Ex-ministro da Saúde questiona regulador no caso do bebé sem rosto em Setúbal

Tiago Petinga / Lusa

Antigo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes

Adalberto Campos Fernandes diz que o caso do bebé com malformações graves dá motivos para questionar a utilidade da Entidade Reguladora da Saúde. Ordem dos Médicos está a agir “adequadamente”.

O antigo ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes teme que o caso do bebé que nasceu com malformações graves venha dar razão às “muitas pessoas” que põem em causa a utilidade pública da Entidade Reguladora da Saúde (ERS).

“Aquelas pessoas, e são muitas, que põem muito em dúvida a utilidade pública da ERS ganham com este episódio um acréscimo de razão. Porque pergunta-se o que é que a ERS faz no domínio da supervisão, monitorização e controlo da qualidade do exercício de entidades de direito privado”, afirmou em declarações à agência Lusa o ex-ministro da Saúde do governo PS, que é também médico.

No caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves, as ecografias realizadas pelo obstetra Artur Carvalho eram feitas numa clínica privada, em regime de convenção com o Estado. A questão sobre o papel da Entidade Reguladora da Saúde na supervisão e controlo de qualidade das unidades privadas é, para Adalberto Campos Fernandes, “uma pergunta a que a ERS deve responder”.

“Não quero crer que o tema lhe seja desconhecido ou indiferente. Houve episódios e circunstâncias relatadas anteriores. Não acredito que o desconheça (…) Há que ser feito algum exercício de autocrítica”, comentou à Lusa.

Sobre a atuação da Ordem dos Médicos, Adalberto Campos Fernandes afirma que nunca acompanhará quem “desvaloriza as instituições” com competências delegadas pelo Estado, porque isso seria “minar a confiança dos cidadãos” no próprio Estado. “Defendo a importância de instituições fortes e de ordens profissionais fortes que sejam respeitadas pelos cidadãos e que representem um elemento de confiança para os próprios profissionais”, afirmou o ex-ministro.

Campos Fernandes entende que o princípio da autorregulação das profissões que existe em Portugal é correto e que tem contribuído para a melhoria contínua da qualidade. “É muito fácil diabolizar as ordens e fazer exercícios de demagogia. Também não acompanho a ideia de ser fazer com as ordens uma espécie de combate político, acho isso profundamente errado”, referiu o antigo governante, que deixou a pasta da Saúde há cerca de um ano.

Aliás, o ex-ministro diz nunca ter encarado as ordens profissionais como suas opositoras: “Enquanto ministro, os meus opositores nunca estiveram nas ordens profissionais, estiveram no parlamento, foram os partidos da oposição. A política não se faz entre um ministro e um bastonário”.

Adalberto Fernandes entende que este caso do obstetra Artur Carvalho é um momento decisivo ou crucial para a Ordem dos Médicos, a quem cabe transmitir confiança e segurança. “Neste momento saltam sempre os arautos da demagogia que procuram aproveitar os incidentes para denegrir as instituições. Está nas mãos da Ordem contrariar isso, através de uma ação exemplar e eficaz. Acho que o bastonário está a ir no sentido correto”, comentou nas declarações à Lusa.

Para o ex-ministro, o bastonário dos Médicos, Miguel Guimarães, tem agido “adequadamente” e com ponderação, “dando a cara e sobretudo procurando fazer um exercício de tranquilidade junto das pessoas”.

Campos Fernandes frisa que o caso do bebé de Setúbal levanta preocupações às pessoas e gera “enorme perplexidade”, ficando os cidadãos chocados, mas também preocupados com “os mecanismos de controlo do sistema”. “É fundamental o país compreender que a confiança que o Estado depositada nas ordens profissionais é completamente justificada. E eu defendo isso”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …

Portugal vs Alemanha em direto: Portugal perde por 2-4

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. O jogo …

Choques elétricos no pescoço podem combater a fadiga

Desde café a rotinas de sono complexas: os seres humanos desenvolveram várias estratégias para evitar o cansaço. Agora, cientistas acreditam ter descoberto uma nova técnica de combate à fadiga através de estimulação elétrica cerebral não …

"Juneteenth". Novo feriado americano comemora o fim da escravatura

Este sábado comemora-se o mais recente feriado nacional a ser instituído nos Estados Unidos da América. É o chamado Juneteenth, um termo que funde as palavras "june" (junho) e "nineteenth" (dezanove), e representa a data …

Chef Enrico Derflingher trabalhou em Buckingham e na Casa Branca (e revela as preferências da rainha e de Bush)

O chef Enrico Derflingher já alimentou algumas das figuras mais poderosas do mundo. Do Palácio de Buckingham à Casa Branca, o chef italiano sabe melhor do que ninguém quais são as preferências culinárias de Isabel …

Maiores de 35 anos vão poder agendar toma da vacina na segunda-feira

As pessoas com 35 ou mais anos vão poder agendar a toma da vacina contra a covid-19 na próxima segunda-feira. A informação foi confirmada ao Público por fonte da task force. A mesma fonte não adiantou …

Braga faz testes gratuitos a quem trabalhou em Lisboa

As autoridades de Braga estão a proporcionar testes gratuitos de despistagem da covid-19 a trabalhadores do concelho que tenham estado a trabalhar na Área Metropolitana de Lisboa, indicaram hoje os promotores da iniciativa. Os testes realizam-se …

Botswana descobre diamante que pode ser o terceiro maior do mundo

A empresa de diamantes Debswana, que se situa no Botswana, anunciou a descoberta de uma pedra de 1.098 quilates que descreveu como a terceira maior do seu tipo em todo o mundo. Contudo, ainda é …

Hungria 1-1 França | Magiares travam campeões do Mundo

A Hungria empatou hoje 1-1 com a França, em encontro da segunda jornada do grupo F do Euro2020 de futebol em que travou a campeã mundial, algo desinspirada no ataque, graças a uma atuação organizada …