Uma falha de sistema (ou simples erro humano) pode provocar uma Guerra Nuclear

O ex-secretário da Defesa dos Estados Unidos, William Perry, nomeia os perigos que existem no mundo moderno e indica fatores que podem provocar a guerra nuclear.

O início de uma guerra nuclear pode ser provocado tanto por fator humano, como por mau funcionamento de sistemas de alerta antimíssil, acredita o ex-secretário da Defesa dos Estados Unidos, William Perry, no âmbito do International Luxembourg Forum on Preventing a Nuclear Catastrophe, que decorreu esta segunda-feira em Paris.

“No mundo moderno, o perigo de catástrofe nuclear está no seu nível mais elevado desde os tempos da Guerra Fria”, disse o antigo secretário de estado, citado pelo Express.

“Uma das razões que pode provocar um conflito nuclear pode ser um erro humano ou um possível mau funcionamento de sistemas de alerta antimíssil que estão ao dispor dos EUA e da Rússia”, explicou Perry.

Segundo o ex-secretário da Defesa, nos anos da Guerra Fria, houve três incidentes semelhantes. William Perry recordou os eventos que ocorreram nos EUA em 1979 e na União Soviética em 1983.

Nos Estados Unidos, em 1979 foi detectado o lançamento simultâneo de 200 mísseis balísticos intercontinentais russos – ou que tinha havido um erro do sistema. Mais tarde revelou-se que o sistema estava a funcionar sem problemas, e que tinha havido um erro do operador.

“Naquele dia, só graças ao então presidente Jimmy Carter , que decidiu não lançar mísseis americanos em contra-ataque, se conseguiu evitar o início da guerra nuclear. E  foram precisos cerca de dez minutos tomar a decisão“, sublinhou.

Um caso semelhante ocorreu na União Soviética em 1983, mas a catástrofe também foi evitada, recordou Perry, numa referência ao oficial soviético Stanislav Petrov, recentemente falecido, que impediu uma crise nuclear e a provável Terceira Guerra Mundial que recebeu um alerta do Sistema de Vigilância Nuclear soviético – e decidiu ignorá-lo.

Considerando o perigo que existia e continua a existir, Perry expressou uma “profunda preocupação” com as relações atuais entre os EUA e a Rússia. Na sua opinião, Washington tem mais responsabilidade pela escalada de tensões nessas relações.

No entanto, Perry está preocupado com as “ações da Rússia nessa área”. “A Rússia é o único país capaz de causar danos aos EUA. Será que nos esquecemos das despesas da corrida ao armamento na esfera nuclear?”

Entretanto, o ex-secretário da Defesa dos Estados Unidos especificou três novas ameaças ligadas à proliferação de armamento nuclear, que não na Guerra Fria: a possibilidade de uma guerra nuclear regional entre a Índia e o Paquistão, o terrorismo nuclear, e um conflito nuclear com participação da Coreia do Norte.

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …