Ex-diretor do MAI vai ser julgado por 80 crimes

d.r. Blog do Minho

O ex-director do Departamento de Infra-estruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, João Alberto Correia

O ex-diretor do Departamento de Infra-estruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, João Alberto Correia

João Alberto Correia, ex-diretor-geral de Infraestruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, vai ser julgado por 80 crimes.

De acordo com o Diário de Notícias, a decisão foi tomada este mês pelo juiz João Bártolo do Tribunal Central de Instrução Criminal, que confirmou a acusação do Ministério Público. Em causa estão 32 crimes de corrupção passiva, 31 de participação económica em negócio, 12 de falsificação de documentos, quatro de abuso de poder e um de branqueamento de capitais.

O Ministério Público avançou também com um pedido de liquidação do património no valor de dois milhões de euros feito pela procuradora Inês Bonina, do Departamento Central de Investigação e Ação Penal, que considerou ser este valor incongruente com os rendimentos do arguido. Caso o ex-diretor do MAI seja condenado, a justiça irá determinar a perda deste património a favor do Estado.

O despacho de acusação, assinado por Inês Bonina, alega que para conseguir entregar os projetos aos amigos o antigo diretor-geral do MAI subvertia os procedimentos com prejuízos para as entidades públicas.

“Devido ao fato de não terem sido realizados projetos de execução e de não terem sido corretamente avaliadas as necessidades das forças de segurança que iriam ocupar os antigos governos civis, por não apresentarem condições, as mesmas recusaram-se a ocupá-los. Tal sucedeu nos governos civis de Santarém, Viseu e Beja”, relata.

Neste processo são arguidos dois funcionários da antiga Direção-Geral de Infraestruturas e Equipamentos do MAI, extinta em julho de 2014: um chefe da Divisão de Obras, acusado de 22 crimes de participação económica em negócio e 11 de falsificação de documento, e uma responsável pelo Gabinete Jurídico e de Contratação e Património, a quem são imputados quatro crimes. Entre os acusados contam-se ainda diversos empresários que terão sido beneficiados por João Alberto Correia, com quem terão alegadamente dividido os lucros.

Outro dos 12 arguidos no processo é Manuel Saldanha, presidente do Conselho de Disciplina da Ordem dos Arquitetos, a quem o Ministério Público exige uma indenização de valor não inferior aos tais 909 mil euros. O arquiteto é visado em dois negócios na Moita, um levantamento num quartel de bombeiros e um projeto de execução para o posto local da GNR.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …

Jovens do mundo inteiro ocupam a ONU em inédita Cimeira do Clima

Mais de 500 jovens, representantes de mais de 140 países, ocuparam este sábado o espaço habitualmente destinado aos diplomatas da ONU. A United Nations Youth Climate Summit, primeira cimeira da juventude sobre o clima, em Nova …

Esta zebra nasceu com bolas em vez de riscas

No Quénia, foi avistada uma cria de zebra com uma particularidade: em vez de riscas, esta tinha bolinhas brancas. Habitualmente, as zebras com condições semelhantes acabam por não viver durante muito tempo. Um rara cria de …

Há rochas "saltitantes" e colapsos de penhascos no cometa da Rosetta

  Cientistas que analisam o tesouro de imagens obtidas pela missão da Rosetta da ESA descobriram mais evidências de curiosas rochas "saltitantes" e quedas dramáticas de penhascos. A Rosetta operou no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko entre agosto de 2014 …

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …