Ex-CEO da Groundforce integra grupo que fez oferta ao Montepio

(dr) Groundforce

O antigo presidente executivo da Groundforce integra um grupo que fez uma oferta pelas ações da empresa de handling ao Montepio, mantendo o interesse na empresa.

“Está um processo a decorrer e eu entendo que todas as partes estão focadas em que exista um player internacional”, indicou Paulo Neto Leite, em declarações à agência Lusa.

“Desde o momento em que saí da Groundforce que mantive e mostrei interesse, porque acredito na empresa, nos trabalhadores e acredito que as coisas têm que ter uma solução que passe por não usar os trabalhadores como plataforma de pressão”, referiu, acrescentando que participou numa “proposta robusta” à compra das acções, sem revelar quem são os parceiros.

O jornal online ECO avançou, esta terça-feira, que o Montepio tomou controlo da Groundforce, depois de o tribunal ter considerado “improcedente” uma providência interposta por Alfredo Casimiro, da Pasogal, para impedir este controlo.

Desta forma, o banco, que tinha contratado o Bison Bank para organizar um leilão das ações detidas pelo empresário e que estão penhoradas, já pode vendê-las. O mesmo jornal digital adianta que o banco de investimento já recebeu propostas não vinculativas e que é quase certo que será um operador europeu a ficar com elas, estando na calha a Swissport ou a Aviapartner.

Ontem à tarde, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, disse no Parlamento que o Estado e a TAP irão assegurar uma solução para a Groundforce, mesmo que falhe este processo de venda das acções da empresa a cargo do Montepio.

“Estamos a acompanhar e temos a expectativa de que o processo de venda por quem tem o direito de vender seja concluído com sucesso e isso significaria a entrada de um sócio com capacidade financeira para podermos iniciar uma vida de estabilidade”, referiu.

No entanto, “se o Montepio não conseguir proceder à venda, o Estado ou a TAP encontrarão uma solução”, garantiu o governante.

Para Paulo Neto Leite, a existência desta solução do Governo é algo “excelente”. “A TAP precisa da Groundforce, o turismo precisa da Groundforce e o PIB precisa da Groundforce”, salientou.

“Não podemos estar reféns da opinião e dos desejos de uma pessoa que nuns dias quer uma coisa e noutros quer outra”, referiu, indicando que as declarações de Pedro Nuno Santos mostram que “há varias opções”.

Quanto às dívidas que a empresa tem para com a ANA, que já motivaram a gestora a avisar que poderá avançar com a revogação de licenças, Paulo Neto Leite disse que “uma empresa não pode sobreviver apenas pagando salários, os fornecedores também têm eles próprios salários para pagar, tem de haver um enquadramento para que a empresa tenha viabilidade”.

Porém, esta terça-feira, o ministro das Infraestruturas voltou a afastar a hipótese de nacionalizar a Groundforce. “A nacionalização não era e continua a não ser hoje uma boa opção“, sublinhou.

A Groundforce é detida em 50,1% pela Pasogal e em 49,9% pelo grupo TAP, que, em 2020, passou a ser detido em 72,5% pelo Estado português.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

TAP. Bruxelas reconhece importância de salvar companhia mas sem distorcer concorrência

A Comissão Europeia reconhece a importância de o Estado português salvar a TAP, mas receia que o auxílio de 3.200 milhões à reestruturação viole as regras de concorrência e duvida que o mesmo garanta de …

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …

Jogos Olímpicos: "Não temos naturalizados, não somos o Qatar"

Selecionador da seleção de andebol do Bahrein, que afastou Portugal dos quartos-de-final, lembra que muitos dos jogadores apurados são amadores. Portugal com dois pontos, Bahrein com dois pontos, Japão com dois pontos. Na diferença entre golos …

"Não acredito neste tempo! Não pode ser! Não pode ser!" - recorde mundial incrível em Tóquio

Adam Gemili protagonizou o momento mais dramático da manhã em Tóquio, mas o destaque vai para o incrível recorde mundial nos 400 metros barreiras. "Bem, não acredito neste tempo! Não é possível! 45.94! Não pode ser! …