Estivadores revoltados com fura-greves que chegaram de lancha

Greve dos Estivadores no Porto de Lisboa

Os estivadores mantêm-se em greve e a PSP foi, pelo segundo dia consecutivo, chamada ao Porto de Lisboa para controlar os ânimos, aquando da retirada de contentores por “fura-greves” que terão chegado de lancha, para evitarem o piquete de greve.

A retirada de contentores, que começou na terça-feira, em Alcântara, com o intuito de reduzir os prejuízos da paralisação dos estivadores, que dura desde o passado 20 de Abril, prossegue, nesta quarta-feira, no terminal da Sotagus, em Xabregas.

A Renascença salienta que foram destacadas para o local quatro equipas de intervenção rápida e de agentes da PSP da divisão de trânsito, para controlar os ânimos das dezenas de estivadores do piquete de greve que estão revoltados com “a eventual” presença de trabalhadores da “‘pool’ alternativa” em laboração junto aos contentores.

“Nós não conseguimos identificar os trabalhadores porque a polícia não nos permite proceder à identificação”, salienta Sérgio Sousa, do Sindicato dos Estivadores, presente no local.

Estes trabalhadores que estão a retirar os contentores chegaram ao cais por via marítima, numa “lancha pública”, conforme refere o presidente do Sindicato dos Estivadores, António Mariano.

“Temos informações de que esses elementos entraram no terminal com os meios, presumo eu, da Administração do Porto de Lisboa, que introduziu os ‘fura greves’ no terminal por via marítima, com uma lancha pública, quando isto é um serviço privado. As forças de segurança recusam-se a identificar os elementos que estão a trabalhar. Podem estar lá dentro terroristas a trabalhar, mas ninguém vai saber”, destaca António Mariano.

O sindicalista também lamenta que a presença da PSP é “mais uma demonstração de força” que visa “intimidar” os trabalhadores que se junta ao anúncio do despedimento colectivo.

“Isto é coação no decorrer de uma acção de greve, tal como é a tentativa de criar aqui um ‘terror psicológico’ nos estivadores”, salienta António Mariano, acrescentando que “é abusivo e ilegal” tudo o que se está a passar neste caso.

“As forças de segurança estão ao serviço de um grupo económico turco para furar a greve dos estivadores portugueses. Alguém que tire as conclusões que quiser”, nota por fim o presidente do Sindicato, referindo-se ao grupo turco Ylport.

Entretanto, a ministra do Mar, Ana Paula Figueiredo, já veio lamentar que a greve tem um prejuízo diário de 100 mil euros, lamentando que põe em causa a “sustentabilidade do Porto de Lisboa” e que “afecta a economia nacional”.

Em sentido contrário, o Bloco de Esquerda defende a luta dos estivadores e Catarina Martins já disse que o governo tem que pôr os patrões dos estivadores na ordem.

“Julgo que é preciso intervenção do Governo. É preciso pôr as empresas e patrões do trabalho portuário na ordem porque, basicamente, o que querem é poder contratar pessoas ao dia”, afirmou a líder bloquista.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. “O sindicalista também lamenta que a presença da PSP é “mais uma demonstração de força” que visa “intimidar” os trabalhadores que…”
    E o piquete não é também uma demonstração de força que visa “intimidar” os trabalhadores que querem/precisam de trabalhar?
    Onde está a vossa lógica?

  2. …é a tentativa de criar aqui um ‘terror psicológico’ nos estivadores”, salienta António Mariano

    Coitadinhos, até fazem xixi na cama de noite… chatice… levem as mamãs para os proteger!

  3. Espero que a greve continue. Neste momento já não existe movimentos de navios, desta forma fechamos o porto de forma definitivamente e os srs. estivadores podem ir trabalhar para qualquer outro lado, ou pedir subsídios de integração social à Catarina Martins, ou ao sindicato. Que linda margina passava a existir em Lisboa, desde a Expo até Belém. Com umas esplanadas e uns hotéis ficava uma maravilha, e até se criava postos de trabalho para os estivadores, Não nos podemos esquecer também das ciclovias de preferência no meio da estrada, para empatar o transito.
    Mas para quem efetivamente esta interessado neste tema, sugiro que analisem os tempos e os custos que tem descarregar/carregar um navio no porto de Lisboa e no porto de Amesterdão e tirem as vossas conclusões

  4. Coitadinhos dos estivadores. Tanta gente a querer trabalhar e este artistas comandados pelos comunas a derreter a economia dum país. Até onde iremos chegar, será como a Venezuela?????

