Família da mulher mais pesada do mundo acusa equipa médica de mentir

(CV) YouTube / BBC

Mulher mais pesada do mundo perde 250 kg em dois meses após cirurgia bariátrica

Mulher mais pesada do mundo perde 250 kg em dois meses após cirurgia bariátrica

Os familiares da mulher que perdeu mais de metade do seu peso, depois de uma cirurgia na Índia, alegam que a equipa médica está a mentir e que a paciente ficou “destruída” depois do tratamento. 

Eman Abd El Aty, de 36 anos, foi notícia no mês passado por ter perdido metade do seu peso dois meses após uma cirurgia na Índia. Conhecida como “a mulher mais pesada do mundo”, a egípcia deixou o país, na altura com 500 kg, rumo a um hospital em Mumbai.

Depois de sete horas de voo num avião de carga, a mulher foi transportada num camião até ao Saifee Hospital, onde foi submetida a uma cirurgia de redução de estômago e a uma dieta especial à base de líquidos, lideradas pelo cirurgião bariátrico Muffazal Lakdawala.

O famoso médico aproveitou uma cerimónia de entrega de prémios na área da Medicina, na qual foi homenageado, para anunciar que a sua paciente já tinha perdido cerca de 250 kg.

Desde esse dia que a relação entre a família da egípcia e a equipa médica azedou, escreve agora o The Guardian, com a irmã de Eman a acusar o médico de ter mentido sobre os progressos e a revelar que esta ficou “destruída” com o tratamento.

“Desde a cirurgia que ela não consegue falar, está ligada a um tubo de alimentação, (…) não se consegue mexer, tem um aspeto azulado, sem qualquer tipo de melhoria”, afirmou Shaimaa Selim, citada pelo jornal britânico.

Entretanto, o cirurgião respondeu às acusações através das redes sociais, partilhando fotografias que diz comprovar que a paciente pesa atualmente cerca de 170 kg.

Na terça-feira passada, toda a equipa médica, com exceção de Lakdawala, se demitiu, dando como principal razão as recentes acusações da família.

“O que aconteceu é muito triste”, afirmou Aparna Bhasker, cirurgiã bariátrica chefe do hospital indiano. “Estamos muito magoados. Este é o pior tipo de ataque que um médico pode enfrentar. Um ataque nem sempre tem de ser físico. Ao demitir-me da equipa, estou a protestar contra este tipo de ataque”, acrescentou.

Em declarações ao India Today, a médica revelou que os familiares estão chateados com o facto de Eman poder vir a ter alta em breve e, com isso, terem de regressar ao Egipto.

Eles querem mantê-la aqui. Nós podíamos ajudá-la, mas esta não é a melhor maneira de o conseguirem”, acusou.

Eman nasceu com mais de seis quilos e foi diagnosticada com elefantíase, uma doença parasitária que causa um inchaço extremo dos braços e das pernas. Aos onze anos de idade, já estava tão pesada que não conseguia ficar de pé e passou a gatinhar pela casa.

Algum tempo depois, a egípcia teve de abandonar a escola, após sofrer um AVC que a impediu de sair da cama. O lado direito do seu corpo ficou paralisado, prejudicando ainda mais a sua mobilidade.

Eman não saía de casa há mais de 25 anos, passando os dias deitada numa cama. Inicialmente, foi necessário demolir uma das paredes do seu quarto para a conseguirem retirar de casa, com a ajuda de um guindaste.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …