Europa cada vez mais quente. Portugal é o país que menos aqueceu

José Sena Goulão / Lusa

As temperaturas médias registadas nas cidades europeias estão cada vez mais altas. No topo da lista dos aumentos encontram-se os países nórdicos e no fim da lista as cidades portuguesas.

Um estudo do Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo (ECMWF) analisou as temperaturas médias diárias registadas em 588 cidades de 1900 a 1999. Os dados foram recolhidos pela European Data Journalism Network.

Kiruna, na Suécia, é a cidade que mais aumentou a temperatura média em relação ao século passado (+3,4ºC). Portugal encontra-se no fundo da lista, com cinco cidades entre as que registaram menor aumento. Évora foi a cidade que registou um maior aumento de temperatura, cerca de +0,8ºC desde 1900.

A Suécia é o pais mais afetado, com cinco das suas cidades a figurarem no top10 das cidades onde a temperatura média mais subiu. A Finlândia é o 2º país mais afetado pelo aumento de calor. O país nórdico viu quatro das suas cidades a entrar no top10.

No extremo oposto do ranking, surge Portugal, com cinco das 12 cidades analisadas entre as que tiveram menor aumento de temperatura desde o século passado. Irlanda, Reino Unido, e o norte de Espanha completam o fundo da lista onde o último lugar pertence mesmo a uma cidade portuguesa: Ponta Delgada com um aumento de +0,1ºC.

Em Portugal, a maior subida de temperatura ocorreu em Évora (+0,8ºC), Lisboa (+0,7ºC) e Coimbra (+0,7ºC).

Beja (+0,6ºC), Vila Nova de Gaia (+0,6ºC), Funchal (+0,4ºC), Faro (+0,4ºC), Aveiro (+0,3ºC), Sintra (+0,2ºC), Matosinhos (+0,2ºC), Setúbal (+0,2ºC) e Ponta Delgada (+0,1ºC) são as outras cidades portuguesas alvo do estudo.

O estudo realizado pelo ECMWF permitiu ainda demonstrar o aumento do número de dias quentes por ano. Em média, este aumento foi de três dias na maioria das cidades.

Contudo, 18 locais registaram uma tendência oposta a esta. Dentro destas 18 cidades, surgem duas cidades portuguesas – Évora e Beja perderam dois dias quentes desde o século passado. Em conclusão, o estudo permite afirmar que, desde 1900, a temperatura média na Europa aumentou um grau.

Segundo a Sábado, depois dos recordes de temperatura atingidos em Portugal durante este ano, registaram-se mais 500 mortes do que é normal. Em 2003, outra onda de calor vitimou cerca de 70 mil pessoas.

Ao Público, João Camargo, mestre em Engenharia do Ambiente e Produção Animal e autor do Manual de Combate às Alterações Climáticas, considera “normal” as cidades portuguesas estarem no final da lista.

“A temperatura de partida já era superior e é normal que nas longitudes mais altas suba mais”, explica, acrescentando que a temperatura irá aumentar mais no “pólo Norte e no pólo Sul, porque são os locais onde o ponto de partida já era mais baixo“.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …