Europa cada vez mais quente. Portugal é o país que menos aqueceu

José Sena Goulão / Lusa

As temperaturas médias registadas nas cidades europeias estão cada vez mais altas. No topo da lista dos aumentos encontram-se os países nórdicos e no fim da lista as cidades portuguesas.

Um estudo do Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo (ECMWF) analisou as temperaturas médias diárias registadas em 588 cidades de 1900 a 1999. Os dados foram recolhidos pela European Data Journalism Network.

Kiruna, na Suécia, é a cidade que mais aumentou a temperatura média em relação ao século passado (+3,4ºC). Portugal encontra-se no fundo da lista, com cinco cidades entre as que registaram menor aumento. Évora foi a cidade que registou um maior aumento de temperatura, cerca de +0,8ºC desde 1900.

A Suécia é o pais mais afetado, com cinco das suas cidades a figurarem no top10 das cidades onde a temperatura média mais subiu. A Finlândia é o 2º país mais afetado pelo aumento de calor. O país nórdico viu quatro das suas cidades a entrar no top10.

No extremo oposto do ranking, surge Portugal, com cinco das 12 cidades analisadas entre as que tiveram menor aumento de temperatura desde o século passado. Irlanda, Reino Unido, e o norte de Espanha completam o fundo da lista onde o último lugar pertence mesmo a uma cidade portuguesa: Ponta Delgada com um aumento de +0,1ºC.

Em Portugal, a maior subida de temperatura ocorreu em Évora (+0,8ºC), Lisboa (+0,7ºC) e Coimbra (+0,7ºC).

Beja (+0,6ºC), Vila Nova de Gaia (+0,6ºC), Funchal (+0,4ºC), Faro (+0,4ºC), Aveiro (+0,3ºC), Sintra (+0,2ºC), Matosinhos (+0,2ºC), Setúbal (+0,2ºC) e Ponta Delgada (+0,1ºC) são as outras cidades portuguesas alvo do estudo.

O estudo realizado pelo ECMWF permitiu ainda demonstrar o aumento do número de dias quentes por ano. Em média, este aumento foi de três dias na maioria das cidades.

Contudo, 18 locais registaram uma tendência oposta a esta. Dentro destas 18 cidades, surgem duas cidades portuguesas – Évora e Beja perderam dois dias quentes desde o século passado. Em conclusão, o estudo permite afirmar que, desde 1900, a temperatura média na Europa aumentou um grau.

Segundo a Sábado, depois dos recordes de temperatura atingidos em Portugal durante este ano, registaram-se mais 500 mortes do que é normal. Em 2003, outra onda de calor vitimou cerca de 70 mil pessoas.

Ao Público, João Camargo, mestre em Engenharia do Ambiente e Produção Animal e autor do Manual de Combate às Alterações Climáticas, considera “normal” as cidades portuguesas estarem no final da lista.

“A temperatura de partida já era superior e é normal que nas longitudes mais altas suba mais”, explica, acrescentando que a temperatura irá aumentar mais no “pólo Norte e no pólo Sul, porque são os locais onde o ponto de partida já era mais baixo“.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Estúdios de tatuagens podem reabrir na segunda-feira

Os estúdios de tatuagens e de ‘bodypiercing’ vão poder reabrir na segunda-feira juntamente com outros serviços de atendimento ao público e comerciais, mas terão de funcionar mediante marcação prévia e cumprindo as regras sanitárias. Na resolução …

As rãs de cristal revelaram uma nova forma de camuflagem

As rãs de cristal são bem conhecidas pela sua pele transparente, mas, até agora, o motivo desta curiosa característica não tinha recebido atenção experimental. Uma equipa de cientistas da Universidade de Bristol, no Reino Unido, da …

Pescador encontra destroços de navio que terá naufragado há mais de 200 anos

Arqueólogos mexicanos localizaram os destroços de um navio na costa do estado de Quintana Roo, no México, e acreditam que o mesmo terá naufragado há mais de 200 anos. De acordo com a BBC, o naufrágio …

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …