes e eticamente adequados que ainda existem em Portugal se organizem, rapidamente em associações cívicas para restituir o país aos portugueses dignos e honrados.

    • ó zandinga tens que explicar bem o que é essa treta de politico que acabaste de bolsar senão acabas por parecer aquilo que és, igual a eles.

  2. Com noticias cheias como esta o ZAP perde os clientes, perdão comentadeiro(a)s do costume para quem tudo está mal neste País e principalmente neste governo. Informação de última hora do IEFP dá conta que subiu abruptamente a % de desempregados, supõe-se que são os mal dizentes habituais do ZAP a prever o pior (pra eles) nas próximas eleições o que os levará a mais 4 anos de jejum.
    No tempo da múmia de boliqueime é que eram todos santos, deixem-nos chegar novamente à governação do País e com os tempos que correm vão ver o que é bom.Gente mesquinha de baixa índole.

  3. O Ministério Público deveria investigar a fundo o que se passa nas autarquias. São famílias inteiras a viver à pala dos nossos impostos. De Norte a Sul uma autêntica vergonha. Abrem-se concursos públicos mas que de públicos nada têm. Estão logo assegurados para os familiares e amigos. Isto é gritante pela dimensão que tem a nível nacional. Investigue-se! Há famílias inteiras. Há câmaras em que a grande maioria dos funcionários são todos de 4 ou 5 famílias. É uma vergonha completa!

    • Na Câmara de Elvas foram “encaixados” 29. Mas fazem concursos públicos? Penso que nem isso. É tudo por ajuste direto!!

  4. Façam greve aos votos e mandem estes Mer..as trabalharem e acabemos com esta raça de maçonicos.
    viva a maçonaria.

  5. O ministério público,e chefiado pela PGR,se está nas mãos de costa,não vai actuar.nao há investigações.

    • Nas mãos do costa e do presidente das selfies! A Joana Vidal levou um pontapé no traseiro em menos de nada. Se não fosse ela nunca a operação marquês tinha existido.

  6. “…os socialistas consideram que está em causa “uma campanha negra” com vista a prejudicar o partido nas urnas,…”. Eu também penso que é tudo uma cabala para decapitar o PS como foi o caso Casa Pia. Assim dizia o outro. Os gajos andam mesmo à rasca, O costa quer que se vasculhe a ver se ainda há mais familiares na geringonça. É melhor não mexerem mais porque há coisas que quanto mais se lhe mexe mais mal cheiram…!

  7. O que é preciso é não cobiçar a mulher do próximo (7º. mandamento). Especialmente se ele estiver muito próximo…!

  8. Faço minhas as palavras do habilidoso Costa: claramente a memória não é uma das qualidades do Cavacão. Junto com a mania de tanguear os portugueses (lembram-se do valor da reforma que não dava para pagar as despesas ?!), fica mesmo muito bem na chapa…!
    Perdeu mais uma oportunidade para ficar calado.

RESPONDER

BE diz que investimento nos serviços públicos não compensou "deterioração"

"Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos", disse Catarina Martins. A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) …

Israel. Ministro da Educação acredita na reorientação sexual e diz já a ter aplicado a um aluno

O ministro da Educação israelita e líder de um partido de extrema-direita, Rafi Peretz, afirmou na semana passada que a reorientação sexual é possível, acrescentando que "tem um conhecimento profundo sobre a área" e ele próprio …

Cinco meses após ser nomeado, médico português é afastado do cargo de conselheiro do Papa

Cinco meses depois de ser nomeado para a equipa de conselheiros do Papa Francisco na área da bioética e da dignidade humana, Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética, foi afastado do cargo. Em comunicado …

El Chapo condenado a prisão perpétua

O narcotraficante mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán foi esta quarta-feira condenado a prisão perpétua nos Estados Unidos. A sentença foi lida num tribunal de Brooklyn, em Nova Iorque, na presença da mulher do agora condenado, …

Escritor líbano-francês Amin Maalouf vence Prémio Calouste Gulbenkian 2019

O jornalista e escritor líbano-francês Amin Maalouf é o vencedor do Prémio Calouste Gulbenkian 2019, no valor de 100 mil euros, anunciou a fundação, que vai também premiar a Associação de Apoio à Vitima, um …

Câmara de Viana do Castelo admite retirar à força últimos moradores do prédio Coutinho

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, admitiu esta quarta-feira que os últimos nove moradores do prédio Coutinho poderão ser retirados “coercivamente”, considerando que são “ocupantes ilegais”. "Tomaremos todas as decisões que …

A turbulência aérea está a tornar-se mais frequente (e o aquecimento global pode ser uma das causas)

Ao longo dos próximos anos, as viagens de avião vão ficar cada vez mais "atribuladas" devido ao aquecimento global, um fenómeno que não só aquece a superfície terrestre como está a alterar os ventos atmosféricos …

Funcionário da embaixada em Teerão atingido a tiro levou à suspensão de vistos

Funcionário iraniano da embaixada portuguesa atingido a tiro, em março, motivou a suspensão de vistos a cidadãos iranianos e de todas as atividades da secção consular. Segundo o jornal Público, um funcionário iraniano da embaixada portuguesa …

Há um "enorme potencial" de aumento salarial de mais de mil euros

A CGTP considera possível um aumento salarial superior a mil euros por trabalhador, em média, e vai usar essa perspetiva para defender o aumento generalizado dos salários junto dos partidos com representação parlamentar. De acordo com …

Elon Musk vai ligar o cérebro humano a um computador no próximo ano

O prometido é devido. Elon Musk partilhou os planos da Neuralink, empresa que apoia na investigação de tecnologia de interfaces capazes de ligar diretamente o cérebro ao computador. O empresário pretende mais uma vez dar um …