Estado condenado a pagar sete mil euros por erro da justiça

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) condenou esta quarta-feira o Estado português a pagar sete mil euros por erros da justiça portuguesa numa ação de revisão de incapacidade para o trabalho, indica a sentença facultada à agência Lusa.

Em causa está uma ação que decorria no Tribunal do Trabalho da Maia, em virtude de o sinistrado entender que o problema de audição de que padecia e que surgiu devido a acidente de trabalho em 1999, estava a agravar-se.

Como o autor não obteve os esclarecimentos que julgava necessários sobre os seus exames médicos, foi interposto um recurso para a Relação do Porto que, no entanto, não lhe deu razão.

Na sentença a que a agência Lusa teve acesso, o TEDH, entendeu que o visado, não sendo notificado das respostas aos quesitos médicos, foi prejudicado, uma vez que lhe foi atribuída uma incapacidade inferior à que realmente tinha.

O requerente alegou que apenas sofria de ligeira hipoacusia à direita, na altura em que lhe foi atribuída a incapacidade de 15,92%. No entanto, a situação agravou-se e, numa altura em que se queixava de não ouvir rigorosamente nada do ouvido direito, apenas lhe foi atribuído uma incapacidade de mais 1,43%.

O advogado do requerente esclareceu que «as partes não foram notificadas das respostas aos quesitos, ou exames médicos, quando deveriam sê-lo, para lhes responder, sob pena de violação do artigo 6º, nº 1, da Convenção Europeia dos Direitos do Homem». Por esse mesmo motivo, não puderam participar na sua resposta nem formular dúvidas.

O advogado considerou ainda que «a incapacidade parcial permanente fixada era desadequada, face a elementos supervenientes, pois o cliente agora não ouve nada do ouvido direito e, por isso, até perdeu a noção da origem dos sons, encontrando-se, por isso, perturbado no seu equilíbrio e bem-estar e incapacitado para o trabalho».

Após apreciação, o TEDH sentenciou o Estado português a pagar sete mil euros ao cidadão português por erros dos juízes, que o prejudicaram numa ação de revisão da incapacidade para o trabalho.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …