Exames médicos para aceder às tropas especiais vão ser mais exigentes

(dr) Exército Português

-

O Exército anunciou esta quarta-feira que vai começar a fazer exames médicos mais rigorosos aos candidatos que queiram ingressar nos cursos das tropas especiais, nomeadamente nos Comandos, Paraquedistas e Operações Especiais.

“Na sequência das recomendações apresentadas pela Inspeção Técnica Extraordinária efetuada pela Inspeção Geral do Exército ao Curso de Comandos, o Exército procedeu à reavaliação das Provas de Classificação e Seleção para ingresso nas tropas especiais”, lê-se num comunicado do Exército divulgado hoje.

Em causa estão todos os candidatos que queiram ingressar nas tropas especiais, ou seja, nos cursos de Comandos, Paraquedistas e Operações Especiais.

De acordo com a nota, o processo será assente em três fases, “diferenciadas pela complexidade dos exames efetuados, e três níveis, conforme a tipologia de instalações de saúde envolvidas”.

Numa primeira fase, todos os candidatos serão submetidos a uma “avaliação médica pré-participação” nas Unidades de Saúde do Exército. Se algum dos casos levantar dúvidas, os candidatos em questão serão sujeitos a uma “avaliação mais aprofundada” e a “eventual realização de outros exames complementares específicos”.

Na última fase, “todas as situações que continuem a suscitar dúvidas relativas à aptidão do candidato, são avaliados em Junta Militar de Aptidão para a atribuição de eventual inaptidão para a frequência do curso”, pode ler-se.

O Exército explicita ainda os três níveis de exames a realizar em cada uma das fases. Em primeiro lugar, os candidatos vão responder a um questionário de saúde, fazer uma avaliação biométrica, exames complementares básicos e ter ainda uma consulta médica.

Já nos centros de saúde do Exército, serão submetidos a uma avaliação em medicina do exercício, uma avaliação psiquiátrica, e exames complementares adicionais. A Junta Militar de Aptidão pode acontecer na segunda ou terceira fase quando ainda se mantêm as dúvidas.

No nível 3, com o apoio do Hospital das Forças Armadas, faz-se uma avaliação em especialidades hospitalares, em exames complementares especiais e, por fim, na avaliação do candidato por uma Junta Hospitalar de Inspeção.

Recorde-se que, no 127.º curso de Comandos, dois militares faleceram e outros tiveram de ser internados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

SBSR confirma Foals, Local Natives e Boy Pablo para a edição de 2021

Os Foals, os Local Natives e o músico Boy Pablo são os primeiros nomes reagendados para a 26.ª edição do Festival Super Bock Super Rock, remarcada para julho de 2021, foi hoje anunciado. O SBSR deveria …

Artistas com espetáculos cancelados recebem pelo menos 50%

O primeiro-ministro referendou, esta quarta-feira, a lei que regula a possibilidade de festivais e espetáculos no verão e que assegura apoio financeiro a artistas alvo de cancelamento ou reagendamento dos espetáculos por causa da pandemia. Este …

EUA anunciam fim da isenção de sanções no programa nuclear civil iraniano

Os Estados Unidos (EUA) anunciaram na quarta-feira o fim das derrogações que autorizaram até agora projetos relacionados com o programa nuclear civil iraniano, acordo internacional de 2015 do qual Washington se retirou. "Hoje, anuncio o fim …

Violência doméstica, droga, bairros problemáticos. Agentes da PSP obrigados a usar coletes anti-bala

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu tornar obrigatório o uso de coletes balísticos em oito tipos de situações. De acordo com o Jornal de Notícias, os agentes da PSP vão passar a …

Benfica e FC Porto estão entre os clubes europeus com maior valor comercial

O Benfica e o FC Porto estão em 24.º e 30.º, respetivamente, na lista dos 32 clubes de futebol europeus com maior valor comercial, que é liderada pelos espanhóis do Real Madrid. O Benfica (24.º) e …

Estados Unidos podem vir a acusar Cilia Flores, mulher de Maduro, por narcotráfico

Os Estados Unidos podem vir a acusar formalmente a mulher do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por crimes de tráfico de droga e corrupção. A notícia foi avançada esta quarta-feira pela Reuters, que cita quatro fontes diferentes. …

PSD quer lay-off até final do ano e Estado menos "dorminhoco"

O PSD apresentou hoje um conjunto de 26 "ideias e sugestões" na área social, incluindo o prolongamento do 'lay-off' simplificado até ao final do ano, a reafetação de recursos na administração pública e um Estado …

Trump prepara ordem executiva contra redes sociais. Quer reduzir proteções legais das empresas

O Presidente norte-americano, Donald Trump, vai assinar esta quinta-feira uma ordem executiva sobre as redes sociais, anunciou a Casa Branca, dois dias depois de o Twitter ter assinalado mensagens de Donald Trump com alertas de …

Mais 13 mortes e 304 novos casos. Reabertura da economia em Lisboa questionada

Embora a região Norte continue a ser a mais afetada pela pandemia, a situação na região da Grande Lisboa tem piorado. O Governo está a estudar o adiamento de algumas medidas de reabertura da economia …

Queixas de consumidores sobre vendas online sobem 250%

A Associação de defesa de consumidores Deco recebeu 3.500 reclamações relativas a compras online entre janeiro e maio, um aumento de 250% face ao número registado em igual período do ano anterior. Paulo Fonseca, da Deco, …