Estado “ganha” 23 milhões por dia com impostos dos carros

José Sena Goulão / Lusa

O Ministro das Finanças, Mário Centeno, e o primeiro-Ministro António Costa

O Estado arrecadou 8,5 mil milhões de euros, em 2016, com impostos cobrados no sector automóvel. Trata-se de um aumento de quase 50%, em comparação com 2015.

Estas contas são avançadas pelo Correio da Manhã e têm por base dados da Associação Europeia de Construtores (ACEA).

O diário aponta que o Estado encaixou um total de 8,5 mil milhões de euros em impostos aplicados ao sector automóvel, em 2016. Estamos a falar de uma verba da ordem dos 23 milhões de euros por dia, repara o jornal.

Estão em causa despesas feitas pelos contribuintes portugueses nas oficinas, bem como taxas aplicadas nos combustíveis, nas portagens, nas vendas e registos de viaturas, nas taxas alfandegárias e no imposto de circulação.

O CM repara que se trata de um aumento de quase 50% relativamente a 2015, ano em que o Estado arrecadou 5,9 mil milhões de euros com os impostos do sector automóvel.

A subida das taxas aplicadas aos combustíveis e o aumento das vendas de automóveis ajudam a explicar esta subida significativa, conforme atenta o jornal.

ZAP //

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

  1. É preferível serem os que tem carros a pagar impostos do que pagar nos transportes publicos, alimentação, saúde, educação etc.

    • Venha para Trás os Montes andar de transportes públicos e não traga a sua viatura para se deslocar para o trabalho! Boa sorte!

      • Sabe sou do Alentejo, durante anos fiz viagens de lá para Lisboa, de autocarro, e agora faço de comboio. Vivi na margem sul e trabalhei em Lisboa (Av. do Brasil) apanhava 1 autocarro, para depois apanhar outro que me levava até a Cacilhas, depois apanhava o barco e do Terreiro do Paço, tinha que apanhar mais 2 autocarros que me levavam à Av do Brasil. Só em Transportes demorava 3 horas. E ainda trabalhava ao sábado. Entrava às 9 e saia as 19. Não como agora que tem 35 horas semanais
        Agora demoram menos 1 hora mas vem de carro, e depois reclamam com as filas intermináveis.
        Enfim……..

        • Acredito bem que sim e conheço a realidade dos transportes públicos das grandes cidades também. Mas concorda comigo que o interior (transmontano, alentejano e beira interior) dispõe de uma rede de transportes pública praticamente inexistente. E já para não falar da rede de estradas nacionais e regionais completamente escavacadas que servem as nossas zonas. Então se vier a Trás os Montes, o único comboio existente é o Porto – Régua e nada mais. Só queria realçar que não é só colocar a pagar quem tem carro, porque quem tem carro por vezes é porque não tem outra alternativa para se deslocar. Vamos lá pensar em todos os cenários antes de generalizar.

    • É isso mesmo! Para que é que queremos carro habitação, segurança, combate aos incêndios… quando podemos ter por exemplo quadros Miró!
      Temos de aprender a dar o salto civilizacional, ter discussões mais elevadas e humanistas, vejam que ainda utilizamos erradamente a designação de cartão de cidadão quando na verdade deveria chamar-se cartão de cidadania, já é tempo de centramos as nossas atenções no que é importante.

    • Oh fátima, tem toda a razão!
      Tudo o que devemos dizer tem de beneficiar o Sr. Costa. O próprio costa, do alto da sua sabedoria, dá o exemplo, só temos de o seguir. Para quem ainda não reparou, ficam desde já a saber que o Sr. Costa é apenas responsável pelo que de bom acontece no país, e escusam de vir com raciocínios elaborados que a coisa não vai mudar, porque não é do interesse do Sr. Costa e da posição de poder que ocupa.
      É verdade que para o povo ter carro e casa é agora mais difícil, mas o verdadeiro povo sabe que o verdadeiro socialismo é não ter carro nem habitação própria, luxos de uma burguesia corrompida.
      Por essa razão eu levo os meus 3 filhos para um infantário num carrinho de compras que “recuperei” de uma grande superfície (quando chove ponho um saco de plástico em cima) e sinto-me muito feliz por ser um digno representante do povo. Tomara que fosse assim com todos.

  2. Pois! O que as pessoas deveriam ler e meditar é que carga de impostos aumentou consideravelmente em 2016, relativamente a 2015. Mas isso os parolos não veem. Não sabem que o costa e o centino têm dado com uma mão e tirado com outra…!!

