Ex-ministro das Finanças brasileiro preso por suspeitas de negociar subornos

Valter Campanato / ABr

Guido Mantega, ex-ministro das Finanças brasileiro

Guido Mantega, ex-ministro das Finanças brasileiro

O ex-ministro das Finanças do Brasil Guido Mantega foi detido esta quinta-feira e está em prisão preventiva por suspeitas de ter pedido pagamentos de subornos para o Partido dos Trabalhadores (PT) para auxiliar empresas investigadas pela Operação Lava Jato.

Segundo informações divulgadas num comunicado do Ministério Público Federal (MPF), o ex-ministro de Estado teria ajudado a OSX e a construtora Mendes Junior a vencer uma licitação para a construção de duas plataformas da Petrobras (a P-67 e P-70) com contrato no valor de 922 milhões de dólares (820,2 milhões de euros), em troca de pagamentos ilícitos ao PT.

A negociação ilícita teria sido confirmada à justiça brasileira pelo empresário Eike Batista, ex-presidente do Conselho de Administração da OSX, num depoimento ao MPF.

“Eike Batista declarou que, em 01/11/2012, recebeu pedido de um então ministro e presidente do Conselho de Administração da Petrobras [Guido Mantega], para que fizesse um pagamento de cinco milhões de reais (1,3 milhões de euros), no interesse do Partido dos Trabalhadores (PT)”, lê-se no comunicado.

Para pagar o suborno, o executivo da OSX teria sido orientado a firmar um contrato ideologicamente falso com uma empresa ligada a publicitários já denunciados na Operação Lava Jato por disponibilizarem seus serviços para a lavagem de dinheiro oriundo de crimes.

Já a Mendes Júnior teria sido responsável pela entrega de sete milhões de reais (1,9 milhões de euros) a um operador financeiro ligado a um partido político e à Diretoria Internacional da Petrobras, já condenado no âmbito da Operação Lava Jato.

O MPF destacou, ainda, que a OSX e a Mendes Junior “não detinham tradição no mercado específico de construção e integração de plataformas e por isto viabilizaram sua contratação pela Petrobras mediante o repasse de valores a pessoas ligadas a agentes públicos e políticos”.

Desde o início da manhã, a policia federal do Brasil cumpre oito mandados de prisão temporária, oito mandados de condução coercitiva e 32 mandados de busca e apreensão nos estados de Minas Gerais, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul.

Além de Guido Mantega, são alvos da 34ª fase da Operação Lava Jato, denominada de Arquivo X, executivos das empresas Mendes Júnior e OSX Construção Naval S.A., assim como representantes de outras empresas por elas utilizadas para receber os repasse de vantagens indevidas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Domingo "gordo": os 18 resultados de um dia agitado no futebol

Muitos golos, muitos empates. Barcelona-Real estranho, José Mourinho expulso e Rui Vitória a sofrer uma goleada nunca vista. Tínhamos deixado aqui o aviso: o dia 24 de Outubro iria ser um "domingo gordo" no futebol. Foram …

Luis Marques Mendes

Não viabilizar o OE2022 seria "suicídio eleitoral" para o PCP

O Orçamento do Estado não parece ter a aprovação garantida e foi um tema inevitável no comentário de Luís Marques Mendes neste domingo à noite, na SIC. O comentador político considera que a intenção de o …

Ricciardi quer criar banco para regenerar nome da família Espírito Santo

José Maria Ricciardi diz que vai tentar criar um novo banco para "regenerar o nome da família Espírito Santo", baseado num conceito diferente dos bancos clássicos. Em entrevista ao jornal Público, José Maria Ricciardi, ex-administrador do …

Manchester United 0-5 Liverpool: o "mimado" Cristiano deveria ter sido expulso

Resultado histórico, mesmo raro em vários aspectos. "Batemos no fundo", admitiu Solskjær. Pogba foi expulso, Cristiano Ronaldo quase. O resultado deste jogo chegava para escrever uma notícia. O jogo de futebol mais aguardado no Reino Unido, …

O avançado Beto na sua apresentação na Udinese.

De trabalhador do KFC a "Haaland português". Pelo meio, Beto esteve para desistir do futebol

Agora a fazer tremer os defesas adversários em Itália, Beto teve uma vida e carreira atribuladas. Chegou a trabalhar no KFC e "por sorte" não deixou o futebol. Foi um salto gigante, mas não maior do …

Abdalla Hamdok, primeiro-ministro do Sudão

Golpe de Estado no Sudão. Primeiro-ministro e outros líderes detidos e internet cortada em todo o país

A internet e a rede telefónica estão a sofrer cortes no Sudão, que já sofreu uma tentativa de golpe de Estado há poucas semanas. Vários ministros, incluindo o primeiro-ministro Abdalla Hamdok, foram detidos. Depois de semanas …

Rui Rio, presidente do PSD

Entre risco e recompensa, direita mantém-se incerta perante chumbo do Orçamento

A esquerda arrisca perder votos caso suceda um cenário de eleições antecipadas com um eventual chumbo do OE. À direita, por sua vez, paira a incerteza. O cenário tem sido equacionado frequentemente nos últimos tempos. Anda …

Sporting está no pódio dos melhores clubes de formação (com Benfica à porta)

O Ajax é o clube com mais jogadores da sua formação a atuar nas 31 principais divisões europeias. O Sporting surge no terceiro posto, Benfica no oitavo e FC Porto no 16.º. O Observatório do Futebol …

Ministro alemão diz que "é legítimo" proteger fronteiras com muros

O ministro do Interior alemão, Horst Seehofer, considerou que "é legítimo" querer proteger as fronteiras, numa altura em que Estados europeus exigem a ajuda da UE para erguer muros que evitem a entrada de migrantes. A …

Pintor da corte tentou impedir Henrique VIII de casar com Ana de Cleves. O rei ignorou - e arrependeu-se

A aristocrata alemã Ana de Cleves foi a quarta das seis esposas de Henrique VIII, casando-se com o rei inglês a 6 de janeiro de 1540. Depois de mais um divórcio, e de estar dois anos …