Estado ainda deve mais 250 milhões ao Santander por causa do Banif

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno.

A resolução do Banif e a venda do banco ao Santander Totta continuam a custar dinheiro aos contribuintes. É que, além dos milhões gastos no processo, o Estado ainda deve 250 milhões de euros ao banco espanhol.

Este dado é avançado pelo jornal Público que nota que o “Estado ainda deve 250 milhões de euros ao Santander, por via de deduções fiscais que o banco de capitais espanhóis garantiu ao comprar o Banif por 150 milhões de euros”.

Estes 250 milhões “serão despesa fiscal a contabilizar no futuro pelo Estado”, atesta o diário, notando que o Santander só está à espera da “luz verde das Finanças” para poder “compensar lucros tributáveis futuros” e transformar aquele montante num activo.

E, caso o ministro das Finanças não emita o “despacho favorável” neste sentido, o Santander “tem direito a receber um montante equivalente em obrigações do tesouro ou numerário“, aponta o jornal.

Este é mais um gasto a somar aos prejuízos de três mil milhões de euros para os contribuintes, no âmbito do processo de queda do Banif.

Em contrapartida, o negócio tem sido particularmente lucrativo para o banco espanhol que, em Abril passado, apenas cerca de 4 meses depois da aquisição do Banif, anunciou aumentos superiores a 100% nos lucros com a sua actividade em Portugal.

O Público avança que, “nos moldes em que a resolução do Banif foi desenhada, o banco espanhol nunca corre o risco de perder”.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vergonha e alguns que ganharam com estes moldes, quem defeniu este tipo de negocio devia era pagar do seu bolso estes valores, País de sem vergonha,deviam ser sérios e ver quem lucrou com todo este processo, Pais de ladrões

  2. Se bem entendi o estado vendeu o banco por 150 milhões e tem de pagar 250 milhões de deducões fiscais?!?!? Lol….este tipo de negócios só é feito com o dinheiro dos outros e não o deles! Porque se fosse do deles, certamente não teriam feito este negócio!! Sim senhor, já entendi que estes políticos aprenderam todos na mesma escola as contas da tabuada e de gestão. Devem ser o orgulho das universidades que frequentaram..lol

  3. Os portugueses será que não vêem que estão a ser roubados?!!. Como é possível vender um negócio por 150 milhões e depois pagar ao comprador 250 milhões??!!.
    O que dizem os senhores que nos governam (será ??) e os que suportam o governo?
    Que belo negocio !

Responder a Pedro Cancelar resposta

A guerra contra o plástico está a distrair-nos da poluição invisível

O atual foco na poluição de plástico está a fazer com que as pessoas descurem o tipo de poluição que não é possível ver, alerta uma equipa de investigadores. O plástico é um material incrivelmente útil …

A pandemia veio interromper as touradas no Peru. Mas há quem não esteja muito satisfeito com isso

Em poucos meses a pandemia do novo coronavírus conseguiu um feito há muito desejado por ativistas de todo o mundo: interrompeu as touradas. O cancelamento dos espetáculos - criticados pela sua violência para com os …

Dezenas de sites franceses com propaganda islâmica após pirataria informática

Várias dezenas de pequenos websites franceses foram afetados por uma onda de pirataria informática, publicando mensagens de propaganda islâmica, indica hoje a agência noticiosa France-Press (AFP). Mensagens como “Vitória para Maomé, vitória para o Islão e …

Jogos Olímpicos em 2021 vão mostrar que "humanidade derrotou o vírus"

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, disse esta segunda-feira que o país está "determinado" em organizar os Jogos Olímpicos no verão de 2021 e declarou que o evento servirá "como prova de que a humanidade derrotou …

Herdeiro da Samsung assume as rédeas da empresa depois da morte do pai

Lee Jae-Yong, filho do presidente da Samsung, assumiu a liderança da empresa depois do seu pai ter falecido este domingo. O herdeiro assume as rédeas numa altura em que a gigante da tecnologia procura evoluir. Sob …

Vídeos de suicídios, abortos ou abusos sexuais. Ex-moderadora do YouTube descreve pesadelo (e processa plataforma)

Uma ex-moderadora do YouTube apresentou uma queixa contra a plataforma na segunda-feira, acusando-a de não proteger os funcionários que são sujeitos a uma análise e remoção de vídeos violentos publicados na página. O processo contra o …

Resultados nos Açores levam PS a pensar em eleições antecipadas

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo 39,13% dos votos, o que não garante a maioria absoluta. Os resultados levam o partido a pensar já em eleições antecipadas. "[O governo regional] está …

"Ainda não sei bem o que fiz". João Almeida e Rúben Guerreiro de volta a Portugal

João Almeida e Rúben Guerreiro foram duas das maiores figuras desta edição do Giro, a volta a Itália em bicicleta. Os dois ciclistas aterraram esta segunda-feira, em Lisboa, e parece que ainda não perceberam a …

Autarca de Pedrógão Grande critica "péssima investigação" sobre reconstrução de casas

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusou o Ministério Público e a Polícia Judiciária de terem feito uma "péssima investigação" no processo sobre a reconstrução das casas, cujo julgamento se iniciou esta segunda-feira. "[As acusações] …

Novo Banco e TAP são "riscos não negligenciáveis" para o défice

A TAP e o Novo Banco podem ter um efeito orçamental maior que o estimado pelo Governo em 2021, constituindo "riscos não negligenciáveis" para o défice, segundo uma avaliação do Conselho das Finanças Públicas (CFP) …