      • Aumentaram aqueles que a esmagadora maioria da população tem mesmo de pagar, isto é, combustíveis e habitação. O Costa não brinca em serviço, ou já se esqueceram que uma das últimas heranças que deixou em Lisboa foi a taxa de dormida?

        O Costa sabe bem como ir com a mão aos bolsos dos portugueses, e para vir com as mãos bem cheias, aplica impostos regressivos, pois num país em que a esmagadora maioria da população não é rica, seria uma burrice aplicar impostos indexados aos rendimentos da população.

        Carrega Costa, que o povo parvo aguenta!

        • Pois… bem me parecia que era só “ruído”…
          Embora tenham aumentado os impostos sobre os combustíveis, o que eu uso (GPL) não aumentou e o da minha habitação também não!!
          Acho muito bem que seja cobrada a “Taxa de dormida”, e, em todas as cidades europeias onde eu estive, essa taxa já é cobrada há muito mais tempo!!
          Portanto essa “carga de impostos aumentou consideravelmente em 2016” é típica conversa de parolos!…
          Em relação ao “povo parvo”, certamente que falas por por ti, pelos teus familiares, amigos e conhecidos…

          • Em relação ao povo parvo, afinal falava mesmo de si, que não só acumula a ignorância em relação ao brutal aumento dos impostos, como ainda por cima não tem capacidade mental para ver o que lhe põem à frente.
            A ignorância e a parvoíce no entanto não parecem ser as únicas limitações graves que apresenta, quando nega o aumento de impostos com o argumento que, dos 3 exemplos que lhe dei, não paga 2 deles e concorda com o terceiro. Fantástico! Com tamanha anormalidade, acho que nem umas valentes lentes o ajudariam a ver mais longe que o seu umbigo…

            • Ora aí está!
              Esse é o problema de quem julga os outros pela sua bitola!…
              Mas os parvos são mesmo assim…

  3. Mais um desmentido para aqueles que andam constantemente a badalar que estes senhores baixaram impostos, das duas uma: ou são fanáticos do partido ou de etnia cigana! Agora chamem-me racista!

  4. Ainda bem que a austeridade acabou…
    foi aumento nos combustíveis, foi aumento nos impostos automóveis… ainda bem que acabou!
    Carneiros que votem neles

  5. Um governo de ladroes. Diz que baixa os impostos, mas aumenta do outro lado. Aldraboes!
    E ainda têm a maior dívida pública de sempre.

  6. um tempo distante , portugal ia entrar na comunidade europeia ,os politicos da altura diziam que um dos muitos beneficios era que iamos comprar automoveis livres de impostos ! povinho de memoria curta ! de um conformismo e passividade assustadora

RESPONDER

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …

Maduro acusa EUA de provocarem "perigoso momento de tensão" no continente

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enviou na segunda-feira uma carta aos governantes internacionais, alertando que os Estados Unidos (EUA), ao oferecerem uma recompensa por informações que levem à sua detenção, conduzem a "um perigoso …

Prestações ao banco vão subir para quem recorrer à moratória

As prestações dos créditos à habitação vão subir para empresas e clientes particulares que pedirem a sua suspensão no âmbito da moratória criada pelo Governo. Os juros vencidos durante os seis meses da moratória serão …

BE e PCP querem isenção do pagamento de propinas durante estado de emergência

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português consideram que os alunos do Ensino Superior devem ficar isentos do pagamento de propinas durante o estado de emergência. Tanto o BE como o PCP sempre defenderam …

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …

Termina esta terça-feira o prazo para reclamar das despesas para IRS

O prazo para consultar e reclamar das despesas gerais e familiares apuradas pelo fisco para efeitos de deduções à coleta termina esta terça-feira. Os contribuintes têm até esta terça-feira, 31 de março, para consultar e reclamar …

Ryanair avança com lay-off em Portugal a partir de 1 de abril

A Ryanair vai avançar com o lay-off simplificado, considerando o recurso à medida "indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho". Segundo a comunicação da sucursal em Portugal aos sindicatos relativamente à …

Recibos verdes arriscam ficar sem apoio em abril

A Segurança Social só vai disponibilizar o formulário para requerer apoio por paragem total de atividade a partir de 1 de abril. O apoio para minimizar os danos económicos dos trabalhadores independentes que enfrentem paragem …