  5. Estes estivadores que estão a causar tanto prejuízo ao país deviam ser todos despedidos e substituídos por gente nova que queira trabalhar. E os sindicalistas que os comandam deviam ir para a Coreia do Norte, que é um dos poucos lugares onde o comunismo ainda sobrevive.

  6. Esta profissão(estivador) tem como ato a estivagem, que agora mais parece estivação, e cito a wikipedia para uma descrição adequada ao momento a este sindicato e ao governo.

    -“A estivação, também conhecida como “a dormência”, é um comportamento de certas espécies quando frente a determinadas adversidades ambientais. No que diz respeito aos peixes pulmonados, resulta quase sempre de uma proteção contra o secamento temporário dos habitats, com a passagem para o estado de dormência ou quiescência sem perda da vitalidade.

    O comportamento também é muito comum em anuros de regiões áridas, esses animais passam cerca de 9 a 10 meses do ano estivando, em estado de baixo metabolismo aguardando a época das chuvas em que eles podem se alimentar e reproduzir. Portanto, é o estado de latência com redução sensível no metabolismo e na temperatura corporal durante o verão, apresentado por animais homeotérmicos.

    Com o retorno de condições favoráveis, os indivíduos estivados são capazes de retornar as atividades normais.

  7. O que esperavam os estivadores?!!!! Os prejuízos causados ao país são tantos, que o governo já devia ter tomado posição….. quem quisesse trabalhar, tinha 24 horas para o fazer, quem não quisesse, rua de imediato!. Democracia de merda, já estamos nós fartos!!!

  8. Nunca fui a favor de greves, mas neste caso os estivadores têm toda a razão. A comunicação social, em vez de criar este espectáculo sensacionalista e deprimente, deveria cumprir com a sua obrigação, que era explicar aos portugueses o porquê desta greve. Tenho a certeza, que qualquer dos comentadores que vieram aqui destilar veneno, se a sua entidade patronal chegasse ao pé deles e os obrigasse a rescindir um contrato e assinar outro que não é mais do que trabalhar ao dia (assinar hoje, ser despedido amanhã, assinar na proxima semana, ser demitido na semana seguinte), ninguém ficaria satisfeito. As pessoas não são números. Haja respeito pelo ser humano.

  9. Despedimento colectivo para a semana, demasiado tarde! Tendo em consideração os prejuízos causados ao país e às empresas já deveria ter sido e limpar de lá toda a comunada que se imagina dona do país e pretende impor a ditadura comunista.

  10. È engraçado como muita gente fala acerca de pessoas que estão a lutar para o prato da sopa. Infelizmente muita genta ainda vive no tempo da guerra fria sonham com democracia!!! governos estupidos povo ignorate .Preocupados com economia!! Vejamos o valor deste comparado com o que ja foi injetado em bancos ,PPPs, capitais depositados fora (pingo doce,belmiro,amorim etc.).

RESPONDER

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …

FMI avisa que vêm aí "tempos sombrios" e que "todos vão sofrer"

Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), avisou que os próximos tempos serão sombrios e que todos irão sofrer. Numa introdução às reuniões da primavera do FMI e do Banco Mundial, que decorrem entre 14 …

Merkel pede paciência: situação continua "frágil"

Angela Merkel pediu paciência aos alemães e admitiu que "não será necessário" impor no país medidas mais rigorosas de confinamento. A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou esta quinta-feira à paciência dos alemães, num momento de crescente …

Detido bilionário chinês que criticou Presidente Xi Jinping. Estava desaparecido há um mês

O bilionário chinês Ren Zhiqiang que criticou a forma como Presidente da China, Xi Jinping, lidou com a pandemia, está sob custódia das autoridades chinesas devido a uma investigação em que é o principal suspeito. …

Bloqueio dos coronabonds pela Holanda é "irresponsável"

Jean-Claude Juncker, antigo presidente da Comissão Europeia, considera que o bloqueio pela Holanda do uso do Mecanismo Europeu de Estabilidade é "irresponsável". O antigo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerou esta quinta-feira “irresponsável” o bloqueio …

Creche recusou receber filho de enfermeira por falta de funcionários. Meteram baixa

A creche e pré-escolar "Voar mais alto", em Setúbal, recusou receber uma criança de três anos, filha de uma enfermeira, por falta de funcionários. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Observador que adianta que as …

Subsídio por assistência a filhos vai ser pago 100% em toda a função pública

O subsídio por assistência a filho sobe de 65% para 100% do salário aos funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações. O Governo aprovou, esta quinta-feira, um diploma que aumenta o subsídio por assistência …