Especialistas e políticos reúnem-se com situação da pandemia em Lisboa na agenda

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), acompanhado pelo primeiro-ministro, António Costa (E)

No encontro desta segunda-feira, será aprofundada a análise dos dados relativos às primeiras duas fases de desconfinamento.

Especialistas, políticos e parceiros sociais reúnem-se esta segunda-feira, no Infarmed, em Lisboa, para analisar a situação epidemiológica da covid-19 em Portugal, numa altura em que Lisboa e Vale do Tejo regista muitos casos. Esta é a oitava reunião deste tipo desde o início do surto epidémico, em março.

A sessão sobre a “situação epidemiológica da covid-19 em Portugal” é uma iniciativa do primeiro-ministro, António Costa, a que se junta o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, bem como líderes dos partidos políticos com assento parlamentar, confederações patronais e estruturas sindicais e ainda os conselheiros de Estado – estes últimos por videoconferência – para ouvir os especialistas.

No encontro, será aprofundada a análise dos dados relativos às primeiras duas fases de desconfinamento e acontece dez dias depois de o Governo ter anunciado mais uma fase, a terceira, de retoma da atividade. A região de Lisboa e Vale do Tejo ficou de fora destas medidas devido ao aumento do número de contágios com covid-19.

Na habitual conferência de imprensa sobre o boletim epidemiológico, no sábado, a ministra da Saúde, Marta Temido, rejeitou um cenário de um crescimento exponencial.

Também no sábado, na Ericeira, concelho de Mafra, Lisboa, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, aconselhou que não se facilite nem se entre em alarmismo com a situação da pandemia de covid-19 na região de Lisboa.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro admitiu que o Governo prevê levantar as restrições ao desconfinamento que se mantêm na Área Metropolitana de Lisboa a partir de 15 de junho, e referiu que a decisão será avaliada na terça-feira.

“A convicção que temos é que no próximo Conselho de Ministros, na terça-feira, estaremos em condições de levantar as restrições que subsistem a partir do próximo dia 15″, afirmou António Costa, em Lisboa, na conferência de imprensa após a reunião em que foi aprovado o Programa de Estabilização Económica e Social, para responder à pandemia.

De acordo com informação da agenda da Presidência da República, as apresentações técnicas da sessão de hoje serão efetuadas por epidemiologistas da Direção-Geral da Saúde, do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

No final da reunião, as declarações aos jornalistas estão habitualmente a cargo de Marcelo Rebelo de Sousa, seguindo-se os representantes dos partidos.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. estes dois cooperam bem mas exetutam mal….
    porque ideias nao teem porque nao sabem mais…

    é fragilidade clara de amadurismo e falta de experiencia, isto infelismente nao se compra…

RESPONDER

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …