Europeias. Costa quer “voto de confiança no governo” contra PSD “imoral”

Miguel A. Lopes / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa, pediu aos portugueses “um voto de confiança ao Governo” nas eleições europeias de maio, salientando que o desejo da oposição é pedir um “cartão vermelho” ao executivo que lidera.

“Eles bem nos querem derrubar e ainda não tiveram a coragem de dizer o que verdadeiramente desejam pedir, que é um cartão vermelho ao Governo. Mas eu quero ser muito claro: quem não deve não teme e se eles não têm coragem de pedir um cartão vermelho, pois eu não tenho medo de dizer, eu quero pedir um voto de confiança a este Governo, a esta governação, nestas eleições para o Parlamento Europeu”, referiu Costa.

Falando num jantar comício em Braga, perante cerca de 800 pessoas, o secretário-geral do PS e também primeiro-ministro pediu aos portugueses o voto no PS, para “darem força” ao Governo e à Europa.

Costa acusou os partidos de direita de, nesta pré-campanha, à falta de assuntos para criticar o Governo e a lista socialista, se limitarem “a fazer ataques pessoais“.

O secretário-geral socialista não perdeu a oportunidade de criticar as recentes propostas do PSD em matéria fiscal, nomeadamente a subida do IVA da restauração e a criação de uma coleta mínima no IRS, que, segundo disse, levaria a que os 2,5 milhões de famílias que atualmente estão isentas, por terem rendimentos muito baixos, passassem a ser abrangidas por aquele imposto. “Isto é injustiça, isto é imoral, isto é o verdadeiro PSD que se apresenta a estas eleições”, apontou.

Numa comparação entre os cabeças-de-lista do PS e do PSD, Costa disse que Pedro Marques “tem muito trabalho feito ao serviço de Portugal e dos portugueses”, enquanto o social-democrata Paulo Rangel “nada de útil fez por Portugal” no Parlamento Europeu. “Quem já deu provas de trabalhar cá, vai trabalhar lá”, disse ainda António Costa.

Em relação à lista do PS, Costa disse que é “paritária à séria” e destacou a sua “abertura”, com três independentes nos dez primeiros lugares. Pedro Marques, por seu turno, acusou o PSD de estar a levar a cabo uma campanha de “mentiras, enganos e falsidades”, sem se “chegar à frente” com qualquer proposta para a Europa.

“Não têm uma única proposta para a Europa para apresentar”, criticou, sublinhando que “o PS merece uma grande vitória pelo trabalho que fez em Portugal”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Rui Rio e Adão Silva podem ser alvo de sanções (e até mesmo enfrentar expulsão)

Rui Rio e Adão Silva podem enfrentar sanções após contrariarem uma moção aprovada no último Congresso do partido relativamente ao referendo da eutanásia. Quando terminar a votação do referendo à eutanásia, a direção do PSD, encabeçada …

Vinícius fez duas assistências na estreia. Mourinho diz que "pode fazer melhor"

Carlos Vinícius estreou-se a titular pelo Tottenham com duas assistências para golo. José Mourinho gostou do desempenho do jogador emprestado pelo Benfica, mas acredita que o brasileiro é capaz de fazer melhor. Esta quinta-feira, Carlos Vinícius …

Estado fica com toda a responsabilidade das dívidas da TAP à banca

Em caso de falhas, o Estado fica com toda a responsabilidade das dívidas da TAP à banca. Anteriormente, as responsabilidades financeiras estavam repartidas entre o Estado e a Atlantic Gateway. Com a alteração dos estatutos da …

A "maglia rosa" de João Almeida caiu, mas o mundo do ciclismo rende-se ao português

Na etapa rainha do Giro, João Almeida perdeu a camisola rosa ao fim de 15 dias. O português mereceu o respeito do mundo ciclismo, chovendo elogios à sua prestação. João Almeida já não é o líder …

"Inverno escuro", negócios de família e o apelo aos "swing states". Assim foi o último debate presidencial

Os candidatos à presidência dos Estados Unidos encontraram-se pela última vez antes das eleições, em Nashville, Tennessee, mas desta vez num tom onde não prevaleceram os gritos e os insultos. Contudo, os ataques foram duros …

Casos diários podem duplicar até ao Natal devido ao efeito "cascata"

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes prevê que o número de infeções diárias em Portugal duplique em dois meses. O problema é o efeito "cascata" que escapou à atenção da saúde pública. A situação epidemiológica em Portugal …

Baixar o IRC "não é a melhor forma de apoiar as empresas"

Pedro Siza Vieira, ministro da Economia e Transição Digital, defendeu esta quinta-feira que a inclusão de medidas para a redução do IRC na proposta do OE2021 não traria vantagem para os negócios mais penalizados pela …

Piqué acusado de traição. Renovou contrato no dia em que criticou o presidente pela redução salarial

Piqué renovou contrato com o FC Barcelona no mesmo dia em que assinou uma carta em que os jogadores criticam o presidente do clube pela redução salarial que quer impor. A tensão entre a direção do …

Jogo das negociações ganha mais um capítulo. BE pediu ao Governo mais detalhes sobre as propostas

O Bloco de Esquerda ouviu as propostas do Governo, mas querem ir mais além com um compromisso concreto, de modo a conhecer a "dimensão real" da aplicação das medidas. O Bloco de Esquerda ouviu o Governo, …

Jornal espanhol ABC pede desculpas a jogador do Barcelona. Ansu Fati comparado com um "vendedor de rua negro"

O Barcelona entrou na fase de grupos da Champions com uma goleada por 5-1 frente ao Ferencvaros, numa partida em que o jornal ABC terá tecido comentários racistas. A publicação espanhola pediu, entretanto, desculpas a …