Estado Islâmico já tem um novo líder. Chamam-lhe “O Destruidor”

O Estado Islâmico já tem um novo líder para substituir Abu Bakr al-Baghdadi, morto no sábado num raide das forças especiais norte-americanas em Idlib, na Síria.

Chama-se Abdullah Qardash e era há muito o braço direito do ex-chefe da organização. Qardash era o sucessor designado e já era, de acordo com o jornal Público, o responsável pelo planeamento do dia-a-dia do Daesh, com Baghdadi a ser uma figura simbólica. O novo líder tem de provar o que vale e espera-se uma campanha de vingança num momento em que os Estados Unidos preparam a saída da Síria.

De acordo com o Newsweek, Qardash, que também usa o nome “Hjji Abdullah al-Afari”, é um ex-oficial do Exército iraquiano, que serviu sob o comando de Saddam Hussein.

Qardash e Baghdadi conheceram-se em 2003, quando ambos foram detidos pelos EUA, em Bassorá, suspeitos de ligações à al-Qaeda, a organização terrorista fundada por Osama bin Laden, da qual nasceu o EI. Baghdadi e Qardash estiveram detidos no campo de Bucca por combateram lado a lado as forças invasoras norte-americanas no país.

Em 2014, quando Baghdadi tomou Mossul e proclamou o califado, Qardash assumiu um papel cada vez mais proeminente na organização. Em agosto, foi nomeado sucessor do califa que deixou de o ser em 2017, quando o Daesh perdeu todo o seu território no Iraque e na Síria.

Abdullah Qardash foi responsável religioso da Al-Qaeda antes de se juntar ao autodenominado Estado Islâmico. Qardash é conhecido por duas alcunhas: “Destruidor” e “Professor”, uma vez que é descrito como sendo cruel, autoritário e muito respeitado entre os membros do Estados Islâmico, mas também visto como um estratega. Era ele quem comandava e planeava as operações diárias do Daesh.

Pesquisas em fontes abertas revelam, de acordo com o Expresso, que Qardash é de Tal Afar, no Iraque, e terá estudado Ciências Islâmicas em Mossul.

O Amaq, a revista da propaganda do Estado Islâmico, anunciou que Qardash foi indigitado para reconstruir a organização terrorista, sendo previsível uma onda de atentados, onde quer que o grupo tenha ainda forças para os executar.

No domingo, Donald Trump confirmou a morte de Abu Bakr al-Baghdadi, que se fez explodir num túnel enquanto fugia dos militares norte-americanos. O líder do Estado Islâmico fugiu com três dos seus filhos pequenos, e quando se viu encurralado num túnel sem saída, ativou o colete de explosivos, causando não só a sua morte como também das crianças.

Um cão usado pelos militares norte-americanos que tinha ficado ferido na operação que conduziu à morte do líder do Daesh já recuperou e está de volta ao serviço ativo.

“A última noite foi uma noite importante para os Estados Unidos e para o mundo. Um assassino implacável foi eliminado e não irá fazer mais vítimas. Morreu como um cão“, afirmou. “Não morreu como um herói, morreu como um cobarde”, disse Trump, sublinhando que Baghdadi morreu “a gemer, a gritar e a chorar”. O corpo terá sido sepultado no mar.

Abu Bakr al-Baghdadi era um dos homens mais procurados do mundo. Em outubro de 2011, os Estados Unidos designaram-no oficialmente como “terrorista” e ofereceram uma recompensa de 10 milhões de dólares, cerca de 9 milhões de euros, por informações que pudessem levar à sua captura.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Tudo invenções ocidentais que inventaram o terrorismo para depois nos sacar o dinheiro supostamente gasto para nos “libertar” desse terrorismo. Sistema podre mas muito criativo em engenharia manipulativa e propaganda. Goebells deve estar invejoso no caixão.

  2. Sempre se disse e sempre se repetirá, que os EUA são os grandes (i)responsáveis pela criação do Daesh. Por isso, aguentem-nos, tratem deles, desenrasquem-se, mas não envolvam países inocentes nas borradas dos presidentes americanos. A invasão e destruição do Iraque, sem motivo aparente, até hoje, fez com que se criasse um exército de oficiais e soldados que, de um momento para o outro ficaram sem emprego, sem pátria, sem comando, sem rumo e à deriva. E o resultado viu-se.

    • Claro, abatê-lo rapidamente para que nunca possa dar com a língua nos dentes e dizer quem é que o pôs lá e quem é que os financia realmente. Muito conveniente. Já foi assim com outros no passado e assim continuará a ser. Mortos e caladinhos.

  3. Esta cria da cia vai ser tão abatida como a anterior cria que foi abatida em 2014, 2015, 2017, 2018 e novamente em 2019 e tudo com funerais. A juntar à história da carochinha dos amérikas temos as várias inconsistências do relatório. Esta nova cria deve ter uns 10 funerais oficiais. Afinal os terroristas criados pelo ocidente estão cada vez mais resistentes.

  4. Quando escrevi num comentário, que estes simpáticos rostos, são tão numerosos como “pulgas num cão vadio”, não quis ofender a raça canina por a qual tenho todo respeito !….. Portanto enquanto forem fornecidos em armamento, iremos assistir e ser vitimas das acções orquestradas por estes débeis mentais ! Somos o que somos!!! os piores seres ditos “inteligentes”, a superficie da Terra desde que o Mundo é Mundo !

  5. GRANDE presidente americano ! Se não é a américa, o mundo está fodricado. Agora é já em cima deste novo líder do IE e liquidá-lo, quanto antes. Obrigado, Presidente.

RESPONDER

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …