Sindicato dos estivadores prolonga greve até 2019

André Areias / Lusa

O Sindicato Nacional dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) vai avançar com o pré-aviso para que a greve às horas extraordinárias dos estivadores do Porto de Setúbal continue em 2019 por tempo indeterminado.

A greve às horas extraordinárias vai continuar no próximo ano, assegurou o presidente do Sindicato Nacional dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) aos trabalhadores eventuais que estão em luta há mais de um mês.

Segundo o Público, António Mariano disse no plenário, que juntou mais de uma centena de estivadores das duas empresas de trabalho portuário na segunda-feira, que o SEAL vai fazer o pré-aviso para que a greve em vigor até ao dia 1 de Janeiro seja prolongada para além dessa data e por tempo indeterminado.

A paralisação, em vigor até 1 de janeiro e que decorre paralelamente à greve dos estivadores eventuais – sem contrato de trabalho – acabou por ser um dos pontos elencados como determinante para o fracasso das conversações entre o SEAL e as empresas de trabalho portuário.

No final do mês de novembro os termos do acordo estavam quase fechados, havendo entendimento para a contratação de 56 estivadores. No entanto, os patrões colocaram como contrapartida a suspensão da greve ao trabalho extraordinário, um ponto que não foi acolhido pelo sindicato e que levou a responsabilizar o SEAL pela situação.

A greve às horas extraordinárias é um protesto contra o que António Mariano diz ser a “perseguição” a filiados do SEAL nos portos de Leixões e do Caniçal, na Madeira. Segundo o presidente, estes estivadores têm sido alvo de processos disciplinares e são discriminados na remuneração mensal, inferior aos trabalhadores filiados noutros sindicatos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Dono do carro onde seguia Angélico condenado a dois anos de pena suspensa

O dono de um stand da Póvoa de Varzim e a sua ex-mulher foram, esta sexta-feira, condenados a dois anos de prisão, com pena suspensa. Em causa está a falsificação do contrato de compra e venda …

Mais de 500 mulheres assassinadas em Portugal nos últimos 15 anos

Mais de 500 mulheres foram assassinadas nos últimos 15 anos em contexto de relações de intimidade em Portugal, e só neste ano já morreram 28, algumas baleadas, outras estranguladas ou espancadas, a maioria vítima de …

Paulo Macedo diz que a CGD não vai ser "uma nêspera"

O presidente da CGD considera que há a expectativa de o banco público ficar "sossegado", mas que a sua equipa não é paga para "ficar a ver navios" e quer pagar o capital injetado pelo …

Foo Fighters são a primeira confirmação do Rock in Rio Lisboa

Os norte-americanos Foo Fighters vão atuar, a 21 de junho, no festival Rock in Rio Lisboa, no Parque da Bela Vista. A banda de Dave Grohl é a primeira confirmação do cartaz do Rock in Rio …

PS, Bloco e Livre recusam solidarizar-se com Bernardo Silva

PS, Bloco e Livre votaram, esta sexta-feira, contra a solidariedade do Parlamento para com o internacional português, condenado recentemente por um ato considerado racista pela Federação Inglesa de Futebol (FA). Socialistas, bloquistas e a deputada única …

Descoberta nova lesão pulmonar que poderá estar ligada a cigarros eletrónicos com líquido

Um grupo de investigadores do Canadá anunciou esta quinta-feira a descoberta do que considera ser um novo tipo de lesão pulmonar causado pela vaporização com cigarros eletrónicos com líquido e que é semelhante à bronquiolite …

Professor acusado de agredir aluno surdo em Penafiel

Um estudante surdo foi agredido, na terça-feira, por um professor dentro de uma das salas de aula da escola secundária Joaquim de Araújo, em Penafiel. Um estudante de 16 anos, da escola secundária Joaquim de Araújo, …

Presidente da Colômbia disse que o Governo ouviu protestos em massa

O Presidente da Colômbia, Iván Duque, garantiu que ouviu as exigências dos manifestantes que saíram há rua na quinta-feira para um protesto maciço contra a política económica e social do atual governo. "Hoje [quinta-feira], os colombianos …

Detido mais um suspeito do caso do camião do Reino Unido

Foi detida mais uma pessoa por suspeitas de ligação ao caso do camião encontrado em Essex, Inglaterra, com 39 cadáveres no seu interior. A polícia britânica prendeu, hoje de manhã, um homem de 23 anos, …

Antigo primeiro-ministro da Escócia enfrenta 14 acusações de abuso sexual

Alex Salmond, o antigo primeiro-ministro da Escócia que desencadeou uma tentativa de independência do Reino Unido, compareceu em tribunal para enfrentar 14 crimes de abuso sexual alegadamente cometidos enquanto liderava o país. Entre os crimes está …