/

Estado vai pagar até 8400 euros aos privados por cada doente covid

Caroline Blumberg / EPA

O Ministério da Saúde vai pagar até 8.431 euros às unidades privadas e sociais por doentes covid a precisar de ventilação durante mais de quatro dias. 

Segundo a edição desta sexta-feira do Jornal de Notícias, os valores do acordo entre os hospitais do setor privado e social com as administrações regionais de Saúde irá variar consoante o período de internamento e a necessidade de suporte.

Assim, os hospitais do setor privado e social podem vir a receber até 8.431 euros por um doente covid que necessite de ventilação durante mais de quatro dias. O matutino avança o valor com base na minuta do acordo a firmar entre as administrações regionais de Saúde e os hospitais privados e do setor social.

Os episódios de internamento com ventilação até 96 horas poderão custar 6.036 euros aos cofres do Estado. Se não for necessário suporte respiratório, a estadia de um doente, independentemente da duração, poderá ficar por 2.495 euros.

Os doentes não covid pressupõem um desconto de, pelo menos, 20% tendo em conta o custo no Serviço Nacional de Saúde. Em nenhum destes cenários é cobrado qualquer valor ao paciente, desde que este provenha de um hospital do SNS.

Para as diárias para doentes internados necessitados de pouca intervenção hospitalar, o preço máximo está fixado nos 109 euros.

O JN escreve que os valores estão abaixo dos preços que a tutela paga ao SNS. O acordo tem uma vigência de três meses, sendo automaticamente renovável por períodos de um mês.

Os hospitais privados e do sector social que aderirem terão 60 dias para apresentar faturas e o Serviço Nacional de Saúde outros 60 dias para as pagar.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.