Exército norte-americano está a comprar dados de localização de uma app para muçulmanos

Os militares norte-americanos estão as rastrear pessoas de todo o mundo, comprando dados de localização registados por certas aplicações para smartphones.

O ramo de contraterrorismo, contra-insurgência e reconhecimento especial do Exército dos Estados Unidos está a reunir dados de localização da aplicação Muslim Pro, de acordo com o Motherboard, da revista Vice.

A Muslim Pro terá vendido dados de localização dos seus utilizadores às forças armadas norte-americanas, o que levanta questões sobre a vigilância do Pentágono no Oriente Médio. Os downloads da aplicação, especialmente desenhada para a comunidade muçulmana, já atingiram os 98 milhões em todo o mundo.

Com base em registos públicos, entrevistas e análises técnicas, a investigação concluiu que algumas empresas obtêm dados de localização de aplicações quando os anunciantes pagam para inserir os anúncios nas sessões de navegação das pessoas.

O Motherboard escreve que alguns criadores de aplicações podem nem saber que estão a fornecer este tipo de dados aos militares. O Comando de Operações Especiais dos EUA (USSOCOM) compra dados da Babel Street, que também fornece serviços para a polícia norte-americana.

Os militares confirmaram que estão a reunir e a utilizar os dados de localização dos utilizadores da aplicação, que, segundo a reportagem, não será a única a fornecer dados civis – entre elas estão também apps de encontro para o público muçulmano, meteorologia e apps da popular rede de anúncios Craigslist.

“O nosso acesso ao software é usado para dar suporte aos requisitos de missão das Forças de Operações Especiais no exterior”, esclareceu o Comandante da Marinha Tim Hawkins, em declarações ao Motherboard.

Cumprimos estritamente os procedimentos e políticas estabelecidos para proteger a privacidade, as liberdades civis, os direitos constitucionais e legais dos cidadãos norte-americanos”, sublinhou o responsável.

Uma das empresas envolvidas na venda dos dados de localização, a X-Mode, disse ao Motherboard que rastreia 25 milhões de dispositivos dentro dos Estados Unidos todos os meses e 40 milhões em outros lugares – incluindo na União Europeia, América Latina e na região da Ásia-Pacífico.

“A X-Mode licencia o seu painel de dados para um pequeno número de empresas de tecnologia que podem trabalhar com serviços militares do Governo, mas o nosso trabalho é internacional e focado principalmente em três casos de uso: contraterrorismo, cibersegurança e a previsão de futuros focos de covid-19″, justificou a empresa à revista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …

Sob o nariz dos militares norte-coreanos, ex-ginasta salta muro de 3 metros e foge para a Coreia do Sul

Um homem norte-coreano que queria escapar da sua terra natal deu um salto de quase três metros num muro no início deste mês. O salto, que ocorreu sob os narizes dos soldados, trouxe-o para a …

Islândia quer tornar-se um refúgio para o teletrabalho. Mas não é para todos

A Islândia fez uma série de alterações no seu programa de vistos de trabalho remoto para cidadãos foram do espaço Schengen, tendo como objetivo tornar-se num destino atraente para os trabalhadores que procuram escapar dos …