Especialistas rejeitam levantamento de restrições. Ainda é demasiado cedo

Manuel de Almeida / Lusa

Especialistas do Instituto Ricardo Jorge não concordam com o levantamento das restrições que está a ser pensada pelo Governo. Ainda é demasiado cedo, avisam.

Face ao abrandamento da evolução do surto de coronavírus em Portugal, o Governo admite já o levantamento de algumas restrições. A decisão final será tomada na próxima semana. No entanto, os especialistas do Instituto Ricardo Jorge (INSA) discordam do levantamento imediato das restrições, avisando que ainda é cedo demais para isso.

Em declarações ao Observador, os especialistas sugerem que um levantamento precoce das medidas pode fazer subir o valor de “R” (o número médio de pessoas a quem cada doente infetado transmite a doença). A ideia é reduzir o valor até pelo menos 0,7 antes de sequer começar a pensar em aligeirar as restrições. Atualmente, o “R” em Portugal ronda os 0,9.

“Agora está à volta dos 0,9. É a estimativa que temos. Tem variado de região para região, mas tem andado à volta desses valores e sempre abaixo de 1”, disse Baltazar Nunes, coordenador da Unidade de Investigação Epidemiológica do INSA. “O 0,7 dá uma maior folga na implementação de medidas do que o 0,9. E se tivermos 0,5, ainda é melhor, por exemplo”.

A expectativa é que o regresso à normalidade possa começar a ser feito já a partir do início do mês de maio. Contudo, Baltazar Nunes realça que o aligeirar da contenção representa sempre uma subida do valor do “R”.

“Temos de saber em quanto é que as medidas que vamos implementar vão aumentar o R. Imagine que pretendemos reabrir o pequeno comércio. Para saber qual é o impacto, tenho de saber em quanto é que isso vai aumentar a taxa de contacto entre as pessoas”, disse ainda o especialista do INSA, salientando que Portugal tem de se basear nos países que vão à frente no combate à pandemia.

Para Baltazar Nunes, o levantamento de medidas deverá ser feito numa altura em que se registe um menor número de pessoas internadas nos cuidados intensivos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …